Olá leitores da Mestre, tudo bem com vocês? No episódio de hoje, o nosso CEO, Fábio Ricotta, vai dar duas dicas sensacionais sobre desenvolvimento profissional, que ele tirou das entrevistas realizadas aqui na agência. Dê o play e confira:

Ao realizar algumas entrevistas com candidatos a vagas aqui na agência e também ao fazer feedbacks com nossos profissionais de diferentes equipes, foi possível ter clareza de algumas ações que podemos aplicar tanto com nós mesmos, quanto com nossos colaboradores para promover o desenvolvimento profissional. Confira a seguir.

O que te dá energia?

Em um primeiro momento, essa pergunta pode até parecer subjetiva. Mas ao questionar um entrevistado ou um colaborador sobre o que rouba ou dá energia para ele, você descobre o que é essencial a empresa oferecer para que se tire o máximo proveito do seu desempenho. O mais importante é que essa constatação seja feita pelo próprio profissional e que sirva de insight para construir um ambiente saudável e produtivo.

Para aqueles que lideram equipes, saber quais tipos de tarefas dão energia e tiram energia de cada um de seus colaboradores é essencial para tirar o máximo potencial do desenvolvimento profissional de cada um.

O que te rouba energia?

Por outro lado, saber o que rouba energia de você e de cada um dos membros da equipe também é importante. É claro que nem sempre poderemos deixar de fazer aquilo que não gostamos ou que não executamos com tanto prazer. Mas, ao ter consciência de quais são essas tarefas, é possível organizar melhor a sua rotina e encontrar meios de tornar o trabalho menos penoso nestes momentos.

Dica para descobrir o que te dá ou rouba energia

Agora, se você quer saber quais são as tarefas que afetam positiva ou negativamente sua energia, comece a anotar como você se sente depois de executar cada trabalho. Ao final de um determinado período, algo em torno de 30 dias, você será capaz de enxergar um padrão. A partir disso, liste o quais são as suas prioriodades e entenda como intercalar esses tipos de tarefa no seu dia a dia.

Gostou do artigo? No post sobre coaching e desenvolvimento pessoal, você confere um entrevista exclusiva com o Bruno Juliani e confere outras sacadas sobre o assunto.

Por hoje só, pessoal. Nos vemos na próxima semana!