Agência Mestre https://www.agenciamestre.com Marketing Digital: SEO, Links Patrocinados, Facebook Ads e outros Fri, 19 Oct 2018 13:13:39 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.8 O Que Fazer Com Suas TOP Páginas? https://www.agenciamestre.com/sem-categoria/o-que-fazer-com-suas-top-paginas/ https://www.agenciamestre.com/sem-categoria/o-que-fazer-com-suas-top-paginas/#respond Fri, 19 Oct 2018 13:13:39 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32686 Saiba como melhorar suas top páginas do seu site e proporcionar uma boa experiência ao usuário. Confira algumas dicas do CEO da Agência Mestre, Fábio Ricotta!

O post O Que Fazer Com Suas TOP Páginas? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Você tem o conhecimento sobre o que você deve saber sobre as principais páginas do seu site? Neste vídeo,  Fábio Ricotta vai dar algumas dicas valiosas sobre as top páginas. Dê o play e confira!

5 dicas para analisar suas top páginas

Se você tem um site, é possível que pense se o usuário se sente satisfeito ao acessá-la. A dúvida a acaba ficando na mente, porém algumas estratégias podem ser utilizadas para melhor a experiência de quem acessa o site. Para isso, o CEO da Agência Mestre selecionou algumas perguntas simples que podem ser feitas para entender todo o contexto. Veja:

 

1. Entender o cenário em que o usuário está inserido

Compreender o que levou uma pessoa a acessar a sua página é um fator necessário para conseguir construir estratégias válidas para a melhoria da experiência. Como Fábio explica, é interessante entender qual é a dor do usuário, o que ele busca resolver. Por exemplo, quando alguém que acessa informações relacionadas à consultoria de SEO, é provável que existam problemas relacionadas à busca orgânica.

Ricotta ainda levanta: quem chega na página inicial de um site, o que busca? No caso do site da Agência Mestre, é possível pensar que quem chegou de maneira orgânica até a página, provavelmente possui o interesse de conhecer melhor a empresa e os serviços oferecidos. Conseguir ter essa percepção é o primeiro passo.

 

2. Apresentação da empresa

Pegando o gatilho da primeira dica, Fábio aponta a importância de expor informações claras e completas sobre a empresa que é buscada. Se um usuário realiza a busca e possui a intenção de resolver um problema, por exemplo, precisa de uma agência para melhorar estratégias de marketing digital. Ao acessar o site, é provável que o interessado busque por dados que ajudem a compreender se os serviços ofertados pela empresa poderão auxiliar na resolução do problema existente.

Ao primeiro olhar do usuário, é essencial que estejam expostas informações completas que permitam que a análise se a empresa está alinhada com o cenário da problemática que se pretender encontrar uma resolução.  Ou seja, sem dúvidas, a forma como a copy é desenvolvida na página de apresentação, influencia diretamente na conversão de um possível cliente.

 

3. Responder à dúvida do usuário

Nesse ponto, Fábio Ricotta aborda uma questão primordial: suas top páginas respondem à dúvida do usuário?  Historicamente, na área de SEO,  muitos profissionais ficam surpresos quando realizam a busca pela palavra-chave “pudim” e o resultado nada mais era do que uma única imagem do doce. Esse fato, mostra que a resposta ao que usuário não depende de uma quantidade específica de palavras, não há um tamanho correto de conteúdo ou formato mais adequado.

Resumidamente, Fábio defende que a melhor estratégia é disponibilizar para o usuário um conteúdo que responde a dúvida dele. Além disso, a solução ofertada deve está conectada com o momento de vida de quem realiza a busca, assim,  o usuário ficará satisfeito ao consumir o conteúdo. Caso não for encontrado o que é esperado, sem dúvidas,  abandonará a página e buscará por outra fonte de informação.

 

4. Ordem da informação

Outro aspecto que deve ser levado em consideração é a ordem em que a informação é disposta em suas top páginas. É mais importante apresentar primeiramente todos os serviços, mostrar cases de sucesso ou  explicar missão e valores? Segundo Fábio, a dúvida não tem uma resposta exata, pois as escolhas poderão ser justificadas por meio de estratégias de copyright, por exemplo. A dica para conseguir desenvolver um texto eficiente é pensar na jornada mental que, provavelmente, o usuário irá realizar.

Uma dica é realizar o monitoramento de página e do consumo de conteúdo por meio de ferramentas como a crazy egg.

 

5. Atenção às subseções e headlines

E por último, Fábio aponta a importância de saber se as subseções e hedlines da sua página fazem sentido. Por exemplo, será se faz sentido apresentar já na home um formulário de orçamento? É importante contestar cada bloco de informação que não está seguindo uma sequência lógica, pensando no caminho mental do usuário. Além disso, é necessário ter cuidado com a poluição visual de dados que estarão, na verdade, tomando o  lugar de pontos realmente relevantes.

 

Dica bônus

Fábio ainda apresenta uma dica extra, é possível mensurar por meio do Google Analytics, o tempo de permanência da sessão do usuário. Caso você realize a sequência e análise correta das páginas, é possível que o usuário gaste naturalmente mais tempo com em seu site e, consequentemente, a taxa de rejeição será menor, além de elevar o consumo de páginas por sessão.

Gostou deste vídeo? Aproveitando, confira também o episódio 106 – 3 Melhorias em landing pages para Aumentar Conversões!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O post O Que Fazer Com Suas TOP Páginas? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/sem-categoria/o-que-fazer-com-suas-top-paginas/feed/ 0
Venda Mais Com uma Página de Agradecimento https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/venda-mais-com-uma-pagina-de-agradecimento/ https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/venda-mais-com-uma-pagina-de-agradecimento/#respond Thu, 11 Oct 2018 14:52:15 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32607 A estratégia da página de agradecimento pode ser uma ótima forma de vender para usuários frios. Confira as dicas neste vídeo e aplique isso ao seu negócio!

O post Venda Mais Com uma Página de Agradecimento apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
No novo vídeo da Mestre TV, Fábio Ricotta vai falar sobre uma técnica interessante que pode ajudar a captar clientes e vender mais. Entenda um pouco mais sobre como você pode utilizar uma página de agradecimento para aumentar suas vendas. Dê o play e confira!

No Brasil e lá fora, a técnica já é bastante utilizada e referenciada como uma excelente forma para vender mais. Fábio participou da última edição do Fire, evento ocorrido em Belo Horizonte, e ouviu muito sobre a estratégia. Portanto, neste vídeo, o CEO da Agência Mestre resolveu falar um pouco mais sobre o tema.

Página de Agradecimento – Entenda como funciona a estratégia

O primeiro passo para entender a técnica é ter definido como funciona uma isca digital. Resumidamente, por meio de um CTA, o usuário é levado a consumir algum material rico disponibilizado. Pode ser um ebook, infográfico, checklist, etc. Para ter acesso ao conteúdo, é necessário fornecer alguns dados do interessado.

O que muitos profissionais que trabalham com marketing digital fazem é já disponibilizar o ebook diretamente na página de agradecimento. Porém, segundo Fábio, pensando em uma estratégia mais agressiva, o ideal é aproveitar o momento em que o consumidor já demonstrou interesse em adquirir o material e apresentar um pouco mais sobre o serviço ou oferecer uma opção adicional e mais detalhada.

Saiba como aplicar

Mas afinal, como realizar essa tarefa? Fábio dá a dica de script: na página de agradecimento, é possível adicionar uma carta de vendas acoplada ao headline. A sacada funciona da seguinte maneira: por meio de anúncios, tráfego orgânicos e outras estratégias de marketing digital, o usuário interessado no conteúdo disponibilizado é levado até a página em questão. Ou seja, o interesse pelo conteúdo partiu dele, em tese, ele já poderá ser uma potencial conversão.

Nesse sentido, antes de disponibilizar o material solicitado, a ideal é conseguir prender a atenção do usuário, de forma que ele seja levado a conhecer um pouco mais dos serviços e produtos disponibilizados. Fábio dá o exemplo:  enquanto aguarda o ebook ser encaminhado por e-mail, o usuário pode acompanhar um vídeo com informações sobre um curso sobre o assunto. É uma maneira inteligente de aproveitar o interesse inicial do consumidor. Resumidamente, a estratégia trabalha, inicialmente, com um público frio, porém um pouco mais engajado, pois existiu um interesse anterior pelo material ofertado.

