Tweet Old Post – Melhorando o Posicionamento de Posts Antigos

Top - Tweet Old Post - Melhorando Posicionamento

É com muito orgulho que escrevo o meu primeiro post como parte do time da Agência Mestre. E espero, claro, que seja o primeiro de muitos que ainda farei.

Como a maioria já deve saber, o compartilhamento de links no Twitter se tornou um importante fator de rankeamento social, ou Social Ranking, como é mais conhecido. Não é à toa que, hoje em dia, praticamente todos os sites utilizam o Twitter e o Facebook para a divulgação e distribuição do seu conteúdo.

Nesse contexto, é importante pensarmos o Social Ranking como um fator de rankeamento não só para as novas páginas, mas também para as mais antigas.

Para explicar essa importância, vamos utilizar como exemplo um blog, onde existem alguns posts antigos, muito bem escritos e desenvolvidos, mas que infelizmente estão atrás de posts com conteúdo inferior. Entre outros fatores, essa diferença de rankeamento se dá pelo simples motivo de um post ter mais likes e tweets que outro.

Pensando nessas possibilidades e visando melhorar o posicionamento dos posts antigos, apresento um plugin do WordPress que, apesar de simples, cumpre muito bem o seu papel, o Tweet Old Post.

Como o próprio nome já diz, o Tweet Old Post é um plugin com um único objetivo: twittar posts antigos que naturalmente caíram no esquecimento ao longo do tempo.

Enquanto escrevia esse artigo, fiz um teste. Twittei um post que estava na 22º posição, ou seja, 2º colocado na terceira página, e que, posteriormente, foi retwittado por mais duas pessoas. Logo após o teste, o post ganhou, sem nenhuma alteração, 8 posições, saindo da 22º para a 14º. Vale ressaltar que o monitoramento da página é realizado através da Ferramenta Rank Tracker, da própria Agência Mestre.

Monitoramento - Ferramenta Rank Tracker - SEO

O teste foi feito manualmente com o intuito de obter maior controle sobre o tweet e a sua propagação. Porém, como citei acima, o ideal é que esse processo seja realizado de forma automática, diminuindo assim o esforço e o tempo gasto (espero que o Fábio Ricotta não me demita por essa dica que será uma “mão na roda” pra muita gente).

Vale ressaltar que a variação no ranking não é 100% garantida. Alguns fatores como, por exemplo, a relevância de quem twittou ou retwittou o post, também interfere diretamente no posicionamento.

Como utilizar o plugin Tweet Old Post

Primeiramente, você pode fazer o download do Plugin Tweet Old Post direto no próprio WordPress. Depois, é só instalar e ativar que ele estará pronto para ser usado. Ou melhor, quase pronto.

Após instalar e ativar o Tweet Old Post, ele irá aparecer na sidebar esquerda, dentro do painel de controle, como mostra a imagem abaixo. Para começar, vamos à primeira opção que tem o mesmo nome do plugin: “Tweet Old Post” (criativo, não?).

Tweet Old Post

Liberando o acesso ao Twitter

Ao clicar nessa opção, você será direcionado para página de configurações do plugin, onde logo de início será necessário liberar o acesso ao seu twitter, como normalmente fazemos em diversas APIs.

Sign in Twitter - Tweet Old Post

Configurando o Tweet

Nessa página você terá que configurar e ajustar algumas coisas. Primeiro, aconselho a remover todo e qualquer conteúdo que estiver dentro do “Tweet Prefix”. Por default, o plugin já irá inserir o título e a URL.

Tweet - Configuração - Twitter Old Post

A opção “Add post data to” é outra que eu recomendo manter desligada, pois ela serve para inserir uma pequena e desnecessária descrição do post, normalmente as primeiras palavras do primeiro parágrafo, o que acaba deixando o tweet poluído.

O próximo item é o “Fetch URL from custom field”, voltado para quem utiliza URL encurtada e personalizada no site. A maioria das pessoas não utilizam essa opção, deixando-a desmarcada. Caso você utilize, basta marcar essa opção para ativar a URL customizada.

URL Encurtadas

Por outro lado, você pode usar o seu próprio usuário do bit.ly ou do tinyurl para encurtar as URLs, facilitando o monitoramento dos cliques. Para tal, será necessário marcar a opção “Use URL shortner?”e inserir o usuário e, provavelmente, a chave (key) de confirmação.

URL Encurtada - Tweet Old Post

Sobre o Tweet

Uma outra opção bastante útil é a “Default #hashtags for your tweets”. Como o próprio nome já diz, com ela ativada, é possível inserir uma #hashtag que sempre aparecerá ao final dos tweets (eu usei #OldPost, para facilitar a identificação futura e também para o usuário do twitter não se sentir enganado).

