No novo vídeo da Mestre TV, o CEO da Agência Mestre vai abordar um tema interessante para quem trabalha com o Google Analytics. Dê o play e saiba como descobrir algumas anomalias na ferramenta!

 

 

Para iniciar o vídeo, Fábio exemplifica com uma situação vivida por um cliente da Agência Mestre. Quem trabalha com SEO sabe que ao adicionar a tag noindex é uma forma de comunicar ao Google que uma página em questão não deverá ser adicionada ao índice de pesquisa, ou seja, será excluída das buscas. Com o objetivo de retirar apenas uma das páginas, o cliente em questão acabou se equivocando e adicionou a funcionalidade em todo o site. Resultado: os dados do Google Analytics apontaram uma queda significativa nas visitas orgânicas.

Mas afinal, em casos como esse, como detectar com rapidez o problema e solucioná-lo? Confira a dica do especialista!

 

 

Funcionalidades do Google Analytics

Existe no Google Analytics uma funcionalidade que permite a ativação de alertas. Para isso, é preciso clicar em “admin”, seguir para “view. Em seguida, a plataforma irá abrir três colunas, a selecionada deve ser a da direita. Busque pela função “customiza alerts”. Ao selecionar esse ponto é possível definir qualquer tipo de métrica do seu site e realizar uma comparação se caso os números foram alterados ao decorrer dos dias.

Por exemplo, ao analisar dados referentes a um dia específico e no dia seguinte é possível notar uma diferença grande de percentual. Portanto, é bem provável que exista algum problema que explique a situação. No caso, ou o servidor do site caiu, a página foi penalizada ou a tag noindex foi adicionada.

 

Alerta para anormalidades

Resumidamente, assim que for detectado qualquer inconstância nos dados, a primeira medida deve ser investigar o problema. Para quem é cliente da Agência Mestre, Fábio aponta a possibilidade de oferecer assistência assim que forem notadas alterações representativas.

Ao adicionar um alerta em uma métrica especifica a detecção de uma anomalia no Google Analytics poderá ser realizada com muito mais clareza e a solução do problema poderá ser encontrada com mais eficiência e o problema poderá ser resolvido mais rápido.

 

Análise de tráfego

Segundo Fábio Ricotta, um exemplo comum que já ocorreu na Agência Mestre envolve a análise de dados e de tráfego. Imagine que as visitas caíram em cerca de 30%, com um observação mais minuciosa, percebe-se que as páginas específicas que perderam trafego foram as de indicação AMP (específicas para o acesso por dispositivos móveis). Nesse caso, é comum que o plugin instalado no WordPress falhe e a página deixa de existir, gerando o erro 500, ou seja, o conteúdo não é exibido.

A dica de Fábio é adicionar um alerta para todas as páginas que forem configuradas como AMP, pois em caso de queda de tráfego, será mais simples de compreender o problema de maneira mais eficiência. Afinal, já imaginou perder tráfego por vários dias devido à falha?

 

Google Analytics no Mestre Academy

Se você quer aprender um pouco mais sobre as funcionalidades do Google Analytics, aproveite para acessar a plataforma do Mestre Academy. É possível encontrar um treinamento completo ministrado por Frank Marcel sobre Google Analytics e Tag Manager. Confira e saiba mais sobre esse universo!

 

Gostou deste vídeo? Comente o que achou, compartilhe e se inscreva no canal da Mestre Academy!