Resultados obtidos

O resultado final da técnica da página de agradecimento é conseguir desenvolver um funil que se retroalimenta e gera leads. É possível conseguir uma boa base de dados, porém, obviamente nem todos serão convertidos, mas o principal objetivo é conseguir alcançar o equilíbrio entre o investimento realizado em anúncios e conversões. Por exemplo, se um ou dois leads realizarem o fechamento do negócio, é possível custear a manutenção do funil de vendas.

Resumidamente, a técnica da página de agradecimento é uma maneira de conseguir aumentar sua base de leads de maneira significativa, sem ter de aumentar os investimentos em anúncios e outras ferramentas. Porém, é interessante levantar que a performance da estratégia vai depender muito da oferta que for apresentada ao consumidor.

Não podemos esquecer que, pendendo de como a estratégia é aplicada, é possível conseguir um ROI de campanha significativo, gerando rentabilidade.

Sacada extra

O questionamento que pode ficar é: como conseguir aplicar a estratégia da página de agradecimento no dia a dia da sua empresa? É simples! Já pensou em adicionar à página a possibilidade do usuário conversar com o seu time do comercial? O possível consumidor poderá marcar um horário com um vendedor para entender um pouco mais sobre seus serviços e produtos.

Gostou deste vídeo? A ferramenta da página de agradecimento é uma excelente saída para transformar um público frio em consumidores prontos para converter. Aproveite para acompanhar o episódio 39 – Como utilizar matérias ricos para a geração de leads. Confira!

O post Venda Mais Com uma Página de Agradecimento apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/venda-mais-com-uma-pagina-de-agradecimento/feed/ 0
Google Fez 20 Anos – Veja o Futuro que o Buscador Planeja https://www.agenciamestre.com/sem-categoria/google-fez-20-anos-veja-o-futuro-que-o-buscador-planeja/ https://www.agenciamestre.com/sem-categoria/google-fez-20-anos-veja-o-futuro-que-o-buscador-planeja/#respond Fri, 05 Oct 2018 17:30:08 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32524 O Google acaba de completar 20 anos e você sabe quais são os próximos passos do maior buscador? Confira as considerações de Fábio Ricotta, neste novo vídeo!

O post Google Fez 20 Anos – Veja o Futuro que o Buscador Planeja apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
No novo vídeo da Mestre TV, Fabio Ricotta comemora os 20 anos do Google e apresenta as principais tendências do maior buscador do mundo. Ficou curioso? Conheça as estratégias e visões futuras da empresa. Dê o play!

Nesses últimos dias, o Google divulgou algumas das tendências e mudanças previstas para o futuro. Sem dúvidas, essas informações chamam muito atenção de quem trabalha com marketing digital e de quem depende dos resultados da ferramenta.

Google 20 anos —Tendências

Veja alguns dos pontos exibidos por Fabio e fique por dentro das principais tendências do Google:

Transitar de respostas para jornadas

Nesse primeiro ponto, Fabio esclarece o processo de pensar na jornada do consumidor e não apenas em possíveis palavras que ele poderá buscar. Nesse sentido, cada vez mais o Google está utilizando inteligência artificial para entender o que os usuários buscam, tudo por meio de análise de histórico, por localização da pessoa e por interesses. Ou seja, observando o que foi feito antes para conseguir determinar uma provável ação futura. Resumidamente, o objetivo é entender a essência de cada um, como um trabalho de Inbound Marketing.

De acordo com a análise de Fabio, é possível observar um foco menor em oferecer só a resposta para o usuário. O que será oferecido deve fazer parte de uma jornada criada ao longo do tempo. As informações que serão entregues às pessoas estão relacionadas com todo o percurso realizado anteriormente.

Percepção de buscas

Parece irreal, mas o Google pretende anteceder a sua busca. Em resumo, o buscador, por meio de informações e aspectos do comportamento do usuário, apresenta a tendência futura de já apresentar possíveis pontos que podem estar no radar de interesse do consumidor.

Mas a questão que fica é: como conseguir alcançar a percepção do que possivelmente poderá ser buscado? Fabio Ricotta exemplifica com o Google Home. A ferramenta atua através de cards. Com esse mecanismo, o Google pretende conseguir compreender melhor o comportamento do usuário e conseguir prever o que potencialmente gerará interesse. É como se fosse um feed apresentando pontos que poderão despertar a atenção do consumidor.

Para Fabio, a atual “caixinha de busca” do Google não será mais um passo mandatório para que o usuário receba os resultados de busca. Digitar uma palavra-chave fará parte do processo, ou seja, será um recurso opcional, não sendo mais necessário inserir um termo.

Priorização dos elementos visuais

Outro aspecto importante apontado pelo Google é a priorização do visual. Nos próximos anos, o buscador pretende criar uma interface mais fluida, saindo um pouco do padrão textual.

Agora, em outubro de 2018, o Google vai inaugurar uma nova versão do Google Imagens. É uma espécie de Instagram, com uma mistura de Pinterest e Google. O mais legal é que o buscador levou em consideração como os usuários estão buscando as imagens, fato que explica reprojetar a ferramenta.

Fabio aponta essa tendência, exemplificando com o maior número de vídeos exibidos entre os resultados orgânicos de busca. Mais do que apresentar dez resultados que levam até conteúdos textuais, o Google tende a exibir cada vez mais conteúdos audiovisuais. Em alguns momentos, existe até a possibilidade de conseguir assistir sem sair da interface do buscador.

Os novos recursos do Google

Sem dúvida, um dos caminhos do Google é apostar em um estilo visual mais forte. Entender mais o usuário e desenvolver uma visão mais preditiva são também caminhos. Um exemplo da tendência é o dado apresentado por Fabio: mais de 60% das buscas realizadas no Google nos EUA não geram cliques para sites externos, ou seja, os usuários estão consumindo informações sem sair da página.

No entanto, uma questão é colocada: como o produtor de conteúdo vai chamar atenção e fazer com que o usuário vá até ele? Esse é um ponto que gera controvérsias e ainda não existem informações muito claras a respeito.

A plataforma pretende fazer com que o consumidor de informação não tenha de sair da interface. Quanto mais dados e aspectos sobre a atuação e comportamento o Google tiver, mais ele conseguirá apresentar o que realmente o usuário procura.

Gostou desse artigo? Aproveite para conferir também o episódio 25 da MestreTV, que fala sobre habilidades para seu futuro!

O post Google Fez 20 Anos – Veja o Futuro que o Buscador Planeja apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/sem-categoria/google-fez-20-anos-veja-o-futuro-que-o-buscador-planeja/feed/ 0
Como Escolher o Tema do Meu Ebook? https://www.agenciamestre.com/marketing-de-conteudo/como-escolher-o-tema-do-meu-ebook/ https://www.agenciamestre.com/marketing-de-conteudo/como-escolher-o-tema-do-meu-ebook/#respond Wed, 26 Sep 2018 18:00:29 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32408 A definição de uma temática de ebook não é uma tarefa simples. Confira o vídeo em que Fábio Ricotta apresenta dicas valiosas para você ter sucesso o com o material produzido.

O post Como Escolher o Tema do Meu Ebook? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Uma das dúvidas mais recorrentes de quem atua com marketing de conteúdo é como escolher o tema de um ebook. Neste vídeo da Mestre TV, Fábio Ricotta vai tratar sobre o assunto e fornecerá dicas para auxiliar no processo de definição temática. Quer saber mais? Dê o play e confira este vídeo na íntegra!

Saber como definir o tema de um ebook é essencial para que seja possível alcançar bons resultados com o marketing de conteúdo. Afinal, se o conteúdo não chamar atenção dos usuários, dificilmente será realizado o download, pois não demonstrarão interesse. Mas como criar material realmente relevante e que apresente um valor esperado ao usuário? Para conseguir desenvolver um bom ebook, é necessário considerar alguns fatores. Fábio selecionou alguns deles:

Como escolher o tema do ebook?

