Sitemaps e o SEO

Exemplo da Lógica do Sitemap de um Blog

Grande parte dos desenvolvedores de sites e blogs de hoje em dia não tem conhecimento da importância do fato de se criar um sitemap. Os sitemaps são importantes pois são como se fossem mapas que ajudam o crawler a compreender melhor o seu site e a ligação que existe entre as páginas.

Outra questão levantada é o fato de que se para sites que já passaram por um processo de SEO e que já está com uma boa legibilidade e amigabilidade para as search engines ainda vale a pena se criar e submeter um sitemap.

A resposta é sim. Sempre vale a pena criar e submeter um sitemap não importando o nível de otimização que se encontre seu site ou blog. O Google disponibiliza através das suas Webmaster Tools uma ferramenta para geração do sitemap gratuita que permite que você crie e teste o seu sitemap facilmente. Caso você seja um blogueiro hoje em dia existem bons plugins do WordPress para gerar o seu sitemap tais como o XML-Sitemap.

Vantagens de se submeter um sitemap para o Google

Abaixo alguns fatores relativos ao SEO nos quais o sitemap pode ajudar:

  • URLs canonicas: um sitemap pode ajudar a canonizar as suas URLs. Por exemplo se você ao submeter o seu sitemap pode informar que a sua pagina principal é / e não /index.html. Claro, um redirect 301 da página /index.html para / tem o mesmo efeito.
  • Especificando a frequência com que as suas páginas são atualizadas também ajuda o crawler a entender melhor o seu site e a voltar para indexar com uma frequência maior.
  • Especificar a importância das páginas também é interessante do ponto de vista dos crawlers, pois assim eles podem decidir em de qual página do seu site vão obter mais informações caso esta escolha tenha que ser feita por algum motivo.
  • Eles podem ajudar a descobrir URLs que não são acessíveis através de links e que portanto estão gerando erro 404.
  • E também ajudam a detectar deep links, que são links que se encontram no em um nível muito alto da árvore do site e que poderiam não ser encontrados pelo bot em um processo de indexação sem a ajuda do sitemap.

Por enquanto é isso, qualquer dúvida sobre algum termo consulte o nosso Glossario de SEO, ou deixe o seu comentário. Até a próxima semana.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

2 Comentários para “Sitemaps e o SEO”

  1. Flavio Medeiros

    Otimo Artigo sobre o sitemap , ele é muito util mesmo , quanto maior a relevancia nas buscas melhor .

    Responder
  2. Luís de Melo

    Gostaria que me ajudassem no seguinte: Quando submeto ao Google, como devo fazer para comprovar que o blog luztek me pertence sendo este do wordpress. com? No CSS não posso introduzir a meta tag e quando vou fazer o upload do ficheiro html essa opção de extensão não consta do tipo de ficheiros aceite pelo wordpress. Criei um ficheiro no bloco de notas e guardei com o tipo html,É um ficheiro em branco. Está correcto? Agradeço a vossa ajuda.
    Abraço

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>