Google Coloca um Fim do Rel=Author

Google Coloca um Fim do Rel=Author

Olá leitores da Mestre,

Em Junho de 2011, indicou aos webmasters uma nova intenção perante aos autores de conteúdo. A estratégia era identificar os autores e lhes dar um certo crédito ao ter o seu resultado exibido junto ao Google. Isto funcionou, até a declaração de hoje.

O fim do Rel=Author

O Rel=Author era uma forma visual e de marcação de dados, onde um autor indicava que escrevia em um determinado lugar e a parte escrita indicava quem era o autor daquela peça.

O Rel=Author

Poucas semanas atrás, o Google já havia anunciado que a exibição da imagem, de crédito do autor, não apareceria mais nos resultados. Hoje, a declaração do John Mueller, informava que a marcação Rel=Author tinha sido descontinuada pelo Google.

we’ve made the difficult decision to stop showing authorship in search results.

Distração dos usuários?

Uma das primeiras coisas que notei da publicação do John Mueller foi:

we’ve also observed that this information isn’t as useful to our users as we’d hoped, and can even distract from those results.

Bom, os resultados com a marcação de autor chegaram a distrair usuários? Ou haveria uma distração de anúncios? As duas linhas de raciocínio podem ser verdade, mas sem dados nas mãos, nós não conseguiremos provar.

Ainda segundo o John Mueller:

If you’re curious — in our tests, removing authorship generally does not seem to reduce traffic to sites. Nor does it increase clicks on ads.

Interessante, mas difícil de acreditar quando você não mostra os dados. Podemos assumir que é verdade, mas para quem adora conspirar contra o Google, a linha é que as imagens de autor, distraíam os usuários dos anúncios.

Baixa adoção do padrão?

Ainda no discurso, tratou-se da implementação:

We realize authorship wasn’t always easy to implement

Realmente, nunca foi fácil implementar o Rel=Author em projetos. Aqui mesmo na Mestre, com clientes que investem em SEO, tivemos muitas dificuldades na adoção.

Implementação do Rel=Author

Segundo um estudo da Stone Temple Consulting, a adoção do padrão realmente teve problemas. Eles pegaram uma amostra de 500 autores de 150 diferentes sites de notícias. Veja os dados obtidos:

Implementação do perfil G+ Qnt % do Total
Sem perfil 241 48%
Perfil, mas sem link para o site de contribuição 108 22%
Perfil, com um ou mais links para site que contribui 151 30%

Segundo o estudo, 70% dos autores sequer tentaram conectar o seu perfil do Google+ com a sua página e publicações. Realmente, apesar do esforço do Google e profissionais de SEO, o impacto não foi grande na adoção.

O que realmente fica de lição?

Pegando o gancho no que o John fala em seu discurso:

we greatly appreciate the effort you put into continually improving your sites for your users

O que digo a você é que continue pensando em mostrar quem escreve o conteúdo, quem é o autor, fidelizando as suas ideias e pensamentos junto ao leitor. É uma espécie de “estratégia branding” mas a marca aqui é o autor.

Ainda vou levar como uma ideia de “SEO” para clientes e alunos a formação de que identificar o autor pode fazer sim, com que seu site tenha mais visibilidade, pelo simples fato de você “humanizar” o que está em sua página.

Apesar do Rel=Author não ser mais um item ao Google, o conteúdo e a satisfação dos usuários ainda é importante. Sendo assim, não ignore o recado, tenha uma pessoa de qualidade, escrevendo/produzindo conteúdo real e importante para a sua audiência.

E você, o que achou da mudança? Deixe as suas impressões nos comentários!

Crédito da imagem: woodleywonderworks via Compfight cc

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

4 Comentários para “Google Coloca um Fim do Rel=Author”

  1. Lúcia

    Gostei da mudança. Não achava útil as fotos dos autores, nunca interferiu na minha decisão de clique, só é interessante para usar como um fator de ranking.

    Responder
  2. John Martin

    Eu ahcei isso mto triste, teve gente que ralou ( inclusive eu rs) para fazer isso funcionar…. mas foi bom enquanto durou :)

    Responder
  3. Gaspar

    Prato cheio para a turma do Control C Control V…
    Voce cria e outros copiam e disputam a posição de indexação com você usando seu próprio trabalho.
    Ah Google…

    Responder
  4. Jivago Silva

    Acredito que realmente é uma questão de distração dos anúncios que são prioridade do Google, já que na minha opinião os sites que continham a marcação tinham maior atenção, além de transmitir maior confiança.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>