Tweets - Twitter Old Post

E, claro, você não vai querer que apareça a todo momento na sua timeline um #OldPost, a não ser que a sua real intensão seja perder alguns followers. Para evitar isso, temos a opção “Minimum interval between tweets”, onde você pode definir qual o intervalo mínimo entre um tweet e outro. Inicialmente eu havia colocado 24h, mas depois alterei para 48 horas, por achar mais conveniente e menos abusivo.

Escolhendo as categorias

A última opção, “Categories to Omit from tweets”, serve para selecionar quais categorias você quer OMITIR, ou seja, por default, TODAS as categorias serão exibidas. Vale a pena marcar algumas e deixar apenas as categorias mais relevantes.

Categorias - Tweet Old Post

Caso você queira twittar alguma categoria que possui, infelizmente, alguns posts irrelevantes, é só mantê-la DESmarcada (como explicado acima), ou seja, ativada para publicação. Após isso, será necessário mudar na sidebar para a opção “Exclude Posts”, onde você poderá excluir os posts que você julga desnecessário Twittar.

Tweet Old Post - Exclude Posts

Conclusão – Tweet Old Post – Melhorando o Posicionamento

O Tweet Old Post realmente é uma mão na roda para quem tem interesse em ranquear melhor os posts antigos, utilizando, assim, os fatores de rankeamento sociais em pró do seu site.

Rápido de instalar e configurar, em questão de 5 minutos você já tem o plugin funcionando a todo vapor.

Receba Dicas Para Ter Sucesso nas Redes Sociais

Cadastre seu e-mail para receber dicas incríveis para potencializar seus resultados!
Divulgue este artigo

30 Comentários para “Tweet Old Post – Melhorando o Posicionamento de Posts Antigos”

  1. Paulo Valadares

    Domi, parabéns pelo post, muito bom mesmo. You go Boy!

    Questionamento:
    Foi citado “Vale ressaltar que a variação no ranking não é 100% garantida. Alguns fatores como, por exemplo, a relevância de quem twittou ou retwittou o post, também interfere diretamente no posicionamento.”

    Você não acha que o reposicionamento da página se deu por conta de que ao twittar e retwiitar pessoas clicaram no link, acessaram o site e permaneceram lendo o post e com isso aumentou visitação, tempo de permanencia, etc… fazendo com que a página subisse por relevância de acesso e não por link building ?

    Abs,

    Paulo Valadares

    Responder
    • Domicio Neto

      Olá, Paulo, bom te ver por aqui comentando no meu primeiro post na Agência Mestre. Realmente fico honrado pelo seu reconhecimento.

      Mas, respondendo a sua pergunta, nesse caso a melhora no posicionamento não se deu por causa do tráfego gerado, que realmente foi muito baixo, algo entorno de 20 pessoas.

      Essa página sempre recebeu tráfego e há muito tempo não mudava de posição (tenho isso registrado na ferramenta da Agência Mestre que citei no post, a Rank Tracker). Eu fiz o tweet de noite, e no outro dia, quando a ferramenta atualizou o monitoramento, eu recebi um e-mail comunicando a alteração.

      Realmente não tem como ser uma mudança de posicionamento devido ao acesso em si, mas sim pelo fator social gerado pelo link building no Twitter .

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
    • Domicio Neto

      Olá, Richard.

      Amanhã completará 10 dias do tweet e até agora não voltei para a posição que estava, porém, assumo que perdi apenas uma posição e nada mais.

      Eu ia fazer exatamente esse teste quando saiu o artigo no SEOmoz, mas preferi esperar um pouco. Como você levantou de novo essa questão do anchor text no Twitter, posso fazer o teste.

      Já te adianto que, até onde eu vi, o anchor text não alterou em nada o posicionamento. Inclusive, uma vez encontrei no Open Site Explorer do SEOmoz, um link encurtado aparecendo como “(301) [No Anchor Text]”.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
  2. leo

    Muito bom mesmo este artigo!
    Bem explicado, completo e elaborado.
    Faça mais postagens na Agência Mestre.

    Responder
  3. Mauricio Biasotto

    Fala Domicio!

    Uma pergunta: as duas pessoas que retwittaram também tem bastante influencia no Twitter (bastante followers e interação)?

    Porque se tiverem ficam mais fácil mudar o rankeamento, certo??

    Parabéns pelo post e valeu pela dica!

    Abraço.

    Responder
    • Domicio Neto

      Oi, Mauricio.

      A pessoa mais “influente” que tinha no teste do Twitter era o meu próprio perfil.