Como foi dito, essa pergunta é a dúvida de muitos profissionais que trabalham com marketing de conteúdo. Um ebook pode ser definido como uma de isca digital, na qual a estratégia é disponibilizar um conteúdo rico para o usuário. Em troca do material, na grande maioria das vezes, é necessário fornecer um endereço de e-mail para conseguir realizar o download.

Ou seja, com essa prática, existem benefícios dos dois lados: o usuário que terá acesso a um conteúdo e quem produziu obterá informações para manter o relacionamento com o lead adquirido. A relação estabelecida tende a avançar, o que pode desencadear uma conversão.

É notório que o ebook é uma excelente maneira de conseguir captar leads e avançar no relacionamento com prospects, porém a maior dificuldade ainda é criar um conteúdo realmente relevante que gere o interesse. Nesse sentido, é essencial abordar:

Entenda o seu público-alvo

Antes de definir um tema para o ebook, é primordial observar características do seu público-alvo, como, por exemplo, as preferências, os interesses, objetivos. Normalmente, a temática deverá ser definida a partir de uma dor que envolve o contexto daquele grupo de pessoas. A partir dessa percepção, a seleção de possíveis temas ficará mais simplificada e a probabilidade de acerto é significativamente maior.

Nesse mesmo ponto, Fábio Ricotta explica também como descobrir a dor e a principal aflição do público. Para conseguir informações valiosas, uma ótima dica é perguntar. Fazer uma pesquisa simples poderá gerar bons insights de temas para ebook.

Pesquisa de palavras-chave

Outro caminho é fazer uma seleção de palavras-chave mais buscadas sobre diversos assuntos relacionados às dores do usuário. Ricotta apresenta algumas ferramentas, como o Answer the public  e o SemRush. A estratégia de realizar uma pesquisa de palavras-chave cria a possibilidade de que o material produzido seja visualizado por meio da busca orgânica.

Análise de conteúdos de sucesso

Um fator que também possibilita o desenvolvimento de temas relevantes é analisar outros materiais que já foram produzidos. Fábio dá a dica: determine um espaço de tempo e observe os principais conteúdos publicados e observe aqueles que apresentaram maior retorno e aprovação do público. É possível que um artigo bem ranqueado possa ser complementado e ser transformado em um ebook super atrativo aos usuários.

A mesma ideia pode ser utilizada com vídeos. Produções com mais visualizações e engajamento do público, sem dúvidas, apresentam grande potencial para se tornarem um ebook de sucesso.

Em resumo, o principal fator que deve envolver a definição de um tema para um material rico é o alinhamento com o público-alvo. Quando mais relacionado for o conteúdo com os interesses, preferentes e com a dor do usuário, sem dúvidas, melhores resultados serão obtidos com o material.

Gostou do vídeo? Aproveite e assista também a sugestão de Fábio Ricotta: episódio 138 – 5 Formas de Fazer Captação de e-mails!

O post Como Escolher o Tema do Meu Ebook? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/marketing-de-conteudo/como-escolher-o-tema-do-meu-ebook/feed/ 0
O que é Hotmart? Conheça a Plataforma para Infoprodutos https://www.agenciamestre.com/monetizacao-e-afiliados/hotmart-o-que-e-como-funciona/ https://www.agenciamestre.com/monetizacao-e-afiliados/hotmart-o-que-e-como-funciona/#comments Sat, 22 Sep 2018 11:55:42 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=23679 Você sabe o que é Hotmart? Conheça essa plataforma de infoprodutos que vem ajudando milhares de brasileiros a ganhar dinheiro na internet e saiba como você também pode lucrar!

O post O que é Hotmart? Conheça a Plataforma para Infoprodutos apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
O que é Hotmart

O que é Hotmart?

A Hotmart é uma plataforma online que permite você distribuir seus conteúdos voltados para internet, para que qualquer pessoa ou empresa possa adquirir ou ajudar você a vender seu produto digital. Dentre os conteúdos que você pode vender na Hotmart, destacam-se: e-books (livros digitais), videoaulas, audio books, infoprodutos, screencasts, scripts ou softwares e muito mais!

O objetivo aqui é te mostrar esta plataforma brasileira que vem ajudando milhares de produtores e afiliados a terem sucesso na internet. Trata-se da plataforma Hotmart.

Como funciona a Hotmart?

A Hotmart funciona da seguinte maneira, os produtores, ou seja, as pessoas responsáveis por produzir, editar e disponibilizar conteúdos digitais, incluem seus produtos dentro da plataforma. A partir daí, eles começam a divulgar seus hotlinks, que nada mais são do que links que levam pessoas a comprarem seus produtos digitais.

Uma vez que o produto tenha sido incluído pelo produtor dentro da plataforma da Hotmart, outros usuários da ferramenta podem solicitar afiliação do produto, tornando-se afiliados eles também podem compartilhar os hotlinks, ganhando uma comissão toda vez que o produto for vendido através de suas indicações.

Produtores X Afiliados

Dentro da plataforma você pode ser produtor e/ou afiliado. A Hotmart oferece benefícios diferentes para produtores e afiliados. Se você é produtor, poderá visualizar relatórios sobre os seus produtos e afiliados, contará com a possibilidade de disponibilizar seu conteúdo digital automaticamente às pessoas que compraram e ainda poderá contar 100% com Hotmart junto ao pagamento das comissões de seus afiliados.

Quando você é somente afiliado, você não precisa ter um infoproduto na Hotmart, o que significa que você não precisa lidar diretamente com os clientes do produto. Como afiliado, você tem a garantia de receber as comissões, pois como citamos anteriormente, é a Hotmart que é o responsável por fazer esse pagamento.

A Hotmart é Confiável?

Fundadores da Homart - Mateus e João Pedro

A Hotmart trabalha com servidores seguros para que os seus dados e informações sejam enviados de forma adequada, mantendo a confidenciabilidade e segurança do consumidor, evitando assim qualquer possibilidade de fraude.

A plataforma permite pagamentos por boleto bancário, cartão de crédito, débito em conta ou PayPal. Os maiores players do mercado de marketing digital utilizam a Hotmart para compartilhar seus cursos online e outros produtos digitais, oferecendo aos afiliados a oportunidade de divulgarem os hotlinks com excelentes porcentagens de comissão sobre as vendas.

Como Criar uma Conta e Entrar na Hotmart?

Criar conta na Hotmart é simples e rápido. Primeiramente, acesse: https://www.hotmart.com/pt/ e clique no botão azul “Cadastre-se”. Na etapa seguinte, basta preencher corretamente seu nome, sobrenome, endereço de e-mail e inserir uma senha de sua preferência. Depois disso, é só fazer o login para começar a utilizar a Hotmart.

Tour pela Plataforma

Na tela inicial da plataforma, você terá uma visão geral de suas receitas obtidas ao longo dos últimos dias e acesso às principais novidades da ferramenta. No canto esquerdo da tela, você verá uma barra vertical, que é o menu de acesso a todos os módulos da Hotmart.

Através desses menus você poderá sacar comissões, gerenciar afiliados, administrar comentários, ter acesso a ferramentas, relatórios e estatísticas. No menu “Mercado”, você terá acesso à vitrine de produtos existentes na Hotmart. É nessa tela que você verá os produtos digitais recém adicionados à plataforma, bem como os produtos mais quentes e os mais queridos.

Módulo Mercado Hotmart

Na imagem acima, você confere alguns dos principais pontos do módulo “Mercado”:

1) Seleção entre produtos mais quentes e mais queridos
2) Seleção da categoria principal do produto
3) Informações sobre o valor da comissão paga aos afiliados e a temperatura atual em que o produto se encontra

A Hotmart trabalha com uma escala de temperatura para determinar a aceitação e volume de vendas que um infoproduto possui. A temperatura máxima que um produto pode atingir é de 150 graus. Porém, não significa que um produto que possua uma temperatura menor, não esteja vendendo bem. Existem, por exemplo, produtos que sempre ficam com temperaturas na casa dos 60, 70 graus, mas que mantém essa temperatura durante todos os dias do mês. Ou seja, todos os dias os produtores desses produtos estão fazendo vendas e gerando comissões para as vendas que seus afiliados fazem.

