Delicious integrado nas buscas do Yahoo

De acordo com o blog Tech Crunch, o buscador Yahoo! está integrando o Delicious aos seus resultados de busca. O buscador está relacionando o número de pessoas que salvaram determinada página logo ao lado da URL da mesma.

Delicious integrado as buscas do Yahoo

Segundo o blog, um exemplo do sistema funcionando pode ser acessado por este link, mas eu não consegui visualizar a mesma coisa. Fica aqui a sugestão de que, caso algum leitor consiga, por favor, envie o link ou um screenshot para nós.

Para quem não sabe, o Delicious é um serviço de tags, onde um usuário pode salvar uma determinada URL e organizá-la através de palavras-chaves relevantes. No final de 2005, o Yahoo adquiriu o Delicious, e agora está adicionando este novo serviço nas suas páginas de resultado de busca. A pergunta que fica é: será que o Yahoo está considerando o número de pessoas que salvaram a URL como um dos fatores de rankeamento?

Na dúvida, comece a salvar as suas páginas e insista para que o seu usuário salve a sua página no Delicious.

No meu blog de SEO eu estou publicando Análises de SEO e sempre verifico o desempenho dos sites no Delicious. Agora, mais do que nunca isto será um fator muito importante na análise.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

2 Comentários para “Delicious integrado nas buscas do Yahoo”

  1. Walter

    Muito bom saber disso, eu já estava usando o delicious, mas não dei muita importância para ele, vou rever isso, valeu!

    Responder
  2. Luciano

    Acredito que quando uma pessoa salva uma url (seja no favoritos, no delicius, ou outro) isso deve ser muito considerado para o rankeamento em buscadores, pois reflete de alguma forma o “interesse” das pessoas pelo conteúdo daquela url.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>