      A idéia inicial de Social Ranking no Twitter é que, só um perfil muito influente geraria algum tipo de alteração no ranking, mas definitivamente não foi isso que aconteceu com o teste.

      Caso coloque em prática a dica, depois volte para contar o resultado.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
    • Domicio Neto

      Olá, Cinthya,
      infelizmente essa ferramenta não encontra-se disponível para o Blogger, apenas para o WordPress realmente.

      Caso possa lhe ajudar em alguma outra coisa, me coloco à disposição.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
  4. Victor Gamarra

    Ótimo artigo Domicio, bem detalhado, mandou bem!
    Só para complementar, em um pequeno teste que fiz, minha página subiu na long tail do meu tweet, como se meu tweet fosse o texto âncora do link.
    Acho que seria uma boa a MestreSEo fazer um teste desse. Pessoas dispostas a dar RT é o que não falta na nossa comunidade!
    Abraço!

    Responder
    • Domicio Neto

      Olá, Victor.

      Em relação ao seu teste, pelo o que eu também já vi, é que tanto faz você ter um anchor text no link ou você ter um código qualquer. Porém, faço questão de lembrar que não fiz nenhum longo teste para afirmar qualquer coisa como uma possível verdade. Apenas estamos discutindo hipóteses.

      Muito obrigado pelos elogios em relação ao post e também pelo incentivo e disposição em ajudar no teste.

      Abraços!

      Responder
  5. Iúri

    Olá Domicio,

    Realmente uma ferramenta muito interessante. Há uma forma de monitorar o ranking de um post, como feito pela ferramenta do Agência Mestre, no Google Analytics?

    Um abraço.

    Responder
    • Domicio Neto

      Olá, Iúri,

      Tem sim como fazer o monitoramento via Google Analytics mas é MUITO #fail. Tanto eu quanto o @FrankMarcel já testamos esse tipo de monitoramento em diferentes sites e não obtivemos dados precisos.

      Se quiser, tem um post do @Yoast que ensina como fazer isso, mas como te disse, acho que você irá perder tempo. Se nunca fez, vale a pena o teste. Mas não aconselho usar para clientes ou como uma métrica confiável.

      Também tem um post para assinantes da Agência Mestre que o próprio Frank Marcel ensina como fazer esse monitoramento via Google Analytics: http://www.agenciamestre.com/artigos-premium/como-investir-em-long-tail-keywords

      Por fim, existem duas ferramentas gratuitas que podem lhe ajudar, apesar de não serem tão completas e precisas como a Rank Tracker. Caso você utilize Windows, tem a “Free Monitor for Google” e caso utilize o Firefox, tem a extensão “Seobook Toolbar”, que entre as duas ferramentas citadas, é a mais completa.

      Espero que isso lhe ajude e se tiver mais dúvida, sinta-se a vontade para perguntar.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
  6. Henrique Arake

    Uso o tweet old post desde que lancei o blog e tive bastante dificuldade para regular a frequência de posts retwittados que não incomodassem meus followers. notei que perdia alguns logo após a republicação de um post antigo. É preciso tomar cuidado com isso.

    Outra questão interessante é que notei que posts MUITO antigos e, portanto, desatualizados, eram retuitados e assumidos como novos. corrigi isso, restringindo apenas os posts de um ano de idade.

    Ficam as dicas!

    Responder
    • Domicio Neto

      Muito bem pontuado, Arake. Realmente tem que se tomar muito cuidado com o que será retwittado para não perder os followers e como eu também disse no post, para não incomodar quem te segue.

      Você retwittar um post antigo, sem nenhum tipo de controle, provavelmente irá gerar um efeito inverso do esperado. Não em relação ao ranking, mas em relação a interação no próprio Twitter.

      Sim, temos que ficar muito atento para essas questões que você levantou.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
  7. Botoja

    Era justamente o que eu estava precisando, cheguei a procurar essa ferramenta na web e não havia achado até então, parabéns! Porém ainda não serve pra mim, pois meu blog é no Blogger e não no WordPress. Fico no aguardo de uma ferramenta dessas que sirva no Blogger.

    Abraço!

    Responder
  8. Michael Alberto

    Mesmo o twitter atribuindo “nofollow” tem surtido efeito? Como está o posicionamento atualmente?

    Responder
    • Domicio Neto

      Michael,

      Eu estava discutindo exatamente com o Frank sobre o efeito “nofollow” para os buscadores. Para ser sincero, temos nossas dúvidas em relação a se o “nofollow” realmente tem diferença pro “do follow” ou se tanto faz.

