Cloaking e Geo-Targeting

Olá, gostaria de dizer que hoje estamos atigindo hoje, mais de 100 leitores do nosso feed, e agradecer a todos os nossos leitores pela confiança. Para começar o post de hoje gostaria que todos olhassem esse link http://www.filhote.com/ e pedir desesperadamente para que ninguém faça isso em seus sites. Isso pode ou deve ter sido uma tentativa mal (e muito mal) sucedida de fazer uso de cloaking .
Hoje falarei sobre alguns conceitos de cloaking e Geo-Targeting.

Cloaking

Técnica de mostrar para o usuário um conteúdo diferente daquele mostrado para o search engine. Essa técnica é implementada através de IP delivery.

Geo-Targeting

É similar ao cloaking, porém, essa técnica exibe conteúdos diferentes de acordo com o local do planeta que o usuário está acessando a internet. Dessa maneira, os search engines são tratados da mesma forma que os usuários. Também é implementada utilizando IP delivery.

IP delivery

Se quem está acessando for um usuário ou um robô, ele vai ter um IP de qualquer forma. A técnica cloaking foi pensada basendo-se nesse princípio. Ou seja, os IPs dos robôs são guardados num banco de dados, para que posteriormente, seja exibido um conteúdo diferente a eles. No caso do script para geo-targeting, ele funciona mais ou menos da forma, porém ao invés de guardar um IP específico, ele guarda faixas de IPs (dos diferentes países).

Detecção do uso de Cloaking e Geo-Targeting

Para tentar detectar o uso dessas técnicas, search engines e humanos podem alterar o user-agent do navegador, o que é melhor explicado aqui http://johnbokma.com/mexit/2004/04/24/changinguseragent.html. Os search engines, com o intuito de punir quem faz uso dessa técnica, e os humanos, que provavelmente serão concorretes, tentarão denunciar o uso dessa técnica.

Conclusões

É importante dizer o Geo-targeting é permitido em alguns casos. Por exemplo, o google usa Geo-targeting para direcionar os usuários do google.com para uma página específica, como por exemplo, um brasileiro para o google.com.br. Dessa maneira é permitido fazer o uso de Geo-targeting, o que não é permitido é tratar os usuários humanos e os robôs de maneira distinta.

Por hoje é isso! Veja algumas dicas de como melhorar o posicionamento de sites naturalmente. No próximo post falarei um pouco sobre um dos assuntos mais discutidos quando falamos de SEO, o que é considerado e o que não é considerado cloaking , exemplificando com o famoso caso do jornal New York Times.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

2 Comentários para “Cloaking e Geo-Targeting”

  1. Alessandra

    Sou representante de um produto importado e trabalho com venda virtual, percebo que uma ferramenta do tipo ajudaria muito no meu trabalho, tanto com o direcionamento das pessoas que procuram o produto lá fora,mas são do Brasil como para as pessoas de diferentes regiões…se é que isso é possivel.
    Hoje não dou conta da demanda e estou começando a pegar revendedoras em diversas regiões do Brasil, mas ainda há uma centralização da procura no meu site. Não quero colocar uma lista de revendedoras pois isso tiraria a praticidade da compra virtual.
    Gostaria de saber se há como implementar uma ferramenta que pudesse direcionar as pessoas para áreas diferentes do site para que a compra pudesse ser realizada com uma distribuidora da região.
    Gostaria também de saber se há como implementar tal ferramenta para a publicidade via banner.
    Obrigada

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>