Ainda no menu “Mercado”, você tem acesso às categorias dos produtos e ao campo de busca, que permite você pesquisar por um tema e visualizar os produtos disponíveis para você promover.

Para finalizar nosso tour, no menu “Vendas” você conta com links para visualizar o histórico e informações gerais sobre as vendas que você realizou, enquanto que no menu “Compras” você vê todo o seu histórico de compras.

Como Ganhar Dinheiro na Hotmart?

Existem diversas estratégias para se ganhar dinheiro na Hotmart, porém, o que você precisa fazer primeiro é ter a certeza de que os produtos digitais que você promove são de boa qualidade. É fundamental que você entregue um produto com grande valor agregado para a sua audiência, dessa forma eles ficarão confortáveis e empolgados para adquirirem novos produtos no futuro.

Se você deseja ser um produtor de sucesso, cuide muito bem dos seus clientes, responda todos os contatos que receber e ofereça um suporte rápido e de extrema qualidade. Também é recomendável que você selecione e capacite seus afiliados, fornecendo a eles um bom material de apoio, para que a divulgação do seu produto seja feita da melhor forma possível e com o melhor aproveitamento.

Se a sua vontade é ser um TOP afiliado, escolha com cuidado os produtos que você vai promover. Não faça SPAM em momento algum, divulgando os hotlinks de qualquer maneira. Aprenda a trabalhar com listas de e-mail, crie sua própria audiência e entregue a ela produtos que serão utéis.

Como se Afiliar aos Infoprodutos?

Você já sabe que para ser produtor, precisará desenvolver um infoproduto, disponibilizar esse produto dentro da plataforma ou até mesmo fazer integrações do seu site com a Hotmart. Ou seja, você tem uma série de passos para realizar. Por outro lado, se você deseja ser apenas um afiliado, basta solicitar afiliação aos produtos que você julgar que são bons e interessantes.

O primeiro passo é decidir em quais nichos de mercado você deseja trabalhar como afiliado, depois basta acessar a página do produto e clicar no botão “Solicitar Afiliação”.

Afiliação de Produto na Hotmart

Existem alguns produtores que exigem que o pedido de afiliação seja feito através de e-mail. Nesses casos, eles compartilham essa recomendação na própria página em que se encontra o botão de afiliação que mencionamos. Por isso, verifique atentamente cada caso. Dependendo do produto, alguns afiliados são aprovados automaticamente, em outros casos, a aprovação fica pendente de autorização por parte do produtor.

Após solicitar as afiliações, basta acessar o menu “Produtos” para ver quais produtos você já pode começar a promover. Passando o mouse sobre a caixa do produto, clique sobre “Hotlinks” para ter acesso a todos os hotlinks disponibilizados pelo produtor.

Módulo Produtos e Hotlinks da Hotmart

Na hora de promover os produtos, lembre-se do que falamos acima, espalhar o hotlink pela internet não ajudará você a vender. A divulgação deve ser baseada em uma estratégia bem feita, a qual pode ser realizada através de blogs, canais no YouTube, listas de e-mail e outras fontes que sejam relevantes e condizentes com o seu nicho de mercado e o produto que você está promovendo.

O que é a Hotmart Club?

A Hotmart Club é uma plataforma de e-learning para que você consiga entregar os seus infoprodutos para seus compradores fornecido pela própria Hotmart, facilitando a vida do produtor, por ter uma ferramenta estável de e-learning, e também a vida do aluno, que tem um sistema fluído e de fácil uso, para consumir todo o conteúdo que adquiriu.

Podemos dizer com propriedade o quanto buscamos uma plataforma boa para hospedar nossos treinamentos e atender nossos alunos, mas com a Hotmart Club tudo ficou mais fácil.

FIRE Festival 2018

A fim de promover o mercado de produtos digitais no Brasil, a Hotmart criou um evento presencial, chamado FIRE Festival, o qual acontece anualmente na cidade de Belo Horizonte. Neste ano, produtores digitais, influenciadores, comunicadores, desenvolvedores e até mesmo artistas, estarão presentes para contar um pouco sobre suas estratégias na Internet. Portanto, se você pensa em se tornar um produtor ou afiliado de sucesso, precisa garantir sua participação no FIRE 2018!

O CEO da Agência Mestre, Fábio Ricotta, novamente será um dos palestrantes. Para conhecer a lista completa dos palestrantes e saber tudo que acontecerá nesse mega evento, clique neste link agora mesmo!

Conclusões

Se você pensa em ter um negócio online, seja profissional ou apenas para conquistar uma renda extra, o Hotmart é uma excelente oportunidade para você vender produtos digitais. A plataforma é gratuita e oferece a você toda tecnologia e facilidade para você prosperar nesse segmento. E claro, se você quiser aprender mais sobre marketing digital, assina nossa newsletter e receba nossas dicas exclusivas diretamente no seu e-mail. Basta deixar seu nome e e-mail no formulário abaixo!

O post O que é Hotmart? Conheça a Plataforma para Infoprodutos apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/monetizacao-e-afiliados/hotmart-o-que-e-como-funciona/feed/ 5
Você Está Gerando Mais Resultados com Marketing Digital do Que Pensa https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/voce-esta-gerando-mais-resultados-com-marketing-digital-do-que-pensa/ https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/voce-esta-gerando-mais-resultados-com-marketing-digital-do-que-pensa/#respond Fri, 21 Sep 2018 15:00:18 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32309 Analisar dados e compreender informações referentes às conversões assistidas é essencial para visualização do maiores resultados. Quer saber como ter a percepção? Confira este artigo!

O post Você Está Gerando Mais Resultados com Marketing Digital do Que Pensa apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Sabe aquela apresentação de dados, ótimos resultados obtidos com as estratégias de marketing digital? Neste vídeo, Fábio Ricotta, CEO da Agência Mestre, aponta que é possível que você esteja esquecendo de outros fatores essenciais que não podem faltar na análise das métricas e, por isso, esteja gerando mais resultados do que pensa. Quer saber quais? Dê o play e assista ao vídeo completo!

Em uma das observações de um dos colaboradores do time de SEO da Agência Mestre, foram expostos crescimentos significativos referentes às conversões assistidas. Nesse sentido, Fábio aponta a importância de observar os resultados obtidos por meio da análise dessa métrica. A observação é tão necessária que Ricotta entrega um dado surpreendente: uma pessoa antes adquirir um produto pode demorar até 15 dias para realmente converter. Com essa informação, é inegável confirmar que o usuário, na maioria dos casos, não é impactado de imediato.

Quem trabalha com marketing digital, Google Analytics, Google Adwords, Facebook Ads é acostumado a estudar relatórios de conversão. No entanto, de acordo com Fábio, um erro clássico é não observar o trabalho que foi realizado antes dos usuários chegarem ao site e converterem. Em diversos casos, os resultados da busca orgânica, que trouxeram pessoas até a página, passaram a auxiliar na concretização das conversões por meio de  por campanhas de remarketing.

A venda nesse cenário pode aparentar que o e-mail é uma ótima maneira de conseguir conversões, o que não errado. Porém é importante não desvalorizar todo o trabalho realizado por meio das estratégias de SEO para otimizar a busca orgânica.

A importância de analisar as conversões assistidas

No exemplo exposto por Fábio Ricotta são apresentados os resultados de um cliente que já possui um alto faturamento mensal, porém ao analisar os dados referentes às conversões assistidas, precisamente por meio da busca orgânica, é possível visualizar um acréscimo de dois milhões e meio de reais de faturamento mensal. Em comparação com o ano anterior, o impacto da busca orgânica entregava um lucro de um milhão de reais. Essa informação representa que o trabalho de SEO está muito mais amplo e podem está sendo gerando mais resultados do que se espera.

Ou seja, é possível compreender que mais pessoas estão conhecendo a empresa por meio da busca orgânica e outros canais estão auxiliando a reencaminhar o usuário para que seja realizada a conversão de fato. O remarketing, e-mail marketing, Facebook Ads ou inúmeras outras ferramentas são grandes auxiliadoras, porém as implementações de SEO possuem um papel primordial.

