Redes Sociais Brasileiras em Março de 2010

Olá leitores da Agência Mestre,

No mês de Março, continuamos o acompanhamento das 4 principais redes sociais “digg-like” do Brasil: o diHiTT, o Rec6, o Linkk e o Uêba. Indexamos, através de nossas ferramentas de monitoramento, um total 2.939 notícias/artigos que foram à popular nestas redes.

Com base nestas notícias e artigos, montamos o relatório abaixo, que exibe as notícias mais votadas/visitadas, as mais comentadas e as palavras mais utilizadas nos títulos destas notícia.

Vamos aos dados:

Dihitt

Mais uma vez o diHiTT obteve mais novas notícias em sua página inicial do que seus concorrentes somados, foram 107 notícias a mais em um total de 1523 notícias. Esta é a melhor marca no ano de 2010:

  • Em janeiro: 1510 notícias
  • Em fevereiro: 1362 notícias
  • Em março: 1523 notícias

Uma pequena diferença em relação à janeiro, mas já é sinal de recuperação em relação a fevereiro e pequeno crescimento. Um pouco a mais de matemática: com cerca de 1500 notícias por mês, são praticamente 50 notícias por dia, considerando que fevereiro contou com 3 dias menos em relação a janeiro e março, então fevereiro esteve dentro da média de notícias, sendo:

  • janeiro: 48,7 notícias/dia
  • fevereiro: 48,6 notícias/dia
  • março: 49,1 notícias/dia

Com seus devidos arredondamentos, o diHiTT segue constante em seu volume de notícias diário. Por fim, é interessante notar que o Dia da Mulher só esteve presente mesmo no diHiTT.

Notícias mais votadas

É importante ressaltar que apenas acompanhamos os artigos que estão em popular na capa do site e não na sidebar do diHiTT.

  1. 150 Votos – Mosaico + Poesia: Homenagem às minhas amigas do diHITT
  2. 141 Votos – Para ser mulher
  3. 137 Votos – Um lindo texto de Victor Hugo enobrecendo as Mulheres
  4. 136 Votos – MÁSCARAS
  5. 136 Votos – Dia Internacional da Mulher

Notícias mais comentadas

É importante ressaltar que apenas acompanhamos os artigos que estão em popular na capa do site e não na sidebar do diHiTT.

  1. 80 Comentários – Luzziana – Feliz Aniversário!
  2. 78 Comentários – Mosquinha Danadinha
  3. 74 Comentários – Segundo Aniversário do Compartilhando as Letras
  4. 70 Comentários – Telefone do céu
  5. 69 Comentários – Alerta! O PabloMelo já está sabendo que alguém está usando este perfil inativo…

Principais palavras no título das notícias

  1. amor
  2. anos
  3. blog
  4. deus
  5. dia
  6. fotos
  7. mulher
  8. mulheres
  9. mundo
  10. vida

Rec6

Com 90 notícias novas em março, ainda menos notícias que em fevereiro (112), o Rec6 mostra realmente a sua decadência e esquecimento. Esta marca não passa nem perto do volume de notícias de janeiro (2226) e o agregador não mostra nenhum sinal de recuperação. Tanto o total de notícias quanto o total de cliques nessas notícias diminuem a cada mês.

É uma pena ver uma rede, antes tão importante, perder o espaço que tinha.

Notícias mais clicadas

  1. 399 Clicks – Luan Santana
  2. 289 Clicks – MDF, por que se fala tanto nele? »
  3. 197 Clicks – Local Search – Tire Proveito das Buscas Locais | Agência Mestre
  4. 158 Clicks – Saiba o que você esta comprando
  5. 118 Clicks – Você sabe qual é o seu perfil? Faça o teste.

Principais palavras no título das notícias

  1. arteriazine
  2. artigo
  3. cerebral
  4. dicas
  5. enjoô
  6. filme
  7. herói
  8. soluções
  9. temas
  10. wordpress

Linkk

Março também foi um mês de baixa para o LinkK: registramos 248 notícias na página inicial do agregador, a pior marca do ano; tanto janeiro (259 notícias), quanto fevereiro (275), contaram com mais notícias no decorrer do período. Por outro lado, desta vez a média de votos entre as 5 notícias mais votadas aumentou: em fevereiro, a quantidade girava em torno de 30 votos, desta vez, a média passou dos 40 votos, indicando uma participação maior em votos, embora tenha sido um mês com menos notícias.

