Gray Hat SEO

Olá,

Se você acompanha os artigos do Agência Mestre, já sabe o que é SEO e deve ter lido sobre as técnicas de Black Hat SEO e White Hat SEO. Hoje vamos ver um pouco sobre o Gray Hat, ou seja, um meio termo entre as técnicas de SEO ilícitas e as incontestáveis técnicas do white hat. Você também pode encontrar o termo como Grey Hat SEO.

O Gray Hat faz uso de técnicas duvidosas, geralmente com uma queda para o black hat, mas que não são facilmente identificáveis como tal, pelo search engines. Site com gray hat incluem, normalmente, todas as técnicas do white hat, e outras mais agressivas, como “um pouco” de spam de keywords, por exemplo. Nada que seja digno de punição, mas incrementar atributos title e alt text com keywords, em excesso é um caso típico de Gray Hat.

Alguns casos extremos de Gray Hat podem levar a punições, mas não chegam a ser banidos dos search engines, como os Black Hats. Às vezes, os desenvolvedores nem mesmo sabem se passaram de white para gray, na tentativa de otimizar seu site ao máximo. Como identificar esses casos? Faça uma análise autocrítica. Veja se todas as otimizações feitas são realmente relevantes para o bot e para o usuário. Principalmente: faça seu site para os usuários e não para os buscadores.

Não se pode dizer que é errado usar o grey hat, depende de cada pessoa, é mais uma questão moral e ética do desenvolvedor. Na verdade, na minha opinião, o gray hat surge efeito realmente em sites novos – ou para resultados de curto prazo. Apenas com as técnicas de white hat, bem feitas, a longo prazo levam ao rankeamento desejado, sem riscos de punição e críticas de concorrentes. Cabe a você decidir se vale a pena o risco, ou não.

Gostou do artigo? Deixe um recado. Ficou na dúvida em algum termo usado? Dê uma olhada no Glossário SEO.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

12 Comentários para “Gray Hat SEO”

  1. Fábio Ricotta

    Excelente artigo Clara!

    Muito bem abordada a idéia do Gray Hat. Acho que o que você colocou sobre “spamar” um pouquinho mais é exatamente a tendência dos novos sites.

    Abraços!

    Responder
  2. Rafael Coutinho

    Ótimo Post!

    Só gostaria de acrescentar que os algoritmos dos search engines estão sempre mudando, então, quem usa estas técnicas está sujeito a ser banido em uma dessas mudanças!

    Responder
  3. Thiago

    nossa entendi bem ou ate mesmo com esse tipo de tecnica posso me dar mal ?…
    eu tenho um blog e ele wordpress e tenho varios plugins pra otimizar pesquisas, vou moderar nos plugins uma vez meu site saiu das buscas por exagerar, dessa vez eu baixei e muito as keys.

    Responder
  4. Rodrigo Guedes Barboza

    É como o telemarketing: na tentativa de aumentar as vendas as empresas nos atormentam telefonando para nossa casa e insistindo em vender uma coisa que não queremos. Eles são o Gray Hat do mundo real (em contraposição aos do mundo virtual).

    Responder
  5. Miguel

    Ótimo artigo, os links nele são excelentes e nos levam rapidamente a um novo nível de conhecimentos sobre SEO.
    Como é difícil se manter na linha nesse negócio.
    Parabéns.

    Responder
  6. Fill

    Olá,

    Gostaria de saber se o uso do parametro title com keywords na tag a influencia nos resultados.

    Abraço

    Responder
    • Frank Marcel

      Se entendi bem a sua pergunta, a resposta é sim: é muito válido criar títulos (title tag) para suas páginas que sejam interessantes e com keywords.

      Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>