O papel da busca orgânica nos resultados de Marketing Digital

Nesse mesmo sentido, Fábio exemplifica de maneira ilustrada a importância de analisar os resultados originados da conversão assistida. Por exemplo, no vôlei o levantador possui grande importância na concretização de uma jogada certeira. É ele que irá armar o passe para que o atacante marque o ponto. Essa relação pode ser feita com o fato que a busca orgânica auxilia na preparação das conversões e acaba gerando mais resultados. Ou seja, são as estratégias de SEO que criam um “terreno” para a concretização dos boas métricas posteriores e geram a conversão final.

Portanto, Fábio faz a sugestão: da próxima vez que você for apresentar os dados de resultados de um projeto de Marketing Digital, não se esqueça de apresentar referências que permitam analisar o relatório de conversões assistidas. Afinal, algumas mídias apresentam o poder de assistir uma conversão, porém outras ferramentas demonstram maiores resultados de fechamento, porém é um erro não considerar a importância e o papel da utilização das mídias assistidas, como, por exemplo, a busca orgânica.

Por meio de uma análise inteligente e completa é possível compreender melhor os dados obtidos, além de conseguir monitorar os índices de contribuição de cada canal em relação às conversões e lasts clicks. De acordo com Fábio, quando você conseguir apresentar essas informações, é mais fácil possibilitar uma visão diferente aos tomadores de de decisão.

Dica extra

E por fim, uma dica extra! Fábio esclarece que, devido aos baixos resultados, é comum a prática de cortar mídias. Porém, o CEO da Agência Mestre aponta a importância de tomar cuidado na hora de excluir a utilização de um canal. Afinal, a não utilização de uma ferramenta que possibilita conversões assistidas poderá gerar impactos nos resultados futuros, pois de certa maneira, é ela que atua na tarefa de levar usuários até uma página.

Gostou deste vídeo? Aproveite e confira também para conferir o episódio 91 – Meus Dados Não Batem – Analytics vs Facebook vc Adwords vs CRM!

O post Você Está Gerando Mais Resultados com Marketing Digital do Que Pensa apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/voce-esta-gerando-mais-resultados-com-marketing-digital-do-que-pensa/feed/ 0
Diagnóstico de Marketing Digital https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/diagnostico-de-marketing-digital/ https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/diagnostico-de-marketing-digital/#respond Fri, 14 Sep 2018 14:54:32 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32227 O diagnóstico de marketing digital é tão importante quanto mapear processos para solucionar problemas. Confira neste artigo, tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O post Diagnóstico de Marketing Digital apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Mais do que aplicar estratégias, é essencial entender e mapear um projeto antes de realmente iniciar os processos de melhorias. Nesse sentido, realizar um diagnóstico de Marketing Digital é uma tarefa importantíssima para o sucesso das ações. Quer saber mais sobre o assunto? Dê o play e confira este vídeo na íntegra!

Quando um novo cliente solicita um trabalho de marketing digital, pensar em possibilidades de melhorias, como ações táticas é uma das primeiras medidas pensadas. Porém, tão importante quanto a implementação é conseguir definir e compreender a maior quantidade de elementos possíveis responsáveis pelo desenvolvimento do problema apresentado pela solicitante do serviço. Ou seja, é importante compreender quais são as dificuldades, queixas e frustrações para uma compreensão completa do panorama geral e conseguir mapear quais processos gerarão os resultados esperados.

Entenda como fazer um diagnóstico de marketing digital

O diagnóstico de marketing digital nem sempre é um processo realizado. De acordo com Fábio, em muitas situações, quando um cliente apresenta um problema e necessita de uma solução rápida, o profissional já inicia a implementação de ações visando proporcionar as melhorias esperadas. No entanto, os processos são aplicados sem que ocorra a total compreensão dos reais problemas e frustrações do cliente.

Ricotta apresenta uma ótima comparação: um diagnóstico de marketing digital atua como um médico. Resumidamente, um médico antes de realmente receitar um remédio que proporcione a cura, irá realizar uma análise e, provavelmente, irá perguntar quais os principais sintomas estão sendo sentidos, certo? De forma análoga podemos comparar o papel do diagnóstico. Ou seja, ele irá mapear todas as circunstâncias antes de propor e iniciar a aplicação das estratégias de marketing.

Confira algumas dicas para realizar a triagem ideal e conseguir mapear as ações das melhor maneira:

Detectar frustrações

Converse com o cliente, entenda a dor, necessidades e frustrações. Quais foram as experiências com marketing digital e quais os resultados? Muitas vezes já podem ter ocorrido investimentos na área, no entanto, ocorreram falhas que não possibilitaram os resultados esperados. Por exemplo, o cliente aponta os altos custos para aquisição de leads, posicionamento ruim, produção insuficiente de conteúdo e, em resumo, o intuito é vender mais. Ou seja, preste atenção aos sintomas e solicite um detalhamento histórico para conseguir compreender as necessidades existentes.

Entenda quais são as expectativas do cliente

Após entender quais foram as falhas e as frustrações, é necessário realizar alguns questionamentos para a melhor compreensão das expectativas do cliente, o que ele busca ao contratar o serviços de uma agência digital e qual deverá ser o objetivo do trabalho.

Realização de atividades palpáveis

Depois de compreender um pouco melhor quais são as frustrações e expectativas do cliente em relação à contratação do serviço de Marketing Digital, é possível a traçar possibilidades de ações mais tangíveis às reais necessidades e objetivos. Como exemplo, Fábio aponta que o contratante possa ter apontado que nunca trabalhou com Google Adwords, fato que, de acordo com sua análise como profissional da área, a ferramenta é essencial para obtenção de bons resultados para o caso do cliente em questão.

Outra estratégia para conseguir mapear ações palpáveis é analisar as frustrações devido atividades que eram necessárias, porém não foram realizadas por motivos específicos. Nesse caso, o cliente tinha consciência da necessidade, por isso, aponta a não realização como uma falha que possa justificar os problemas existentes em seu negócio.

Benefícios do diagnóstico de marketing digital

Além de possibilitar a análise mais profunda diante de todas as necessidades, frustrações, expectativas do cliente e conseguir visualizar as melhores ações palpáveis. É possível apresentar toda a compreensão como um recurso diferencial no momento de realizar o fechamento da venda de um projeto. Com o descritivo de todos os detalhes com sintomas, frustrações, quais são os objetivos reais do projeto a ser desenvolvido. Resumidamente, segundo Fábio Ricotta, é essencial realizar primeiramente o mapeamento de ações que serão implementadas antes de desenvolver o planejamento.

Fábio ainda destaca a importância de realizar uma revisão de todas as estratégias utilizadas durante o meio do projeto. A análise é importante para observar a eficiência e performance das aplicações que foram implementadas. A avaliação deve também deve ocorrer antes a renovação, a sacada envolve observar todas as estratégias aplicadas e desenvolver um mapeamento de resultados e crescimento.

Gostou deste vídeo? Aproveite para conferir também a sugestão de vídeo de Fábio Ricotta: episódio 42 – Como ser eficiente em marketing digital!

O post Diagnóstico de Marketing Digital apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/diagnostico-de-marketing-digital/feed/ 0
Autorresponsabilidade: uma Habilidade Fundamental para o Mundo Digital https://www.agenciamestre.com/empreendedorismo/autorresponsabilidade-uma-habilidade-fundamental-para-o-mundo-digital/ https://www.agenciamestre.com/empreendedorismo/autorresponsabilidade-uma-habilidade-fundamental-para-o-mundo-digital/#respond Thu, 06 Sep 2018 15:30:38 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32147 A autoresponsabilidade é um conceito essencial para os dias de hoje. Leia este artigo e saiba como é importante desenvolver essa habilidade.

O post Autorresponsabilidade: uma Habilidade Fundamental para o Mundo Digital apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
No novo vídeo da Mestre TV, Fábio vai tratar de um tem importante em todos os sentidos da vida de uma pessoa: a autoresponsabilidade. Quer saber mais? Dê o play e acompanhe o vídeo na íntegra!