Notícias mais votadas

  1. 45 Votos – Tráfego aéreo brasileiro cresce 43% e bate recorde histórico
  2. 43 Votos – Exposição reúne erros mais comuns do português
  3. 42 Votos – Sony divulga nota e pede para jogadores não usarem Paystation 3. Veja
  4. 40 Votos – Veja foto que deu a fotógrafo brasileiro prêmio mundial
  5. 34 Votos – Blog de Como importar da china

Principais palavras no título das notícias

  1. anos
  2. blog
  3. brasil
  4. eua
  5. filme
  6. google
  7. internet
  8. oscar
  9. sociais
  10. twitter

Uêba

Março foi um mês de saldo positivo para o Uêba. 1078 notícias passaram pela página inicial do agregador (contra 800, em fevereiro) e a quantidade de cliques em notícia praticamente quadruplicou. A princípio, isso indica muito mais pessoas participando do agregador, o que é um bom sinal, pois ultimamente, somente o diHiTT apresentava crescimento. Resta ver se o Uêba mantém o ritmo em abril.

Notícias mais clicadas

O Uêba não trabalha com votos, mas sim cliques de notícias, logo, analisamos as notícias que receberam mais cliques.

  1. 5312 Clicks – Vai sair de casa?
  2. 4242 Clicks – Você manda bem no ‘portunhol’?
  3. 3315 Clicks – Quer sair debaixo das asas?
  4. 3259 Clicks – Você sabe mesmo o que é NFe?
  5. 3075 Clicks – Imagens Diversas para 19/03/2010

Principais palavras no título das notícias

  1. anos
  2. arte
  3. brasil
  4. carros
  5. fotos
  6. história
  7. imagens
  8. internet
  9. mulheres
  10. mundo

Evolução das Redes Sociais nos Últimos Meses

Com base nos dados dos últimos 4 meses preparamos alguns gráficos para mostrar a evolução das redes monitoradas, observando o número de votos, comentários e no caso do Uêba e Rec6, os cliques em notícias.

Número de Votos no diHiTT

Número de Comentários no diHiTT

Número de Cliques no Rec6

Número de Votos no Linkk

Número de Cliques no Uêba

Conclusões

Em março tanto diHiTT quanto Uêba deram sinais de aumento de participação de seus usuários dentro de suas redes. O Rec6 já dá sinais de que é um caso perdido e o LinkK segue sua “segura instabilidade”, sempre girando em torno dos mesmos números. Segue abaixo o volume geral de visitas estimado pelo Google Trends for Websites:

dihitt x via6 x linkk x uêba x rec6

O gráfico do Google Trends acaba por refletir o que acontece dentro da rede também. O diHiTT em constante crescimento, o Via6 com sua queda, o LinkK perdendo espaço levemente, o Uêba ameaçando um novo fôlego e o Rec6 nem passa perto de aparecer. E para quem passou esse artigo inteiro se perguntando “E o Ocioso?”, Ele estará presente nos reports a partir do mês que vem. Nós já estamos acompanhando as notícias e cliques que acontecem no agregador e, para não passar em branco, segue o Google Trends sem o Rec6 e com o Ocioso para já termos idéia do que esperar:

dihitt x via6 x linkk x ueba x ocioso

Pelo Google Trends, o Ocioso teve um aumento significativo de volume de visitas em janeiro, alguma estabilidade em fevereiro e deu sinais de crescimento em março. Podemos esperar uma rede mais interessante de se participar do que LinkK e Uêba. Vamos aguardar até maio, quando sai o report de abril. Até a próxima!

Receba Dicas Para Ter Sucesso nas Redes Sociais

Cadastre seu e-mail para receber dicas incríveis para potencializar seus resultados!
Divulgue este artigo

5 Comentários para “Redes Sociais Brasileiras em Março de 2010”

  1. Plinio Theodoro

    Achei interessante a disparidade dos títulos do Rec6 e Linkk, temas bem diferentes do Dihitt e Uêba.

    Informação atualizada e muito bem produzida, parabéns, Frank!

    Responder
  2. Flávio Luiz Melo da Silva

    Beleza de estudo, Frank! Oservar a popularidade das redes é muito importante, mas há outra análise que eu, com meus olhos de profissional de Marketing vejo: é o perfil do público que frequenta as redes. Uma rede pode até não ser tão popular, mas devido à sua característica pode ser mais relevante para um dado segmento. De olho nos assuntos dos comentários é possível, por exemplo, identificar qual o sexo, idade ou classe social predominante… Um forte abraço a todos da equipe Agência Mestre. Espero encontrar vocês novamente no Uai SEO BH.

    Responder
    • Frank Marcel

      É verdade, Flávio. Em um dos primeiros artigos destes estudos sobre as redes no Brasil, eu comentei justamente isso: A melhor rede é aquela onde o seu público está.
      Mas independente disso, é sempre interessante ter um link a mais apontando o seu site.

      Nos vemos em BH!

      Responder
  3. Marcelo Bruno

    Excelente matéria. Mas a minha dúvida é quanto o titulo da notícia. “Redes Sociais” pela definição (Wikipédia), não seria por exemplo um orkut ou facebook?
    Pois pra mim estes sites ão coletaneas de links.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>