Google Testando o Ranking por Votos?

Olá leitores do Blog da Agência Mestre! Estou voltando por aqui, mas com um curto e rápido post. Eu estava lendo os meus feeds e em um dos blogs que eu leio, o SEO blackhat (afinal, nós precisamos saber o que não fazer), me deparei com a seguinte imagem:

O ““, autor do blog, afirma que esses botões são oferecidos pelo Google para você “rankear” os resultados de uma busca, votando positivamente (promote) em um resultado ou votando contra, no X.

Sabemos que o Google já teve intenções de comprar o Digg, um site de social media dos Estados Unidos que tem os mesmos moldes do diHiTT ou do re6, entre outros. Mas será que o Google planeja investir assim nessa ferramenta de votos? E se isso realmente for para a busca orgânica, será que os votos de um usuário influenciará os resultados de todos os outros? Ou somente de seu grupo de contatos? Ou ainda, somente os seus próprios resultados? E seria possível manipular essa feature de votos?

É possível “rabiscar” quais as métricas que as ferramentas como o Digg utilizam para rankear as notícias que são inseridas e votadas, mas e para o Google? Surgirá um SEO para os votos?

Bom, por enquanto eu não achei mais ninguém comentando sobre essa feature dos botões de votos. Testei algumas buscas, procurei algumas informações no próprio Google, mas nenhum indício de versão beta. É esperar para ver mesmo.

Até a próxima!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

12 Comentários para “Google Testando o Ranking por Votos?”

  1. Alexandre Brendim

    Isso seria o fim da picada…um concorrente poderia ficar votando contra no outro site e a favor do seu. Além do que, pouquíssimas pessoas perderiam seu tempo, voltando ao google para votar em uma página que gostou ou não.

    Responder
  2. Frank Marcel

    E aí Alexandre!

    Considerando a experiência do Google em combater o spam, e o fato dele ser o Líder no segmento das buscas, eu acho que ele não permitiria que isso acontecesse, ao menos, não de modo fácil e simples para qualquer um fazer.

    Abraços!

    Responder
  3. Fábio Ricotta

    Concordo com o Frank neste ponto e reforço com a seguinte idéia… se ninguém voltasse para votar, o Digg não seria um case de sucesso.

    Acho que funcionaria sim… como mais um indicador de qualidade.

    Responder
  4. Luciano Camilo

    Acho que li (tem tanto tempo que pode ser minha mente me pregando uma peça) que o google iria utilizar estas informações para melhorar os resultados da busca para você mesmo. Não seria utlizado estas informações para outras pessoas. Mas até ai, o que impediria ela de usar no futuro para melhorar as buscas?

    Responder
  5. Wallace Oliveira

    Concordo com o Alexandre.
    No Digg já tem um publico alvo que esta acostumado com a forma de votação.
    No Google existem milhões de pessoas leigas no assunto.
    E qual será o beneficio para o usuário ficar votando em um buscador?

    Abraços

    Responder
  6. Fábio Ricotta

    Wallace, a última frase do Luciano diz tudo: “o que impediria ela de usar no futuro para melhorar as buscas?”. É exatamente aí o benefício de se votar nos resultados do buscador.

    Um abraço

    Responder
  7. rodrigo sampaio

    Tudo bem Frank e Fábio ?

    Muito interessante esta discussão….só que tenho algumas dúvidas se podemos comparar o sucesso do estilo “vote” usado no Digg com uma possível implementação do mesmo nas Serps do Google.

    São usuários diferentes que usam a internet com objetivos diferentes….

    Eu particularmente sou favorável a esta possibilidade mas como reagiria o usuário básico do google que nem sabe a diferença entre os links patrocinados e naturais ?

    Por falta de conhecimento, talvez ele intuitivamente comece a pensar que BASTA votar para influenciar nas posições dos sites…

    Gostaria de ler mais opiniões sobre isso…

    Responder
  8. Frank Marcel

    E aí Rodrigo! A princípio nao há nenhuma definiçao sobre como essa feature será usada, na melhor das hipóteses seria para uso próprio do usuário que votou no resultado de busca que apareceu pra ele…

    Mas como o Luciano disse, nada impede que o Google use isso para rankear resultados pra todo mundo, independente do nível de conhecimento do usuário, que acabaria aprendendo o funcionamento da feature.

    Responder
  9. Marcos Portugal

    Eu fico imaginando o seguinte:

    Uma empresa grande, que possui muitos funcionários, observa que seu site ocupa posições inferiores a um dos seus concorrentes, que por exemplo, é uma empresa menor, pequena mas que investiu no seu site, fez otimizações, tem um bom conteúdo, um bom page rank, etc…
    Já pensou se surge uma ordem para que todos os funcionários da empresa “grande” votem contra o site da empresa menor e a favor da sua empresa?

    Só como exemplo uma multinacional com mais 30.000 funcionários espalhados no mundo votando contra seu concorrente menor e a favor de sua empresa! Esses funcionários poderiam votar em suas casas, longe dos computadores da empresa, e como o Google viria isso como spam? Os votos partem de computadores diferentes, em dias diferentes, em horários diferentes… Não sei, não.

    Já li casos do Digg enfrentando problemas com políticos que manipulavam os votos de suas noticias, usando seus relacionamentos, contatos… não tem como identificar que esses votos são “orgânicos” (naturais) ou spam neste caso.

    Há de se tomar muito cuidado para não cometer injustiças.

    Responder
  10. Ajuda

    É algo que só o tempo dirá, mas ainda assim, acho que no final das contas, o mais interessado em que certo link suba, é o usuário que fica mais feliz ao ver seu site mais acima.
    Isto é auxiliado pelo fato de que o google sempre se mostrou bom em vencer o spam. E mesmo por quê não deve ser o fator absoluto para rankear.

    Por outro lado, o que o Marcos falou tem bastante sentido, esperemos que esta multi nacional aí, para ser tão grande, seja realmente o que mais se procure encontrar ao aparecer nas pesquisas pois em algo assim não há anti spam que dê jeito.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>