Se você já viveu alguma situação de desconforto como as que Fábio Ricotta descreve, é provável que se identifique com o tema desse vídeo. A nossa geração tem o costume de atribuir a responsabilidade de uma ação para outras pessoas, dificilmente consegue assumir que uma falha também é dela. Segundo Fábio, o ato de culpar os outros é um mal que estamos vivendo no âmbito profissional e pessoal.

Entenda o significado de autoresponsabilidade

É possível definir autoresposabilidade como a capacidade de atribuir para você mesmo a responsabilidade sobre aquilo que acontece na sua vida, seja positivo ou negativo. Quando a realização envolve sucesso, é obviamente muito mais fácil atribuir o ato para si mesmo, porém quando a ação está relacionada a algo prejudicial, a transferência de culpa e da obrigação é comum.

Quando é comum o ato de transferir a responsabilidade para o outro, é visível que você deixa de controlar os acontecimentos da sua vida. Os dias de hoje o controle é 100% seu. É essencial saber como conseguir desenvolver e gerenciar os eventos diários, além de saber lidar como nossos sentimentos e emoções, principalmente quando ocorre o que não é esperado e o outro não demonstra interesse em estar disponível.

Controle as emoções

Se você já passou pela situação de esperar uma posição ou uma atitude de uma outra pessoa, porém não obteve o retorno esperado, é natural que nossas emoções tomem conta e, muitas vezes, fazendo com tenhamos reações por impulso. Para conseguir desempenhar a habilidade da autoresponsabilidade, é essencial conseguir lidar e equilibrar o nosso lado emocional.

É fato que é não é possível controlar as ações dos outros, porém, você consegue gerir suas próprias emoções, parar e visualizar seus sentimentos como um todo. Por exemplo, se você falhou e não apresentou o que era esperado, é melhor depositar energias para encontrar soluções do que transferir a “culpa” para outra pessoa. Lógico, as vezes dependemos do trabalho em coletividade, infelizmente, nem sempre acontece na prática.

Encontre soluções e tenha iniciativa

Sabe quando você depende de uma resposta e necessita de um retorno importante? Na tentativa de contato são enviados diversos e-mails e todos sem respostas. O que pode acontecer é que você acabe ficando sem retorno por não ter conseguido comunicação com quem precisava. Nesse exemplo, o fato é que existem inúmeros canais de comunicação, busque encontrar aquele mais adequado para cada situação.

Você já ouviu a seguinte frase: não fiz porque ninguém tinha dito que era preciso. Sim, é possível que alguma tarefa tenha de ser delegada previamente, porém, em inúmeras ocasiões é praticável prever a necessidade de tomar uma posição e ter a iniciativa de realizar a ação necessária. Em Agência de Marketing Digital, Fábio dá o exemplo prático: após o desenvolvimento de um site, é importante analisar como ele se comporta em dispositivos móveis, ou seja, qual será a experiência do cliente. Nesse caso, a ideia parte do colaborador, como um check point que auxilia na prevenção de uma possível falha.

Análise de dependência

Em qualquer atividade que necessite do envolvimento de diferentes pessoas, é essencial realizar a análise de dependência e perceber realmente o quanto o seu trabalho poderá ser influenciado pela atuação ou não do outro. É fato, assim como Fábio levanta, a transferência de culpa  acaba comprometendo os níveis de confiança em relação ao seu trabalho e profissionalismo. Ou seja, em resumo, a análise de dependência, quando você recebe uma tarefa e se propõe a realizar algo, é o que vai evitar que você passe a responsabilidade para o próximo.

Fábio Ricotta defende a autoresponsabilidade como uma capacidade de todo o profissional que quer se desenvolver. E para criar essa habilidade é necessário praticar:

  • análise de dependência;
  • ter a capacidade de assumir a falha e responsabilidade;
  • lidar com o lado emocional;
  • saber delegar tarefas;
  • saber receber tarefas.

Lembrando que o reconhecimento de uma falha, não é guardar uma culpa de forma que você se sinta insuficiente e incapaz. Afinal, o processo de melhoria é descobrir onde estão os erros e encontrar soluções.

Gostou deste vídeo e formato? Comente e compartilhe, a autoresponsabilidade é uma tema essencial para o desenvolvimento de pessoas!  Aproveite para conferir o episódio 49 – Coaching: Desenvolvimento Pessoal e Profissional! 

 

 

O post Autorresponsabilidade: uma Habilidade Fundamental para o Mundo Digital apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/empreendedorismo/autorresponsabilidade-uma-habilidade-fundamental-para-o-mundo-digital/feed/ 0
Bastidores do Marketing Digital no Agência10x https://www.agenciamestre.com/agencia-10x/bastidores-do-marketing-digital-no-agencia10x/ https://www.agenciamestre.com/agencia-10x/bastidores-do-marketing-digital-no-agencia10x/#respond Thu, 30 Aug 2018 13:00:59 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=32012 Quer conhecer os bastidores do lançamento da última turma do Agência10x? Abrimos a caixa preta e mostramos para você o passo a passo da estratégia usada.

O post Bastidores do Marketing Digital no Agência10x apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Neste vídeo você vai conhecer um pouco mais sobre o projeto Agência 10x, desenvolvido por Fábio Ricotta e equipe.  Dê o play e confira na íntegra algumas das estratégias utilizadas!

 

Para quem não  conhece o Agência 10x, o projeto teve a primeira turma em 2017, o principal objetivo é auxiliar na gestão de agências digitais, o público-alvo são os próprios donos e gestores de agências digitais. Fábio aponta sua  experiência no ramo, no qual atua desde 2008 e, desde sempre, apresenta tendências e inovações na área.

O curso já foi ministrado para quatro turmas e muitas conclusões foram obtidas. Entre os aprendizados, Fábio destaca as estratégias usadas com a última turma, de agosto de 2018. Nesse momento, foi a primeira vez que a equipe da Agência Mestre participou do processo de lançamento do curso.

Para alcançar resultados efetivos com as estratégias de inbound marketing, mídia e campanhas, alguns fatores foram definidos como essenciais por Ricotta. Veja:

Agência 10x – Plataforma de envio de e-mail

Para padronizar e adequar às necessidades da equipe, a primeira necessidade foi trocar a plataforma de envio de e-mails. O motivo é simples: o time operacional é mais familiarizado e acostumado a trabalhar com a RD Station. Como foi a primeira vez que uma equipe realizou o processo de gestão do lançamento do projeto, o melhor foi optar pela troca do lead lovers para a ferramenta da RD.

Porém, como Fábio descreve, a migração ocorreu apenas um mês e meio antes do lançamento, fato que poderia ter ocorrido com mais antecedência. O maior desafio foi importar toda a base da lead lovers para a RD.

Reaquecendo leads

Ao realizar a migração, Ricotta detectou que a grande maioria dos leads esfriaram. Ou seja, desde maio de 2018, quando ocorreu o último lançamento da Agência 10x, não foi feito nenhum tipo de nutrição com os contatos. Ou seja, era necessário aplicar uma estratégia para reativar os leads.

Fábio esclarece que muitas vezes, uma base de contatos não garante que a maioria será ativo. Um exemplo disso é que existiam cerca de 6000 leads cadastrados na Lead Lovers, porém cerca de 4.500 não realizavam nenhum tipo de interação.

Ou seja, como os leads estavam desaquecidos e não tinham engajamento com nenhuma tentativa de nutrição, a maioria dos e-mails acabavam sendo categorizados como spam.

Remarketing

Nesse sentido, a estratégia encontrada para solucionar o problema foi a de remarketing pelo Facebook. Foi então que alguns contatos começaram a engajar novamente com as iscas digitais divulgadas. No entanto, o custo do lead reaquecido passou a ser alto, em muitos momentos chegando a 12 reais.

O questionamento que fica é: valeu a pena o custo? Sim, Ricotta explica que uma boa parte das conversões foram feitas por pessoas que estavam na lista de leads reaquecidos. O motivo pode ser explicado pelo fato dos compradores já terem tido um contato inicial com o produto fornecido, logo não tiveram tantas dúvidas no momento de decisão de compra.

