Qual sua Ferramenta de Busca Favorita? Market Share de Fevereiro

Todos envolvidos com SEO devem sempre estar atentos ao comportamento dos usuários de Internet, pois tanto para o SEO quanto para Usabilidade, a maneira como as pessoas se comportam é a principal leitura de fatos a se fazer, além de entender as próprias search engines.

Sempre que surge o resultado de um estudo de market share, pensa-se apenas em qual empresa cresceu, qual entrou em recesso e tendências para essas empresas. Mas, no fim, a flutuação de desempenho das empresas reflete o próprio comportamento das pessoas, especialmente entre as ferramentas de busca.

Recentemente, a compete.com lançou o resultado do market share de search engines para o mês de fevereiro e, além dos dados em si, é importante relacionar o resultado com o comportamento geral das pessoas.

Market Share de Fevereiro para Ferramentas de Busca

feb-market-share
Fonte: compete.com

Transformando esses percentuais em informação, o resultado geral é que o Google teve um aumento de 2.2% na sua fatia do mercado de buscas, chegando a 72.4% de domínio de mercado. Yahoo! e MSN/Live ambos tiveram quedas: a do MSN/Live, menos significativa, deixa a Microsoft com a marca de 6.3% do mercado de buscas; e o Yahoo! ainda sustenta 17.8% após queda de 1.5% em relação à janeiro.

Ao avaliarmos ao segundo bloco de dados (“Query Volume” – Volume de consultas) fica evidente a força do Google. Todas search engines sofreram queda no volume de busca, mas, ainda assim, o Google conseguiu aumentar a sua fatia de participação no mercado de buscas.

E Qual a sua Ferramenta de Busca Favorita?

O que esse resultado de market share mostra, também, é que o Google é, de longe, a ferramenta de busca preferida dos internautas, o que explica porque tanto se fala em otimização para o Google (Google SEO), e nem tanto para Yahoo! ou MSN/Live, que não deixam de ser importantes, já que, juntas, as ferramentas representam 24.1% do mercado de buscas.

Ainda, o crescimento da fatia do Google nesse mercado indica a tendência de comportamento das pessoas, ou seja, mais pessoas estão indo ao Google fazer suas consultas. Por isso, é importante fazer um trabalho de SEO bem estruturado no Google, que tem a possibilidade de levar um maior número de visitas ao seu site. As outras ferramentas de busca entram como fonte complementar e não devem ser esquecidas.

Qual sua ferramenta de busca favorita? Deixe a resposta nos comentários! Até a próxima.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

9 Comentários para “Qual sua Ferramenta de Busca Favorita? Market Share de Fevereiro”

  1. Gustavo

    Olá Frank, gostei do artigo, acho q muita gente ainda nao tem noção da paticipação real de cada buscador no mercado. Ainda que estes dados reflitam a tendência do mercado norte americano. Pois sabemos que no Brasil a participação do Google já supera os 92% segundo pesquisa da WBI Brasil realizada em 2007 se nao me engano.

    Não entendi uma frase sua: “(”Query Volume” – Volume de consultas) fica evidente a força do Google. Todas search engines sofreram queda no volume de busca, mas, ainda assim, o Google conseguiu aumentar a sua fatia de participação no mercado de buscas.”

    O fato do volume de buscas ter diminuido nao tem ligação direta ou indireta com o aumento na particapação do mercado por parte do Google, já que até este teve uma leve queda no VOLUME de buscas. A partipação de 72% é em relação ao montante de buscas efetuadas no mês, nao tendo ligação com aumento no volume total de buscas do mês, já que isto costuma refletir uma tendência do mês, e acaba refletindo por igual em todos os buscadores.

    Mas boa matéria. Até logo

    Responder
  2. Daniel Lobão

    Frank, bem interessante os dados, mas faz uma grande falta não tê-los específicos por nação. Seria ótimo ter uma referência sobre as buscas tupiniquins, afinal para muitos de nós é só essa parte que importa. Alguns, não todos.

    A minha ferramenta de busca favorita é, indubitavelmente, o Google. Outro dia instalei um manager para baixar alguns arquivos específicos e acabei (despercebidamente) tornando o Yahoo! o meu buscador-padrão, ou seja, da minha barra de endereços. Sofri dois dias inteiros tentando voltar ao que era e tendo que colocar minhas buscas na barra lateral do Google (uso FF), até ajeitar no meu “about:config” na parte sobre keyword.

    Espero nunca mais passar por um sufoco assim, até porque agora sei como reverter a situação. Google always!

    Responder
  3. Frank Marcel

    @Gustavo: na verdade existe relação. O Google sofreu uma baixa de 83 milhões de consultas contra 72 milhões do MSN/Live, e ainda assim a participação do Google aumentou. O universo de consultas diminuiu, mas as buscas no Google aumentaram percentualmente.

    @Daniel: como o Gustavo mencionou, o Google supera 92% no Brasil. Eu já me deparei com informações dando conta de mais de 97% de domínio do Google.

    Valeu pelos comments!

    Responder
  4. Leandro Riolino

    @Gustavo: acho que o Frank jah explicou bem o que ele quis dizer a respeito da relação entre a queda do volume de buscas e o aumento percentual do Market Share do google, mas só lembrando que essa queda não foi apenas porque o pessoal “usou menos” os buscadores no mes de Fevereiro temos que lembrar que em Janeiro/09, temos 3 dias a mais que em Fevereiro/09. Isso sem contar o fato de que tivemos grandes eventos nos EUA como o SuperBowl e o Oscar neste período.

    Responder
  5. Gustavo

    @Leando, realmente… nao tinha pensado na hora o motivo pela queda no volume, mas faz todo sentido, esses 3 dias fazem toda diferença no volume do mês.

    Infelizmente não temos um orgão forte no Brasil de métricas na Web. Algumas pesquisas sao feitas pelo Ibope ou empresas encomendam suas próprias pesquisas. Temos a IAB e o Projeto Intermeios. Mas ainda falta por aqui uma entidade forte como temos várias nos EUA. Acredito que é um mercado que ainda está em “aberto” no Brasil.

    Responder
  6. Viviane Righi

    Olá!
    Foi interessante ler sobre esta pesquisa. Eu, particularmente, sempre utilizo o Google, mas de uma forma muito natural. Nunca comparei performances de outras ferramentas de busca.

    Talvez pq até hoje ainda não tive nenhuma insatisfação…

    Responder
  7. Marcio Bueno

    Mostra bem como o Google domina este mercado. Agora um detalhe que não foi mencionado no post é sobre “sponsored referrals”, onde o percentual do Google e do Yahoo estão bem próximos. Isto indica que o Yahoo é importante quando se trata de ADs pagos?

    Responder
  8. Gustavo

    @Marcio acho q no quadro, essa porcentagem se refere é proporcional ao volume de buscas, no caso Google 6,8% de 8 Bilhoes e o Yahoo 6,7% dos seus 2 bilhoes… não sei se estou falando bobagem, mas acredito que sejam isso, pois sabemos que o Google é bem mais lucrativo.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>