Olá Leitores da Mestre, tudo bem com vocês? No artigo de hoje nosso CEO, Fabio Ricotta, preparou uma dica bem legal sobre conteúdos de alta assistência. Ele chegou a essa conclusão depois de avaliar quais eram os posts que mais traziam conversão para ele. Dê o play abaixo e confira mais sobre esse assunto a seguir.

O Caminho Para as Conversões

Se você tem conhecimento básico sobre marketing digital, já deve entender que os canais se complementam. Além disso, as páginas de um site também se complementam. Como assim? Por exemplo, ao acessar o seu site, um visitante tem a primeira experiência com a home, depois, a maioria deles visita a página de serviços e depois vai até o ponto de conversão, que pode ser uma página de orçamentos.

Com essa lógica citada acima, obviamente, em uma análise prévia, a página com mais conversões seria a de orçamentos, certo? Isso acontece, muitas vezes, devido ao formulário presente lá. Além disso, o mesmo pode acontecer com landing pages que distribuem e-books.

Como Otimizar os Conteúdos de Alta Assistência

Contudo, se você acessar o relatório multicanal dentro do Google Analytics, poderá escolher o canal (ação que a maioria dos profissionais fazem), mas também poderá conferir a conversão por landing pages, ou seja, descobrir por qual página os usuários chegam ao site. Assim, você consegue descobrir qual é a melhor página e poderá investir nela com mais segurança, melhorando os conteúdos de alta assistência em sua conversão.

Por exemplo, em analogia, devemos analisar qual é o meio campista que mais dá assistência para o artilheiro do time. O Neymar no Santos era mais “fominha” e resolvia vários lances sozinho, contudo, ao auxiliar o Messi e o Suárez, seu futebol evoluiu e ele agrega muito mais para o time.

Você deve descobrir, assim como nos canais, quais são as páginas que mais dão assistências para as conversões, para poder melhorar e investir nelas com mais segurança! Resumindo, a sacada para conteúdos de alta assistência é usar funil do multicanal, segmentar por landing pages e investir melhorias e tempo nessas páginas. Por exemplo, melhore as call to actions, melhore o conteúdo, melhore a experiência do usuário, dentre outras coisas.

Se uma página está com bom desempenho, invista em tráfego para ela, assim os seus resultados melhorarão e “o seu artilheiro marcará muitos gols”. Gostou do artigo de hoje? Assine nossa newsletter e acompanhe outras sacadas em primeira mão como essas.