Outra estratégia foi aproveitar as conversões por e-book e apresentar o workshop da Agência 10x. Esse método rendeu bons resultados, pois já existia uma inclinação ao produto, principalmente porque já havia ocorrido uma conversão anteriormente.

Pesquisa de qualificação da base de leads

Pela primeira vez no projeto Agência 10x, Fábio realizou uma pesquisa para conseguir compreender o quão qualificada era a base de leads. Ao utilizar a ferramenta da RD Station foi possível obter dados utilizando uma landing page.  Ou seja, todas as informações adquiridas já eram aplicadas ao lead scoring.

Assim, para organizar o processo, foram atribuis letras baseadas no perfil de cada cliente. Por exemplo, se ele é o ideal, poderá ser classificado como A, se está próximo de ser, passa a ser B e assim por diante,C e D. Dessa forma, é fica mais simples compreender quem realmente é um potencial comprador do produto oferecido.

Atribuição de pontos

Outra estratégia possível de ser aplicada pela RD Station e utilizada no processo de lançamento da Agência 10x, é atribuir pontos para cada interação realiza por um lead. Ou seja, pessoas que abriram um e-mail, clicaram ganhavam uma pontuação.

Nesse sentido, Fábio fez uma lista com pessoas que possuiam uma pontuação mínima de 130. Assim, quem tinha mais de 130 pontos passou a ser classificados como um lead engajado, ou seja, em todas as tentativas de nutrição e contato, existia algum tipo de interação, com altas taxa de abertura e clique.

A lógica de entregabilidade de e-mails passou a ser: primeiro realizar um envio em massa para quem apresenta muito engajamento, pois a taxa de abertura é alta. Assim, quando os envios fossem feitos para quem apresenta menos interação, a chance do conteúdo da mensagem ser bem classificado e não cair no spam é mais alta.

Remarketing modo acelerado

E por fim, com o objetivo de acelerar o lançamento e aumentar a quantidade de impressões de anúncios relacionados à Agência 10x. No último dia de inscrição, foi aplicada a estratégia de remarketing acelerado, assim, mais pessoas teriam contato. Ou seja, era a última chance de compra, logo o resultado em relação às conversões foi super positiva.

Gostou de conhecer os bastidores do Agência 10x? Aproveite e confira também o episódio 114 – Inbound Marketing que Gera Vendas!

O post Bastidores do Marketing Digital no Agência10x apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/agencia-10x/bastidores-do-marketing-digital-no-agencia10x/feed/ 0
Seu Ecommerce Vendeu Menos? O que pode ser? https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/seu-ecommerce-vendeu-menos-o-que-pode-ser/ https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/seu-ecommerce-vendeu-menos-o-que-pode-ser/#respond Thu, 23 Aug 2018 13:10:41 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=31882 Não sabe porque seu ecommerce vendeu menos? Confira as dicas e saiba quais análises devem ser feitas para melhorar os seus resultados.

O post Seu Ecommerce Vendeu Menos? O que pode ser? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Não sabe porque o seu ecommerce vendeu menos em determinado período de tempo? Neste vídeo da Mestre TV, o CEO da Agência Mestre vai falar um pouco mais sobre o tema e apresentar alguns dos questionamentos mais recorrentes sobre queda de faturamento em lojas virtuais.

 

Quando os índices de vendas caem ou qualquer alteração ocorre sem um motivo aparente, é natural que algumas hipóteses comecem a surgir para justificar a queda dos números. No entanto, em muitos momentos, a responsabilidade pelo menor faturamento é dado ao próprio consumidor, porém diversos problemas e alterações podem influenciar nas vendas e aceitação dos produtos.

Saiba como identificar o motivo pelo qual o seu ecommerce vendeu menos

Inúmeros fatores externos, como acontecimentos da atualidade, podem causar dificuldades na concretização dos processos de entrega dos produtos. Mais do que isso, é necessário conseguir analisar mais profundamente para compreender os reais  motivos da queda das suas vendas.

Veja alguns dos fatores apontados por Fábio Ricotta e faça a análise:

 

Política de preços e frete

Ao analisar e perceber que seu ecommerce vendeu menos,  foi realizada alguma mudança na política de preços e frete? Esse fatores podem influenciar diretamente no seu faturamento. Os reajustes, por mais que pequenos, podem  levar seus clientes a buscarem outras opções para fecharem uma compra.

O mesmo acontece com o frete, em muitas transações o valor cobrado pela entrega pode ser tão alto que o consumidor desiste de fechar o negócio. Se você mudou o seu parceiro de frete, alterou dos correios para uma empresa privada, tudo isso vai transformar a composição do preço final para o cliente. Esse fator poderá comprometer diretamente no momento de decisão de compra.

A mesma questão acontece com a política de frete grátis, por exemplo, se antes o benefício era oferecido para compras acima de 150 reais, mas agora o valor mínimo passou para 200 reais, existiu uma alteração e uma quebra de expectativa do possível comprador.

 

Queda na venda de produtos específicos

No momento de analisar a queda das vendas, é essencial observar quais foram os produtos que mais comprometeram a diminuição do faturamento. Dessa forma, fica mais simples conseguir tirar algumas conclusões. Fábio Ricotta dá o exemplo que aconteceu na Agência Mestre: um cliente apresentou queda nas vendas de produtos específicos. Observando informações disponíveis no Google Analytics, foi possível perceber que todos eram fabricados por uma mesma marca. Ou seja, os itens de uma marca não estavam mais vendendo como antes.

Com um olhar mais profundo, foi visualizado que os produtos de determinado fabricante não estavam mais disponíveis no ecommerce, ou seja, a justificativa para a queda expressiva nas vendas tem referência nesse fato. Prestar atenção aos detalhes é primordial para conseguir retirar ótimas conclusões. Com o Google Analytics configurado corretamente fica mais fácil acessar ao relatório de ecommerce e obter diversas informações.

 

Análise por canal

Outra diferencial no momento de analisar e compreender os motivos que expliquem porque o seu ecommerce vendeu menos é realizar a observação por meio de diferentes canais. Dessa maneira, a análise consegue ser mais assertiva, além de conseguir definir se a diminuição nas vendas ocorreu em todos os canais ou apenas em um canal especifico. Por exemplo, ao analisar separadamente o Google Adwords, as buscas orgânicas, e-mail marketing é possível observar alterações nos índices de faturamento.

 

Avaliação por página de destino

Ao utilizar o Google Analytics é possível observar todas as páginas de destino que mais traziam receita, porém atualmente enfrentam queda nas vendas. Analise cada uma das páginas e observe o quanto é gerado de receita para o seu negócio.

E Fábio Ricotta ainda apresenta uma dica extra: quando você for realizar as comparações, utilize a data do ano anterior e compare com a data atual. O truque é configurar para que a comparação seja realizada entre o ano que passou, no caso 2017, com o ano atual, 2018.

Dessa forma é possível observar quem perdeu mais em relação a cada ano, rapidamente é possível compreender quais produtos passaram a vender menos de um período ao outro. O CEO da Agência Mestre ainda entrega a dica, o curso de Google Analytics da Mestre Academy pode te ajudar no processo.

Gostou deste vídeo? Aproveite e confira mais no episódio 84 – Como uma loja pode vender mais!

 

O post Seu Ecommerce Vendeu Menos? O que pode ser? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/seu-ecommerce-vendeu-menos-o-que-pode-ser/feed/ 0
Saiba Como o AMP Pode Matar o Seu Projeto https://www.agenciamestre.com/ferramentas/como-amp-pode-matar-o-seu-projeto/ https://www.agenciamestre.com/ferramentas/como-amp-pode-matar-o-seu-projeto/#respond Wed, 15 Aug 2018 20:30:30 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=31711 Conhece o AMP? O protocolo do Google foca na velocidade de carregamento das páginas e na experiência do usuário, porém pode comprometer o seu projeto.

