Olá leitores da Agência Mestre,

Meu nome é Rodrigo e esse é o meu primeiro artigo aqui na Agência Mestre onde faço parte do time de desenvolvimento e colaboro principalmente na ferramenta Rank Tracker. Durante o nosso trabalho na Agência Mestre sempre ocorrem discussões e gostaria de compartilhar uma delas com vocês.

Conforme já sabíamos, o Google estava atualizando a interface da sua página de busca para alguns usuários e até mostramos aqui na Agência Mestre como obter a nova interface. Observamos porém, entre os dias 04/05/2010 e 06/05/2010 que essa nova interface estava sendo implantado em diversos Datacenters ao redor do mundo, e percebemos seu reflexo imediato nas nossas ferramentas aqui da Agência Mestre. Observamos também alguns fatos curiosos, diferenças no posicionamento de diversos sites, atualizações rápidas de páginas indexadas e outros fatores que nos levaram a crer que o Google pudesse, além de estar modificando sua interface, estar mexendo de maneira agressiva no seu índice, refletido por uma mudança de algoritmo. Para tentar provar o nosso ponto de vista, fizemos diversas análises.

Com base em dados da nossa ferramenta Rank Tracker, analisamos a porcentagem de keywords que mudaram de posição nos últimos 2 meses, em buscas feitas no Google USA (em azul) e no Google BR (em vermelho):

Keywords que mudaram de posição no google usa e no google br

Podemos perceber que existe uma variação natural na porcentagem de keywords que mudam de posição em ambas as engines, mas percebemos também que a amplitude dessa variação muda, aproximadamente a partir do dia 07/04/2010. Pensamos então em analisar essa variação, e tentar observar o comportamento das keywords que se encontram nas 10 primeiras páginas de resultados. Obtemos o seguinte gráfico, que mostra a porcentagem de keywords que saíram do Top 100 do Google:

Quantidade de keywords que saíram do top 100

Observamos aqui que, antes do dia 07/04/2010 o gráfico possui tendência linear, com pequenas oscilações. Porém, a partir dessa data, notamos variações maiores entre os dias, o que nos sugere que algo tenha acontecido no modo em que o Google ordena os seus resultados.

Prosseguindo com nossa análise, buscamos detalhar melhor a variação das keywords. Para isso, separamos as keywords que oscilaram apenas uma posição de um dia para o outro, as keywords que oscilaram até 3 posições, as que oscilaram até 5 posições e finalmente, as que oscilaram até 10 posições. Com isso obtemos os seguintes gráficos:

Quantidade de keywords que variaram uma posição

Quantidade de keywords que variaram uma posição

Quantidade de keywords que variaram até 3 posições

Quantidade de keywords que variaram até 3 posições

Quantidade de keywords que variaram até 5 posições

Quantidade de keywords que variaram até 5 posições

Quantidade de keywords que variaram até 10 posições

Quantidade de keywords que variaram até 10 posições

Análise Geral

Observamos que a oscilação da quantidade de keywords que mudou de posição parece ser a mesma, porém, sua amplitude foi modificada. Percebemos em alguns dias específicos do intervalo estudado que depois do dia 07, uma quantidade muito maior do que a média de keywords teve sua posição modificada. Observamos também que a diferença maior dos gráficos é obtida quando comparamos os gráficos das keywords que mudaram apenas uma posição e das que mudaram até 3 posições, indicando que a maioria das keywords variou 2 ou 3 posições.

Conclusões

Sabemos que, para uma boa estratégia de SEO, quanto mais conhecermos os algoritmos das search engines, melhor nos preparamos para obter um melhor posicionamento. Sabemos também que algo aconteceu com o algoritmo de busca do Google no ultimo dia 07, e que talvez, essa mudança na interface seja apenas uma maneira de camuflar ou ocultar mudanças mais profundas.

O que podemos levantar são algumas especulações:

  • Um novo algoritmo de busca?
  • Mudanças ou adição de fatores de rankeamento?
  • Apenas o Google Caffeine?

É difícil, pra não dizer impossível, dizer com precisão. E vocês, o que têm encontrado de mudanças em seus websites de trabalho?

Até a próxima!