Panda Update no Brasil: Primeiros Reflexos

Olá leitores da Agência Mestre,

Desde o lançamento oficial do Panda Update, a maioria dos brasileiros ligados ao mundo do search esperaram ansiosamente (outros nem tanto) pelas atualizações que chegariam ao nosso idioma. Já discutimos aqui mesmo na Agência Mestre as possíveis consequências do Panda Update e o que isso poderia ocasionar no nosso mercado.

No final da semana passada (12/08/2011) fomos surpreendidos pela notícia de que o algorítmo estava finalmente sendo lançado para quase todas as línguas no mundo, inclusive a nossa.

Preparamos, então, um estudo utilizando estatísticas fornecidas pela base de dados da nossa ferramenta Rank Tracker para verificar as variações médias dos rankings de determinadas urls em relação às suas respectivas keywords de busca, em alguns intervalos de datas pré-selecionados. Separamos, para isso, as variações nos rankings no último mês.

Primeiro, procuramos pelos sites que perderam posicionamento no intervalo estudado, e agrupamos de acordo com a quantidade de posições perdidas, obtendo o seguinte gráfico:

Quantidade de urls que perderam posições

Em seguida, selecionamos as urls que ganharam posicionamento no mesmo intervalo de tempo, e agrupamos de acordo com a quantidade de posições ganhas, obtendo o seguinte gráfico:

Quantidade de urls que ganharam posições

Sabemos que o Panda Update tem por objetivo diminuir a relevância de sites que possuem conteúdo fraco ou desorganizado, privilegiando aqueles que prezam por um conteúdo de qualidade. Pelos nossos dados podemos concluir duas coisas:

Primeiro, entre os dias 11 e 15 de agosto, a quantidade de urls que perderam posições diminuiu. Ou seja, no geral, a quantidade de sites cadastrados na Rank Tracker que perderam posições foi menor do que a quantidade esperada.

Além disso, observando o segundo gráfico, percebemos que a quantidade de sites que ganharam posições aumentou. Ou seja, o número de termos que subiu nos rankings foi maior do que aquele esperado, principalmente as urls que ganharam até cinco posições.

É claro que esse resultado é um reflexo da amostragem de keywords e urls utilizada. Podemos afirmar, com certeza, que a qualidade das páginas monitoradas pela ferramenta é maior do que a média dos sites encontrados pela web, já que, para determinada página subir no ranking, necessariamente outra precisa descer.

Essa é parte de nossa análise sobre os primeiros dias do Panda Update. E você, percebeu alguma variação nos rankings nos últimos dias? Comente aqui suas experiências e deixe também suas dúvidas! Se preferir, junte-se a intensa discussão que está rolando no Facebook da Agência Mestre.

Obrigado e até mais!

* Atualizado em 18/08/2011

(crédito da foto Flickr Equilibriax)

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

12 Comentários para “Panda Update no Brasil: Primeiros Reflexos”

  1. Mario Garcia

    Os gráficos estão mostrando perfeitamente o cenário dos site que administro, não houve perda de posição e na maioria deles um ganha de até 4 posições.

    Parabéns pessoal os dados estão extremamente condizentes com pelo menos aqui, os meus sites.

    Responder
  2. Cleiton Pinheiro

    O que pude notar aqui foi uma certa melhora.
    Notei que somente algumas páginas foram afetadas por enquanto, não os domínios por completo. Enquanto em algumas head keywords algumas páginas subiram bem, em long tail não notei muita diferença. Páginas que tinha certeza que iam cair (sem conteúdo algum e com adsense) ainda não caíram e continuam trazendo muito tráfego.

    O que pude ver com maior nitidez é uma melhor organização das Serps, nas keywords que concorro percebi que houve uma certa limpeza dos spammers (não todos), e estou concordando mais com os resultados. Ex:um concorrente meu que ranqueava em sétimo em uma head keyword está em primeiro agora, talvez ele não faça SEO mas agora ele está em uma posição mais condizente com seu conteúdo e relevância.

    Responder
  3. Diego

    Com todo respeito, mas nenhuma das suas conclusões faz sentido algum.