O post Saiba Como o AMP Pode Matar o Seu Projeto apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Neste vídeo da Mestre TV, Fábio Ricotta, CEO da Agência Mestre, vai falar um pouco mais sobre o AMP. O protocolo do Google que tem como principal foco melhorar a velocidade de carregamento das páginas e proporcionar uma melhor navegabilidade aos usuários. Interessante, não? Para saber mais, dê o play e assista na íntegra!

Para quem não conhece, o AMP, sigla para Accelerated Mobile Pages, traduzindo o termo pode ser entendido como acelerador de páginas móveis. O protocolo do Google tem como principal função criar um padrão, no caso uma versão mais simplificada, para possibilitar uma velocidade de carregamento maior. Esse fato pode ser facilmente explicado, afinal, o próprio Google gosta de entregar conteúdos com rapidez e os usuários também. Sem dúvidas, um site que carregar mais rápido, terá um maior número de acessos do que uma página pesada.

Entenda o protocolo AMP

Para melhorar as taxas de carregamento, o programa AMP  tem o código aberto, então qualquer usuário pode utilizar. Em termos de ranqueamento orgânico é preferível utilizar páginas AMP. Não apenas nas buscas orgânicas, mas, recentemente, o Google passou a privilegiar anúncios que estão de acordo com o protocolo.

De acordo com Fábio Ricotta, a forma de implementação deve ser levada em consideração quando falamos em AMP, principalmente para blog e para portais de conteúdo. Nesse ponto,  é essencial adicionar o código de Google Analytics. Fábio ainda aponta que o esquecimento, pode gerar um problema cadente de queda de tráfego orgânico. Ou seja, é possível perceber que as páginas AMP estão ranqueando, porém faltou anexar o código de Analytics.

Experiência AMP

Por padrão, o plug-in que é instalado cria uma versão simplória da página, com logo, menu e texto corrido. Ou seja, o layout não é bem adaptado, não há caixas de captura de e-mails, não há banners, apenas a linkagem interna. Quando isso acontece, é bem possível que todo o tráfego conquistado, poderá ser desperdiçado. Logo, é essencial prestar atenção no modo como a versão AMP foi implementada em seu site.

Afinal, o não desenvolvimento de um layout preocupado com a experiência do usuário poderá comprometer suas taxas de conversão e geração de leads.

AMP para E-commerce

Um questionamento interessante é pensar se o protocolo AMP para E-commerce vale a pena. Fábio sugere que no primeiro momento, a ideia não é a melhor escolha para uma loja virtual. Antes de mais nada, é importante que ocorra o desenvolvimento de tecnologias que proporcionem uma boa experiência para o usuário, ou seja, no caso do e-commerce, é necessário conseguir reproduzir o seu site na essência para o formato criado pelo protocolo, caso contrário, é preferível não usar a versão AMP.

Ricotta, dá exemplos de páginas que possuem tecnologias de adaptação praticamente integrais para versão AMP. Sites e e-commercers americanos já possuem versões semelhantes ao formato responsivo do site.  Porém, no Brasil, ainda não há um case de sucesso para inspiração.

Em resumo, o CEO da Agência Mestre sugere cuidado com o uso da versão AMP, para que não seja oferecida uma experiência ruim para o usuário e que o faça desistir de interagir com a sua página.

Gostou do vídeo? Aproveitando o tema, Fábio sugere o episódio 149 – E-Commerce no Mundo Mobile – O que Devo Olhar?

O post Saiba Como o AMP Pode Matar o Seu Projeto apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/ferramentas/como-amp-pode-matar-o-seu-projeto/feed/ 0
Como Não Errar na Conta de Anúncios do Seu Projeto https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/como-nao-errar-na-conta-de-anuncios-do-seu-projeto/ https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/como-nao-errar-na-conta-de-anuncios-do-seu-projeto/#respond Wed, 08 Aug 2018 14:00:05 +0000 https://www.agenciamestre.com/?p=31479 Quer saber como não errar na hora de criar seus anúncios? Fábio Ricotta, dá dicas imperdíveis para te ajudar no gerenciamento e melhoria de campanhas!

O post Como Não Errar na Conta de Anúncios do Seu Projeto apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Quer saber como não errar no gerenciamento de anúncios dos seus projetos? No novo vídeo da Agência Mestre, Fábio Ricotta, vai falar sobre o tema e fornecer dicas valiosas. Dê o play e confira!

Dicas de como não errar com gerenciamento de anúncios

Quem trabalha com o monitoramento de projetos de anúncios, em algum momento vai ter contato com algum tipo de dificuldade para conseguir realizar a organização e acompanhamento das campanhas. Segundo Fábio, a maioria dos erros ocorrem em decorrência da falta de processos eficientes de planejamento.

Para Ricotta, algumas falhas são as campeãs de discussões e podem causar problemas, impactando no relacionamento com o cliente, como:

Erros de grafia

É comum ocorrerem erros gramaticais e de concordância em textos para campanhas. A dica para minimizar e não deixar mais o problema acontecer é ter o cuidado de consultar uma ferramenta de corretor para conferir se não existem desvios de grafia na redação.

No entanto, a conferência não garante que a concordância do texto estará correta. Para isso, o ideal é entregar a tarefa da escrita para quem é um profissional da área. Assim, as chances de ocorrerem erros mais graves são menores e a qualidade do conteúdo aumenta.

Oferta inválida

Já aconteceu de você ser atraído por uma oferta, mas ela ser inválida e não apresentar exatamente o que foi prometido? Pode acontecer de ser divulgado um cupom de desconto, mas ele não é válido e, nesse caso, os clientes não ficarão satisfeitos com a propaganda enganosa.

Portanto, para evitar a situação, é importante testar a oferta que está sendo oferecida. Assim, o cliente não se sentirá enganado e o anúncio não terá uma repercussão ruim, fato que acontece muito nas redes sociais.

Página de destino com baixa conversão

Um problema sério é construir uma ótima campanha de anúncio, porém o site de destino é ruim, possui baixa velocidade de carregamento e as informações disponíveis não são claras. Fábio explica que já trabalhou com um cliente que, após preparar uma página de destino objetiva, com uma boa arquitetura e velocidade, os índices conversões aumentaram consideravelmente.

Gerenciamento de verba

Mais um fator que vai te ajudar a não errar, é prestar atenção aos problemas com gerenciamento de verba. É comum que os valores destinados ao investimento em anúncios, passem do teto esperado. Fato que pode gerar discussões e insatisfações. Caso aconteça, é importante alinhar o motivo com o cliente e evitar atritos.

Interferência de clientes no gerenciamento de anúncios

Esse fator é crítico e pode causar problemas na performance das campanhas. Fábio conta um exemplo de um cliente que, por diversos motivos, pausou um anúncio e não comunicou a equipe responsável pelo acompanhamento. É possível que o contratante tenha uma visão diferente e possa agir por impulso, porém é essencial alinhar que esse tipo de interferência só seja realizada caso ocorra um alinhamento prévio. Afinal, a ação impacta diretamente nos resultados dos anúncios.

Problemas com o pagamento das campanhas

E quando a performance do anúncio é prejudicada por problemas relacionados ao pagamento? Complicado, não? Por exemplo, acabou o saldo, o boleto referente não foi pago, o cartão de crédito travou. Nesse caso, ter de reorganizar todos os anúncios pausados causa um transtorno e gera um retrabalho para equipe responsável.

No entanto, Fabio dá a dica para evitar a situação. Questione se o cartão destinado para a realização das campanhas possui o limite maior ou equivalente ao orçamento disponível. Procure saber quando a fatura do cartão vence e solicite uma opção de pagamento de reserva.

No caso do boleto, o problema é um pouco mais difícil de ser resolvido. Para minimizar o contratempo, a dica é reforçar para o cliente a data de pagamento e apontar as dificuldades geradas em decorrência do atraso e pausa das campanhas.

Gostou do vídeo? Aproveite para conferir o episódio 105 – Como acompanhar o ROI de campanhas online!

O post Como Não Errar na Conta de Anúncios do Seu Projeto apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
https://www.agenciamestre.com/marketing-digital/como-nao-errar-na-conta-de-anuncios-do-seu-projeto/feed/ 0