Twitter: Manual Para Ganhar Um ReTweet

Bom dia leitores da Agência Mestre!

Hoje seguindo a série de posts do Frank Marcel sobre o Twitter, nos quais você aprendeu a Otimizar a Meta Description e a Otimizar o Título e já conhece 5 Plugins para integrar o Twitter ao WordPress além das 15 Ferramentas Úteis e Inúteis Para o Twitter vou tratar de um outro assunto, ligado ao Twitter porém não diretamente a técnicas de SEO.

Todos sabemos da importância das redes sociais para o sucesso do seu site ou blog. Em uma “rede social” é de suma importância ser influente, ou melhor, “bem visto” na comunidade, principalmente quando o assunto é conseguir difundir uma idéia, gerar um viral ou simplesmente fazer um buzz da sua marca ou pessoa. Se você tem dúvidas quanto a isso aconselho a leitura desse post: Marketig Viral – Como Gerar um Buzz na Internet.

No Twitter isso não é diferente, ser “bem visto” pela comunidade irá lhe render cada vez mais followers portanto uma maior visibilidade, seja da sua pessoa, marca, blog ou o que esteja ligado diretamente a você. A importância do Twitter já foi e está sendo comprovada através do crescente número de marcas multinacionais adotando o Twitter como forma de manter um contato direto com seus clientes e monitorar sua marca. Algumas das marcas já presentes e muito ativas no Twitter: Nokia, Submarino, Dell(USA), CNN entre muitas outras.

Com essa crescente importância do Twitter conseguir um boa visibilidade nele é muito importante. Em um estudo feito pelo Dan Zarrella, viral marketing scientist, como ele mesmo se intitula, ele dá dicas de algumas táticas para se conseguir um maior número de Retweets (Retweet é o nome dado quando uma pessoa retransmite uma mensagem que você tenha enviado) :

  • O chamado “Call for Action” como por exemplo “ReTweet por favor”, pode até parecer uma tática ruim mas funciona muito bem para se conseguir Retweets;
  • Conteúdos relevantes ganham muitos ReTweets independentemente se de sua autoria ou não;
  • As pessoas gostam de “Retweetar” posts de blog;

No seu estudo a ocorrência de um “call for action”, claro os educados como o por favor, e o uso do Twitter para difundir informação através de links, obtiveram uma ampla vantagem no número de ReTweetes, vide gráficos abaixo.

ReTweets Com Call for Action ReTweets Com Links

Outro ponto muito importante para se conseguir ReTwittes é sem dúvida o horário. Ninguém, por mais interessante que seja o post do seu blog ou a notícia que você está compartilhando ou a piadinha que você twittou vai ReTweeta-las (é estamos criando um novo português para se adequar ao Twitter) as 3 horas da madrugada o fariam, mas a grande maioria das pessoas normais a essa hora está dormindo ou sem paciência alguma de ler qualquer coisa e muito menos de ReTwitta-las.

No seu estudo Dan Zarrela concluiu que o melhor horário para se Twittar seria das 11 da manhã até as 15. Apesar dele usar por base um horário específico dos EUA no caso (EST: Eastern Standard Time) a diferença entre nossos fusos é de apenas 1hora e sendo assim concordo que se aplique a nossa realidade também.

ReTweets Por Horário

Um ponto muito bem lembrado pelo Rand Fishkin nesse post foi a respeito de Twittadas comerciais, como por exemplo as do Marcelo Tas, para quem não sabia da história leia mais aqui. É preciso lembrar que os usuários mais aficcionados de mídias sociais em sua grande maioria odeiam twittadas, posts em blog, ou qualquer outra forma de notícia patrocinadas com fins comerciais, principalmente por que os links do Twitter serem mandados utilizando-se de encurtadores de URL, os quais, “mascaram” o endereço correto do link.

Lembre-se sempre de recompensar os ReTweets nem que seja só um agradecimento, um obrigado, isso pode parecer algo vago no mundo online, porém é muito apreciado pelas pessoas que ReTwittaram sua mensagem ou link. Com essas pequenas dicas você pode conseguir melhorar sua visibilidade conseguindo mais followers e consequentemente mais Retweets.

Agora que você já tem mais claros os passos sobre o assunto, que tal aplica-los? Faça seus testes e deixe nos comentários os seus resultados.

OBS: Não se esqueça de me seguir no Twitter @brunonassar

Receba Dicas Para Ter Sucesso nas Redes Sociais

Cadastre seu e-mail para receber dicas incríveis para potencializar seus resultados!
Divulgue este artigo

7 Comentários para “Twitter: Manual Para Ganhar Um ReTweet”

  1. Rafael Sanchez

    Ótimo post Bruno!
    Essas séries de matérias sobre o Twitter esta muito boa, eu vou usar esses conceitos para promover meu site.

    Na minha opinião vejo o Twitter como um agente de publividade pra divulgar textos e promover pessoas, como se fosse um feed e uma rede de relacionamentos, é um facilitador.

    Esse negócio de ficar escrevendo tudo o que faço pra mim não tem valor, não sou famoso, é coisa pra quem tem tempo.

    Abraçosss!
    Rafael Sanchez

    Responder
  2. Pablo Almeida

    Muito bom, cara! Uma das coisas legais que a gente vê, claramente, é que o twitter tem se mostrado como uma fonte de informação em tempo real bastante confiável, apesar da febre (sendo mais rigoroso, spam) do Rick Roll que irritou tanta gente.

    De fato, como o CEO dos caras disse, eles fazem o que o Google não faz! :P

    Um abraço!

    Responder
  3. Felipe Ranieri

    O lance “educaçao” que você comentou a respeito do simples agradecimento pela retransmissão de sua mensagem original, é bastante básico. Educaçao não deve ser esquecida só por que estamos em um ambiente virtual.

    Muito bom o texto.

    Abraço!

    Responder
  4. Guilherme Cândido e Cruz

    Muito bom Bruno, gostei muito de como a mestre seo está explorando o twitter. Sobre a questão do ReTweet, não seria de fora para dentro ? Digo ele consegue respeito em comunidades fora do twitter, e ai então transporta para o twitter o respeito, ele pode conseguir esse respeito dentro do twitter?

    Responder
  5. Lucca Mordente

    Muito interessantes as estatísticas e técnicas de retweet. O “call for action” sempre funciona bem.
    ótimo post!

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>