    1) Não tem como uma keyword perder posições;
    2) A premissa “era esperado que os termos perdessem posições” é bizarra. Como você mesmo diz, para alguém descer, alguém sobe. Ou seja, não existe hipótese sendo testada… ;)
    3 ) Você não fala nada sobre sua amostra;

    Eu sou leitor do blog faz tempo, gosto bastante, mas este post infelizmente não faz sentido algum…

    Responder
    • Rodrigo Sales

      Obrigado pelo feedback Diego, é bom ver alguém que conteste o artigo com argumentos fortes e sérios, e não simplesmente com apelações e coisas sem sentido. Com relação aos pontos que você levantou:

      1. Realmente não tem como uma keyword perder posições, e sim uma url perder posições para determinada busca por uma keyword. Erro já corrigido!
      2. Sabemos que o Panda Update tem por objetivo diminuir a relevância de páginas com conteúdo fraco. Como a quantidade de páginas de conteúdo fraco tem crescido rapidamente (a minha opinião, como desenvolvedor de webcrawlers e especialista em data mining, é que esse foi um dos motivos para a implantação do panda update) esperávamos que a maior parte da amostra estivesse contida nesse conjunto, por isso, antes de fazer o estudo, pensávamos que existiriam mais variações nas quedas de posicionamento do que nos ganhos.
      3. A amostra foi retirada da base de dados da nossa ferramenta ranktracker, que monitora os rankings de determinadas urls para algumas keywords cadastradas. No total foram aproximadamente 20.000 pares de urls/keywords que são consultados no google e no bing diariamente. Infelizmente não posso fornecer maiores detalhes sobre a natureza, nicho, tamanho, etc.

      Espero ter esclarecido suas dúvidas, e obrigado pelo comentário, críticas construtivas são sempre bem vindas!

      Responder
  4. Iúri

    Olá Rodrigo,

    Parabéns pelo post, sem dúvida é muito importante estar atualizado sobre as mudanças que podem ocorrer em função do Panda.

    Agora, uma dúvida (que não sei se é um tanto básica): Como faço para saber se o meu blog subiu ou desceu nas pesquisas? Somente acompanhando o número de visitas via google analytics?

    Um abraço, e sucesso!

    Responder
  5. Deivid

    As variações de posições estão ocorrendo a toda hora, parece que o Panda está fazendo varios testes de resultados ao longo dos dias, até chegar nos que a experiencia de usuário seja melhor e mantem esses. Foi isso que percebi de acordo com a flutuação que as posições dos resultados das keys estão sofrendo.

    Responder
  6. Fred

    O duro que neste meio tempo da troca, tivemos uma transição de site.

    Poucos dias antes da subida do Panda, um cliente figurava entre 4-5 lugar nas pesquisas, com um termo muito concorrido.

    Passado pouco mais de um mes online o site + Panda, houve uma queda para o 8 lugar, sendo que estruturalmente/semanticamente o site foi todo remodelado e está muito superior aos concorrentes. A unica diferença que percebo dele para os outros concorrentes são os numeros de resultados no Google de 450 (nosso) aproximadamente para 4500 de concorrente. Seria esse o diferencial de uma melhor posicão?

    Responder
  7. Vilson Carlos

    Olá pessoal, sou usuário do site há algum tempo.

    Bom como reverte isso? Tem um blog dos que administro, e presto certa consultoria.

    Este blog tinha cerca de 9mil acessos mes, com conteúdo ótimo, bem escrito, com imagens relevantes, etc.

    E daí? daí que de 9mil foi para 1200acesso mes, a cliente tá louca, pois o blog gera $$$.

    Desde já, agradeço.

    Att

    Responder
  8. William Bruno

    Eu tive uma leve queda, e nos sites que acompanho o mesmo ocorreu.

    Até hoje, não consegui recuperar os visitantes que ‘não estão vindo mais’. Porém entendi que o tráfego agora, está ‘melhor qualificado’.
    Por isso, que essa ‘perda’ de visitas, não deve a princípio nos preocupar tanto.

    Responder
  9. guilherme

    Á unica coisa que eu notei no panda é

    Grandes portais já com um pagerank considerável não foram afetados em nada. Posso criar uma lista aqui de uns 100 portais com pagerank de 2 para cima que são cópias de cópias e nada sofreram.

    Responder
  10. Luiz Souza

    Depois da criação do Panda meu site perdeu 90% do tráfego (passei de média de 12.000 visitantes únicos por dia com picos de até 30.000 visitantes únicos por dia para menos de 1000 visitantes / dia).

    Notei que meu site não perdeu páginas indexadas, mas que elas foram jogadas beeeem lá pra baixo (tipo depois da décima página da busca para palavras onde eu aparecia na primeira página).

    O que notei também é que agora é cada vez mais difícil encontrar variedade no Google, já que quando se faz uma busca os resultados mostrados nas primeiras 5 páginas são de poucos sites. Façam este teste: busque algo comum tipo uma notícia de destaque e naveguem pelas páginas de resultados do Google que vocês entenderão o que estou falando. O mesmo site irá se repetir dezenas de vezesdffmesmo que ele não se

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>