Bounce Rate: um Fator de Rankeamento

Olá leitores da Agência Mestre!

Estes dias eu estava lendo os meus feeds quando encontrei um post muito interessante escrito pelo QuadsZilla, onde ele confirma que o Bounce Rate é um fator de rankeamento do Google.

Eu sou um defensor e tanto desta teoria e sempre prego esta visão de que o Bouce Rate é um indicativo de como os seus usuários se comportam. Vamos dar uma olhada mais a fundo deste tema.

O que é o Bounce Rate?

Em um post anterior sobre Bounce Rate, falamos que:

Bounce Rate é a taxa de visitantes que deixam o seu site sem visitar outras páginas (além daquela que ele entrou) dividida pelo número total de visitantes dessa página antes que ocorra o tempo da sessão.

A teoria do Bounce Rate

De acordo com os dados mostrados pelo QuadsZilla, a quantidade de visitas do Google acompanha perfeitamente o Bounce Rate do site:

Agora as visitas vindas do Google:

Por fim, o Bounce Rate do site:

Tudo indica que o Google descarte páginas com alto bounce rate das primeiras posições e teste outras páginas.

Pensando como um desenvolvedor dos mecanismos de busca, isto é realmente interessante:

  1. fazer variações nos resultados, oscilando aquelas páginas com alta “taxa de rejeição”;
  2. Optar por páginas novas com possibilidade de oferecer um conteúdo mais atraente para os usuários do mecanismo de busca;
  3. Comparar os resultados destas páginas;
  4. A com menor bounce rate e mais cliques passa a ser uma página mais relevante.

Espero que tenham gostado desta discussão. Se você quiser saber como diminuir o seu Bounce Rate sugiro a leitura do post “Diminuindo o Bounce Rate e Prendendo o Usuário no Site“.

Um abraço e até a próxima.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

11 Comentários para “Bounce Rate: um Fator de Rankeamento”

  1. LulaRibeiro

    Fabio, me explica como o Google pode utilizar o Bounce Rate como fator de rankeamento, se o principal objetivo do buscador é achar páginas com a palavra-chave que você procurou. Explico melhor. Se digito SEO, tem a página do Paulo Rodrigo Teixeira. Leio e saio do site, pois minha idéia de entrar pelo Google era achar um site com o conteúdo de SEO que eu queria. E achei. Li e fui embora. Bounce rate alto. Mas o conteúdo dele é ótimo. Saí do site dele pois meu intuito era apenas ler uma boa matéria sobre SEO.

    Responder
  2. Fábio Ricotta

    @Alexandre
    O seu bounce rate é alto se o bounce dos seus concorrentes for mais baixo. Isso você pode ver no próprio analytics, na parte Users > Benchmark. Se for alto demais, o seu site deve ter algum problema.

    @LulaRibeiro
    O ponto é que o Search Engine deve comparar uma média. Digamos que o site do Paulo tenha uma média de 1.000 visitas. Destas 1.000, 500 voltaram para o Search Engine com um tempo X. Já 50 visitas, retornaram para o Search Engine com um tempo 1/X, ou seja, estes usuários não gostaram do que viram. Entendeu a idéia? Aí estes usuários caem como Bounce Rate.

    Agora, comparando o site dele com os outros que aparecem nas buscas, você pode pensar assim: se o site que está na primeira posição tem bounce de 70%, e o segundo tem um bounce de 30%, talvez seja a hora de trocar os dois de lugar.

    Espero ter ajudado no entendimento.

    Um abraço

    Responder
  3. LulaRibeiro

    Então é uma média de visitantes diretos, visitantes por links em outros sites e visitantes pelo proprio mecanismo de busca, certo? Mas ainda acho estranho … :) Pelo menos o google poderia dar uma dividida nisso … mais humanizada!

    Responder
  4. Paulo Rodrigo Teixeira

    Oi Fábio,

    Só uma correção. Saiu escrito no artigo como Bouce rate quando na verdade faltou um U para ser Bounce rate.

    Meus dois cents no artigo. Bounce rate puro não seria um fator. Blogs e sites como a wikipedia tem bounce rate alto por natureza pois o usuário “se satisfaz” com o que encontrou. É o objetivo do Google afinal.

    o problema estaria no “bounce search”, em que o usuário procurou um termo, clicou no resultado e deu um “voltar” clicando em outro resultado. O Google consegue medir isto.

    Isto poderia ser avaliado como “resultado não satisfatório” ou como comportamento informacional, já que ele esta “coletando multiplas visões do assunto”.

    Abração!

    Responder
  5. Frank Marcel

    Só pra botar mais pimenta no assunto, tem o caso de o usuario abrir várias páginas em novas abas (eu, por exemplo), ou seja, o usuário nem sequer leu o conteúdo do primeiro resultado de busca, mas lendo outros snippets, achou outros resultados interessantes e os abriu também.

    Como o intervalo entre um clique e outro é o tempo de leitura de 1 ou mais snippets, ou uma distraçao, como ver um email, conversar com alguém (on ou offline), o bounce rate pode se tornar uma métrica ainda mais distorcida, considerando simplesmente o clique em diversos resultados de uma página de busca.

    Mas é um fator de qualquer forma…

    Responder
  6. Fabio Zaffani

    Interessant a discussão, meu site é novo e oscila feito um doente Bipolar, bounce rate vai de 48% chega bater 80% dai cai mas tem mantido em média 70%.

    Acredito que o principal motivo é que ele tem como objetivo abordar assuntos distintos e como é novo as vezes acaba faltando conteudo, anyway tem como eu obter dados separados do google com relação ao que seria o “Bounce Search” e “Bounce rate” ou google não libera esta distinção?

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>