Google Analytics e o ROI – Parte II

Olá pessoal, estou de volta para continuar falando sobre o google analytics. Começarei falando sobre a subseção “Visitor Loyalty“. Ela é dividida em:

Loyalty – Aqui mostra o número de vezes que cada pessoa acessou o seu website. Os campos mostram os valores de 1 vez, 2 vezes, 3 vezes e assim por diante, até chegar em faixas de 51 a 100, e mais do que 201. Quanto mais pessoas aparecerem em valores mais altos significa que provavelmente estão gostando de seu website e voltando para visitá-lo. Essa que é a lealdade tratada pelo nome da subseção.

Recency – Indica a freqüência em que os visitantes retornam ao seu website, e isso pode mostrar o nível de compromisso que o usuário tem com o website ou com a prontidão que ele tem para comprar alguma coisa nele. Aqui exibe os campos divididos pelos dias que se passaram desde a última visita. Por exemplo, os visitantes novos são incluídos dentro da categoria “0 days ago” enquanto o usuário que visitou o website há mais de um ano é incluído na barra “365+ days ago”.

Length of Visit – Aqui as visitas são divididas em campos do tempo em que a pessoa permaneceu no website. Um tempo alto de uma visita indica que o usuário explorou mais o seu website.

Depth of Visit – Exibe o número de páginas que os usuários visitaram dentro do seu website. Quanto mais páginas o usuário visita significa que você está oferecendo um bom conteúdo para ele.

Agora falarei da seção “Browser Capabilities“, que está dividida em:

Browser – Mostra os navegadores que os visitantes de seu site estão utilizando. Otimizando seu site para as capacidades técnicas apropriadas para os navegadores mais usados pode gerar um aumento em suas conversões. Interessante é quando se trabalha com CSS, muitas vezes as pessoas deixam um site perfeito para um navegador como o firefox, mas quando o site é visualizado no internet explorer por exemplo, ele possui uma apresentação não muito agradável, ou seja você pode estar perdendo clientes vindo do internet explorer.

Operating Systems – Mostra qual sistema operacional os seus usuários estão usando.

Browsers and OS – Aqui é uma combinação das duas subseções acima “Browser” + “Operating Systems”.

Screen Colors – A quantidade de cores que o usuário vê na tela. Dividida em 1, 4, 8, 16, 24, 32 bits.

Screen Resolutions – Exibe a resolução mais utilizada pelos visitantes do seu website. Volto a falar da importância do CSS aqui, muitas vezes um site é bem desenvolvido para uma resolução, mas quando mudamos de resolução ele não possui uma aparência agradável.

Flash Versions – Exibe a versão do flash player que os visitantes estão usando.

Java Support – Aqui exibe a porcentagem de usuários que possuem suporte à java.

A próxima seção “Network Properties” é subdividida em:

Network Location – Exibe qual o provedor de serviços de internet que seus visitantes utilizam.

Hostnames – Exibe o nome do host nos quais as pessoas estão visitando o seu website.

Connection Speeds – Mostra a velocidade da conexão que os visitantes estão usando. Otimizando seu site para que ele carregue mais rápido pode resultar em um número maior de conversões.

E para terminar temos:

User Defined – Permite você comparar visitantes de segmentos customizados que você mesmo define. Define-se esses segmentos chamando a função utm_setvar no código de seu website. Por exemplo, se visitantes preencherem um formulário de seu site no qual provém um título de profissionais como “gerente”, “técnico”, “vendedor”, você pode chamar a função utm_setvar para armazenar essas seleções na variável definida. Assim você pode comparar os segmentos capturados.

Espero que tenha ajudado, até a próxima!

Receba Dicas Exclusivas Sobre Web Analytics

Quer aprender a mensurar suas visitas e conversões de maneira correta? Então, cadastre seu e-mail!
Divulgue este artigo

5 Comentários para “Google Analytics e o ROI – Parte II”

  1. Tomás

    Fiquei feliz em ler esses seus textos sobre Google Analytics que é uma ferramenta espetacular.

    Agora já sei de um lugar onde poderei discutir e aprender mais sobre o assunto!

    Abraços

    Responder
  2. Ana Paula

    Estava um pouco perdida na defnição de relatórios para avaliação das métricas do Portal que trabalho. Esse e outros artigos do site contríbuiram imensamente para esclarecer minhas dúvidas em relação as varíaveis do Google Analytics.

    Responder
  3. actionplus

    Tenho uma busca no meu site http://www.guiatere.com e gostaria de monitorar quais palavras que os usuários consultam na busca rápida do topo.
    A minha dúvida é se eu consigo fazer isso com “User Defined” com utm_setvar.
    É possível? Como faço?

    Responder
  4. Elias

    Bom dia caro Cassiano, li algumas matérias suas e esta de parabens, demonstar ter um conhecimento profundo sobre o google. Sendo assim espero que possa me ajudar a sanar algumas duvidas que não achei em matérias como a sua.

    1º O google analytics ele só te em inglês, pq no minha configuração esta que meu idioma é o Portugues Brasil, e mesmo assim sempre que entro ele mostrar em inglês, uso o toolbar da google para traduzir..rs.. ??

    2º Mesmo traduzido eu não achei e não sei aonde posso configuarar a onitoração de quantidade de cliques em um determinado cliente, ou sej, eue trato ele em meu site com IdAgentes (nome da minha tabela)(chave primária e auto incremet pelo banco)..ok..rs..E para cada um deles eu deixo eles postarem fotos que sao exibidas como publicadade..Minha duvida é aonde eu configuro ou crio regra para monitorar os cliques em um terminado cliente e seu anuncio.??

    Ps. Se puder me ajudar ou passar algum link que explique ficarei muito grato pela ajuda…

    Att
    Elias

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>