Redes Sociais Brasileiras em Agosto 2009

Olá leitores da Agência Mestre!

Este mês de Agosto celebrou o primeiro mês de coleta de dados das principais redes sociais brasileiras através de nossas ferramentas para assinantes. Com elas pudemos obter informações sobre as redes sociais diHiTT, Rec6, Linkk e Uêba, onde capturamos dia-a-dia, hora-a-hora, todas as notícias e artigos que se tornaram populares destas redes sociais.

A partir dos dados obtidos, criamos esta análise, que será publicada mensalmente e todos poderão acompanhar tudo o que aconteceu de principal nas redes sociais do Brasil. Mas se você não deseja esperar esta análise mensal, pode fazer o acompanhamento em tempo real através de nossas ferramentas para assinantes.

Então vamos aos dados:

diHiTT

Notícias mais votadas

É importante ressaltar que apenas acompanhamos os artigos que estão em popular na capa do site e não na sidebar do diHiTT.

  1. 47 Votos – Fato?? Não… problema!
  2. 46 Votos – Violência sexual: não se cale
  3. 43 Votos – Você sabe amar?
  4. 43 Votos – O caos do fim… O ciclo.
  5. 42 Votos – O inquilino

Notícias mais comentadas

É importante ressaltar que apenas acompanhamos os artigos que estão em popular na capa do site e não na sidebar do diHiTT.

  1. 58 Comentários – UMA TURMINHA JOVEM NO DIHITT
  2. 57 Comentários – Por favor, AJUDEM o meu Pai da Web!
  3. 35 Comentários – O inquilino
  4. 29 Comentários – Aniversário de Fidel Castro
  5. 27 Comentários – Fato?? Não… problema!

Principais palavras no título das notícias

  1. você
  2. blog
  3. amor
  4. dia
  5. mundo
  6. concurso
  7. pai
  8. vida
  9. agosto
  10. fotos

Rec6

Notícias mais votadas

  1. 35 Votos – Google Caffeine – Novo Índice do Google | Agência Mestre
  2. 31 Votos – Google Analytics API foi Lançada | Agência Mestre
  3. 30 Votos – Microsoft e Yahoo! Anunciam Acordo na Área de Search
  4. 30 Votos – Google Webmaster Tools e Seu Novo Look | Agência Mestre
  5. 28 Votos – Análise de Conversão – Metas no Google Analytics | Agência Mestre

Principais palavras no título das notícias

  1. jogorama
  2. google
  3. vivoblog
  4. seo
  5. windows
  6. brasil
  7. mestre
  8. novo
  9. blog
  10. iphone

Linkk

Notícias mais votadas

  1. 37 Votos – Assista ao primeiro trailer da quarta temporada de Heroes
  2. 32 Votos – Google Adsense X eCommerce: Quem dá Mais Dinheiro ?
  3. 29 Votos – Globo Rio > TV Globo ao Vivo
  4. 28 Votos – Saiba como Rede Vivo de Educaçãoo tem participação no cinema | Vivoblog
  5. 28 Votos – IPhone 3GS da Vivo será lançado em agosto no Brasil

Principais palavras no título das notícias

  1. google
  2. twitter
  3. brasil
  4. novo
  5. iphone
  6. seo
  7. internet
  8. vídeo
  9. assista
  10. blog

Uêba

Notícias mais clicadas

O Uêba não trabalha com votos, mas sim cliques de notícias, logo, analisamos as notícias que receberam mais cliques.

  1. 4839 Cliques – Quer ganhar diárias grátis em hotéis pelo Brasil afora?
  2. 3458 Cliques – Meu filho adora isso
  3. 3031 Cliques – Como entrar com o pé direito em uma das maiores empresas do Brasil
  4. 2795 Cliques – O namorado foi passar duas semanas na Europa e ela esqueceu.
  5. 2310 Cliques – Imagens Diversas para 20/08/2009

Principais palavras no título das notícias

  1. você
  2. mundo
  3. fotos
  4. imagens
  5. diversas
  6. arte
  7. anos
  8. melhores
  9. filmes
  10. filme

O Mercado das Redes Sociais

Para analisar o tráfego das redes sociais estudadas, utilizamos duas ferramentas, o Google Trends e o Compete.com. Com base nelas pudemos notar que o diHiTT e o Uêba são redes sociais com uma boa quantidade de tráfego. Segundo o Compete.com, o Uêba lidera o mercado, seguido do diHiTT. Já no Google Trends, a liderança fica por conta do diHiTT, seguido do via6.com. Um ponto importante no gráfico de ambas as estimativas é que utilizamos o domínio do via.com e não o subdomínio, sendo assim, a quantidade de tráfego do rec6.via.com ainda é bem menor.

