Orkut e a Indexação no Google

Orkut e a Indexação de Comunidades

Olá amigos da Agência Mestre,

Chegamos à segunda edição do MestreCast, o nosso podcast semanal. Depois de um ótimo feedback do programa de estréia, seguimos com a nossa tese de discutir temas interessantes no nosso meio, sempre apresentando possibilidades e visualizando soluções diferentes para você, ouvinte, que acompanha nosso trabalho.

Desta vez, o programa está mais para uma mesa redonda. Além da presença marcante de Fábio Ricotta, chamei mais um integrante do time Agência Mestre para a conversa (justificando também uma de nossas propostas no MestreCast #1) e abusei de uma presença ilustre aqui no nosso escritório em São Paulo.

Leandro Riolino, da Agência Mestre, e Guga Alves, do TudoParaWordpress, se juntaram a nós para falar sobre uma novidade: a indexação das comunidades do Orkut nos resultados de busca do Google.

Neste MestreCast #2, saiba o que isso pode gerar, como o Orkut pode se comportar daqui pra frente, algumas técnicas de se trabalhar com os novos resultados e possíveis problemas que isso pode gerar para quem atua no mundo do SEO.

Não deixe de opinar nos comentários abaixo e, qualquer dúvida, crítica ou sugestão, mande um recado pra gente através do meu twitter (@iquemuniz) ou pelo contato direto da Agência Mestre. No Twitter, não se esqueça de usar a tag #mestrecast ao citar nosso programa.

Lembrando que estamos também com um feed no iTunes. Não deixe de assinar!

Músicas desta edição: Trilha sonora do jogo “Little Big Planet”, do Playstation 3.

Fiquem abaixo com o MestreCast #2

E não deixe de assinar o Feed MestreCast!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

7 Comentários para “Orkut e a Indexação no Google”

  1. Glaucio Cancion

    Muito bom este episódio, eu já venho monitorando essas indexações do Orkut, o que realmente percebo é que a indexação acontece com as comunidades de grande número de usuários, agora pode ser que estejam liberando essas grande apenas para testar comportamento na Serp.

    Nos testes que o Ricotta comentou do “eu amo meu pai” vi também que o Facebook está logo atrás coladinho.

    Muito bom, estão de parabéns e realmente ter mais um veículo para ouvir é muito bom.

    Abraços
    @seobrandup

    Responder
  2. Domicio Neto

    Fala galera!

    Realmente essa questão de reforçar que o @SearchCast continua é algo importante e também falar que um podcast nunca irá anular o outro, principalmente pelo foco que cada um tem. Realmente, eu vi algumas pessoas falando como se o Ricotta tivesse saido do SearchCast.

    Essa novidade do Google indexar as comunidades do Orkut realmente é um novo modo de conseguirmos rankear muita coisa boa e realmente muito difícil, como é o caso

    E quando as comunidades e tópicos que criticam as empresas, assim como acontece com o Reclame Aqui, forem indexadas? Como as empresas irão lidar com isso? Vão pensando e comecem a montar suas estratégias para isso. O Fabio Ricotta comenta exatamente isso lá nos 24 minutos de MestreCast.

    PS: Ique, faltou o link da lista que você citou no MestreCast
    PS2: Guga, esqueceu da galera da Bahia que participou do CoeSEO, viu? hahahaha

    Abraços galera,
    Domicio Neto

    Responder
    • Guga Alves

      Domício,

      como esquecer da “caravana mais distante” do CoéSEO ? Impossível, vcs já fazem parte da história deste evento, sua dedicação em aprender cada vez mais deve sempre ser destacada como exemplo para os demais :)

      Grande abraço e parabéns por todo empenho demonstrado em 2010 !

      Responder
      • Domicio Neto

        Fala Guga!

        Valeu por todo o reconhecimento, não só da sua parte, como de toda a Gangue do SEO.

        Em 2011 tem empenho renovado para mais um ano de batalha!

        Como diria o @DocLuz, “Vamos nós e não vamos sós”.

        Abraços,
        Domicio Neto

        Responder
  3. Danilo Carneiro

    Bacana o tema. Mas existe uma coisa que pode acontecer também e vocês esqueceram de comentar. Empresas podem vir a utilizar comunidades bem reputadas e bem rankeadas no Google para implementar projetos de marketing para a sua marca.

    Um exemplo seria o próprio “Eu amo chocolate” (termo que foi citado), uma comunidade muito grande e que está entre os primeiros resultados do Google. Empresas como Nestlé, Garoto podem propor ao dono desta comunidade ações de marketing que divulguem os produtos.

    Ainda estamos muito no escuro quanto a esta indexação do Orkut, e eu acredito que o Google vai ter bastante cuidado antes de indexar os conteúdos, até mesmo porque rankear conteúdo hospedado pelo próprio Google sempre no topo deve em algum momento ferir a credibilidade deste grande motor de busca. Afinal o que todo visitante espera ao clicar no botão “Buscar” são resultados imparciais e representem o que há de mais relevante na internet.

    Abraço!

    Responder
    • Guga Alves

      Muito bem observado Danilo, realmente não chegamos a pensar nisso na hora do debate sobre o tema e essa é uma possibilidade muito interessante também.

      Abraços

      Responder
  4. Tony Kaique

    Só para constar, busquei por “eu amo meu pai” e não apareceu o Orkut na primeira página, ao passo que o Facebook estava em terceiro lugar. Achei estranho o Orkut não colocar um description como o Facebook: “Welcome to a Facebook Page about Eu amo meu pai! Join Facebook to start connecting with Eu amo meu pai!”. Mas como foi dito no podcast, a gente não sabe ainda como vai funcionar. Vamos esperar pra ver.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>