Todos nós sabemos que hoje em dia ter um PageRank alto não significa obter as melhores posições no Google, mas é sabido que pode ajudar e muito nessa questão, além disso sabemos que existe uma cobrança muito forte para ter um Pagerank mais alto, então colocarei aqui alguns passos importantes para conseguir fazer isso em pouco tempo.

Fique atento pois o PageRank foi atualizado a pouco tempo, então siga estas dicas e fatalmente você conseguirá ter um aumento na próxima atualização.

Quer saber como funciona o PageRank?

Esse artigo mistura um pouco alguma experiência e muitos textos lidos desde que eu ingressei nesse “negócio” de SEO aqui na Agência Mestre. Recomendo a leitura a usuários mais experiente, por se tratar te algumas técnicas básicas, as vezes algo possa ser esquecido na caminhada dificultando a luta por melhores opções. Um outro artigo muito interessante é sobre a matemática existente dentro da fórmula inicial do PageRank, onde o Frank Marcel mostrou alguns exemplos.

Vamos então as dicas:

1 – Divulgações em redes sociais

social-media

O grande ponto em explorar as redes sociais com pensamentos de SEO é visualizar quais delas possuem links com nofollow e links com follow. Esta pode ser a grande diferença hoje em dia.

Como o Fábio Ricotta já ilustrou neste artigo no YouMoz, o Twitter é uma rede social que possui uma certa abertura para links com follow onde você pode ganhar uma certa quantiade de juice. Basta olhar as melhores redes sociais que giram em torno do seu tema e analisá-las.

Link Building

2 – Ganhe Links

Como vocês já devem saber, a base de todo o algoritmo do PageRank é relacionado à links. Foque o ganho de links, pois eles podem inflar ainda mais o seu PageRank.

A grande discussão aqui cai em quais tipos de links conseguir e como conseguir. Explore técnicas de link bait como o Heron Inouye cita neste artigo. Estas técnicas são bem simples e podem fazer com que você ganhe mais links.

3 – Analise Analítica

O Google tem o seu Google Analytics que fornece todo o tipo de informação referente ao seu site. O bom uso desta ferramenta é essencial ao bom andamento ao site, já que com ele pode se ter as seguintes informações:

  • o perfil de seus visitante;
  • o navegador ele usa;
  • com quais palavras-chave eles estão chegando no seu site;
  • quais as palavras-chave que lhe dão mais visitas;
  • etc…

Com isso você pode ter uma idéia sobre o que faz mais sucesso em seu site/blog, fazendo uma divulgação maior deste conteúdo conseguindo assim, mais visitas e consequentemente mais links.

Na Agência Mestre temos vários vários artigos a respeito do Google Analyitcs, entre eles destaco os artigos:

4 – Diretórios

Esse com certeza é o ponto mais polêmico deste artigo, onde gera discussões em todo o mundo e não seria diferente aqui na Agência Mestre.

Ultimamente vimos que o Google e outros mecanismos de busca estão diminuindo (ou diminuiram) a importância de links vindo de diretórios, mas mesmo assim é uma grande dica que você faça o cadastro no maior número possível de diretórios relacionados. Quando falo relacionado, digo, se o seu site fala sobre eletrônicos, procure um diretório de eletrônicos e não um diretório de imóveis. Assim, o Google e os outros mecanismos de busca, consideram um certo peso pelo fato do diretório ser relacionado ao seu conteúdo.

Uma dica importante é tomar cuidado com diretórios que exigem links recíprocos já que eles são facilmente detectáveis pelo Google e assim eles podem não contar muito no aumento do seu PageRank.

A dica final, que eu já falei acima, mas gostaria de ressaltar é: existem diretórios para todos os assuntos possíveis, então procure os que tem mais relevância com seu site e cadastre-o quanto antes.

5 – Webmaster Tools

É simples, você tem um site e quer aumentar seu PageRank e ser notado pelo Google? Então aprenda a usar o Webmaster Tools.

Nele você poderá ver os erros do seu site, a quantidade de links externos, os títulos, keywords e description duplicados, além de poder submeter seu Sitemap.xml para o Google.

A dica importante é arrumar as suas páginas que contém erros e assim você conseguirá uma maior relevância nos mecanismos de busca. No caso de erros de 404, ao consertá-los, você pode aproveitar o link juice para a página certa, fazendo com que o PageRank melhore em suas páginas internas.

6 – Se possível não abuse do Flash

Sites interios feitos em flash tendem a ser mais bonitos, com uma grande interatividade, mas do que adianta ter um site legal, moderno se os mecanismos de busca não conseguem entendê-lo?

Usar um recurso ou outro de Flash é interessante, mas é bom saber que o Google tem grandes dificuldades em indexar conteúdos em Flash. Há casos de sites em Flash com Pagerank alto, mas apenas páginas de marcas conhecidas, faculdades ou autoridades que conseguem muitos links que apontam diretamente para o seu domínio.

O problema maior é que você não consegue um link para um “conteúdo interno” ao Flash, assim você não consegue rankear para long tails, dificultando o trabalho de SEO e o ganho de PageRank.

Então, antes de criar um site completamente em Flash, pense bem como irá influenciar no seu tráfego.

7 – Mantenha seu site atualizado

Sites estáticos e sem atualização tendem a não ter o mesmo sucesso de sites que são alterados com certa freqüência. Assim funciona com artigos de um Blog ou mesmo páginas de um site. Sempre que possível faça atualizações, alterações e melhorias em artigos/páginas antigas. Isto faz com que seu site consiga novos links que são essenciais ao aumento de seu PageRank.