Google Trends

Redes Sociais do Brasil

Compete.com

Conclusões

Com base nos dados obtidos pelas ferramentas, pudemos notar que o diHiTT é de uma das redes sociais mais ativas do Brasil. Nela, os usuários costumam fazer comentários e realmente votam em diversas notícias. É uma rede social com um grupo de usuários bem influentes e ativos, juntamente com uma administração preocupada em melhorar a rede social no dia-a-dia.

Com base nos dados do Google Trends, pudemos notar que o Rec6/Via6 sofreu uma queda considerável nas visitas a partir do mês de Abril de 2009 e no mês de agosto notamos uma baixa atividade e visitas vindo do Rec6. Como notamos no estudo, a Agência Mestre dominou a área de Tecnologia no mês de Agosto e segundo o nosso Google Analytics, recebemos um total de 404 visitas por todos os artigos que divulgamos na rede social.

Com relação ao Linkk, notamos que as notícias estão recebendo mais votos do mês de Junho para Agosto, mas ainda sem uma área para comentários, a rede social fica apenas na sugestão de links. Talvez por isto, a atividade nesta rede social não seja tão grande quanto no diHiTT por exemplo.

O Uêba é uma rede social bem diferente das citadas anteriormente pois ele trata as notícias de forma diferente, fornecendo apenas a quantidade de cliques e não de votos/comentários. Notamos que as principais notícias da rede social possuem um apelo muito forte no seu título, com palavras bem chamativas, induzindo o clique. Entre as redes sociais analisadas, o Uêba é o que trouxe maior tráfego para a Agência Mestre no mês de Agosto, com um total de 1.249 visitas.

Receba Dicas Para Ter Sucesso nas Redes Sociais

Cadastre seu e-mail para receber dicas incríveis para potencializar seus resultados!
Divulgue este artigo

6 Comentários para “Redes Sociais Brasileiras em Agosto 2009”

  1. Flávio Raimundo

    Fábio, excelente artigo!
    Talvez pouca pouca quantidade de dados pelo potencial do mercado e ainda o uso das ferramentas estarem no começo. Mas isso mostra uma tedência, é o que importa.
    O estudo da realidade brasileira é essencial para o crescimento e principalmente o norteamento do nosso mercado.
    Já que artigos e estudos de outros mercados muitas vezes nos passa uma realidade totalmente diferente e uma informação, que se usada, trás resultados negativamente inesperados.

    Responder
  2. Frank Marcel

    Interessante notar que as redes diHiTT e Uêba são mais humanizadas. As palavras mais frequentes e notícias mais votadas tem caráter pessoal, humano.

    Por outro lado, Rec6 e Linkk são muito puxados para o lado de tecnologia, informática, internet, jogos.

    Show de bola o estudo!

    Responder
  3. Cassiano Travareli

    Olá Ricotta,

    Muito bom o levantamento que vocês fizeram sobre as redes sociais, e fiquei surpreso com a grande queda que teve o rec6, eu sabia que eles tinham caído um pouco mas não imaginava que era dessa proporção.

    Realmente o Dihitt tem ganhado bastante espaço, mas não é a toa, realmente acho a rede social melhor organizada aqui no Brasil, apesar de que acredito que ainda precisa de muitas melhorias por lá.

    Parabéns pelas pesquisas e pelo excelente artigo!

    Grande Abraço
    Cassiano Travareli

    Responder
  4. Érico Oliveira

    Olá Fábio,

    Parabéns pela matéria! Acompanho sempre o Agência Mestre e a qualidade do conteúdo de vocês é excelente.

    Gostaria de aproveitar a oportunidade deste post para esclarecer alguns aspectos do Linkk. Recentemente tomamos a decisão de eliminar alguns recursos “sociais” do Linkk, como por exemplo comentários e comunidades. Fizemos isso por acreditar que o foco principal do site é a seleção de notícias e que estes recursos “sociais” devem ficar a cargo dos sites que incluem conteúdo. Os comentários sobre as notícias, por exemplo, devem ser feitos no site que produziu a notícia e não no Linkk. Assim o tempo de permanência nos sites tende a ser maior que no Linkk.

    Desta forma tornamos o Linkk cada vez mais em um meio e não um fim, intermediando os leitores que buscam melhor conteúdo e os sites que o produzem.

    Responder
    • Fábio Ricotta

      Olá Érico,

      Fico muito feliz de você vir aqui no artigo para esclarecer este ponto. Eu acredito que muita gente procure um modo de comentar, mas como você mesmo disse, é um posicionamento estratégico do Linkk e com esta filosofia vocês se aproximam muito do que se propõe (ser um meio e não um fim).

      Sucesso para vocês e aguardem o mês que vem o novo relatório.

      Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>