      Atualmente a página encontra-se posicionada em 12º lugar. Perdeu apenas uma posição a dois dias atrás.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
  9. atlasmaq

    Instalei esse plugin porém ele muitas vezes não funciona.
    Coloquei para twittar a cada 1 hora para fazer alguns testes de funcionamento, algumas vezes ele twittava e outras vezes não twuittava.
    Troquei várias vezes as configurações para ver se era esse o problema e mesmo assim em todos os casos as vezes ele não twittava, deixando de twittar cerca de 50% das vezes.
    Gostaria de saber se isso também ocorreu com alguém também…

    Abraços!

    Responder
    • Domicio Neto

      Olá,

      Até agora eu não notei nenhuma instabilidade com a ferramenta e também não vi ninguém relatando nenhum problema.

      Sugiro que verifique se não está ocorrendo algum tipo de instabilidade com o seu servidor de hospedagem ou conexão com o banco de dados.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
  10. WP

    Oi, D. Neto. Mto bom seu post.
    Vou aproveitar e te fazer uma pergunta sobre algo q estou pesquisando na web sem mto sucesso ate agora. Eu quero saber se tem como saber informacoes, como: IP, tempo da visita, origem da visita (proxy, site de busca, etc) das pessoas q acessam a minha conta no Twitter sem fazer o login, ou porque nao possuem uma conta ou porque nao querem mesmo. Sei que ha “apps” e ferramentas q ja existem e que ajudam um pouco os twiteiros a saber o que se passa na conta, mas apenas sobre seus proprios habitos e de seu seguidores. Ate o momento, parece q os nao seguidores acabam ‘escapando’ das estatisticas.
    E isso, tem algum ‘app’ /software q obtem esse tipo de info (IP, referencia/origem da visita, tempo, etc)?

    Valeu!

    Responder
    • Domicio Neto

      Olá, WP.

      Em relação a sua dúvida, até onde eu sei e pesquisei, não tem nenhum aplicativo que consiga monitorar o que você deseja no Twitter.

      Realmente ainda não temos esses dados, mas espero que no futuro apareçam novas ferramentas que possibilitem essa mensuração.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Responder
      • WP

        Oi Domicio. Valeu pela resposta.
        Entao… ate cheguei a mandar uma mensagem p/ o SAC desse site: twitteattacks.com. Eles possuem um software q disponibiliza mtas infos. sobre a conta do ‘tuiteiro’ e outras coisinhas…
        Mas, segundo a pessoa q respondeu minha pergunta, o Twitter nao libera o tipo de informacao(IP, origem da visita, etc) q eu queria sobre aqueles q nao logan antes de ler os updates. Logo, eles tbem nao tem como disponibiliza-las atraves do software q eles criaram.
        O Twitter tem falhas de seguranca, vc acha q seria possivel alguem criar spripts p/ obter essas infos.? So te pergunto isso pois li uma materia sobre um cara q criou um script p/ o Facebook dele. Qdo um dos amigos dele entra na conta dele, ele fica sabendo o historico de visitacao dos amigos.
        So se o cara entrar com private mode ligado e/ou com o historico deletado e que ele nao fica sabendo onde os amigos dele estiveram na internet.
        Mta loucura isso… a do cara e da admin. do Facebook que deixa um bug desse sem resolver (talvez ja tenha sido…)
        Tchau!

        Responder
  11. WP

    Oi.
    Fiz um comentario aqui em julho do ano passado.
    Qto ao meu comentario, gostaria de saber se vc sabe de alguma novidade sobre a minha duvida: obter info sobre IP, tempo da visita, origem da visita etc. (tipo um G. Analytics).
    Mas vim aqui mais porque eu topei com alguns comentarios e links sobre softwares q podem ser usados para saber quem visitou minha TL no Twitter… o problema e que qdo eu visito esses sites, se eu quiser saber mais sobre o tal software eu tnho q fazer login com o meu Twitter (conta + senha).
    Supostamente, apos fazer o cadastro eu terei como saber quem visitou minha timeline, acho q a ideia e saber quais usuarios do Twitter leram meu updates. Vc sabe algo a respeito desses softwares? Como saber se isso nao e ‘scam’? Eles funcionam apenas pra passar os usuarios do Twitter q entram na minha TL ou passam info sobre pessoas q nao me seguem ou q nao tem conta no Twitter?
    Qdo vc tiver um tem, por favor, de um help pra mim.
    Valeu!

    Responder
  12. Carlos

    Prezados, tenho procurado um plugin semelhante ao Tweet Old Post mas que postasse posts antigos na minha página do Facebook, ao invés do Twitter.

    Antigamente, usava o IFTTT.com para repetir os ‘old posts’ do Twitter no Facebook, mas com a atualização da política do Twitter, não é mais possível.

    Alguma idéia?

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>