Mestre TV Episódio 62 – Facebook LIVE para alavancar seus negócios

Olá Leitores da Mestre! Tudo bem com vocês? No episódio de hoje da Mestre TV nosso CEO, Fábio Ricotta, vai falar como a ferramenta do Facebook Live estão mudando nosso cotidiano, além de funcionar como excelentes formas de alavancar os seus negócios. Dê o play e confira!

A ferramenta Live do Facebook é extremamente relevante e importante no cenário mundial. Não acredita? Recentemente, o debate presidencial mais importante do mundo, entre Hillary Clinton e Donald Trump, foi transmitido para mais de 3 milhões de pessoas, ao vivo, através dessa ferramenta.

Poucos programas no mundo possuem o mesmo engajamento, sendo que podemos citar raras ocasiões recentes no Brasil, como a final da Taça Libertadores de 2012, ou o tradicional Super Bowl.

Por essa extrema relevância, nosso CEO resolveu compartilhar com vocês algumas reflexões sobre a ferramenta. Confira a seguir.

O que é o Facebook Live?

Em agosto de 2015 a rede social anunciou uma ferramenta muito legal que gerou interesse de muita gente. Usando o Facebook Mentions, artistas, políticos, atletas, enfim, figuras públicas com relevância na rede poderiam fazer vídeos ao vivo como forma de relacionamento com os seus fãs. Logo a nova ferramenta se popularizou e, neste ano, foi liberada para os usuários comuns.

Alguns pontos sobre o Facebook Live

Você deve entender que cada vez mais o Facebook está priorizando as Lives ao invés dos vídeos. Por que? Elas possuem um alcance orgânico muito maior e proporcionam uma experiência momentânea única e exclusiva para o usuário. Interessante, não é?

O próprio Jornal da Band realiza transmissões ao vivo do programa, agregando valor para a experiência real do jornal. Agora, imagina que experiência bacana seria se você tivesse a possibilidade de questionar algo ao vivo para o jornal, e um âncora como o Willian Bonner ou Ricardo Boechat respondesse sua questão em tempo real? Além de divertido, isso ultrapassaria todas as barreiras da TV, sendo uma transmissão interativa e dinâmica.

Todas as Lives, sejam via Facebook, Youtube, Periscope ou Hangouts permitem uma aproximação absurda com sua audiência, além das interações em tempo real que agregam muito valor ao engajamento. Portanto, se você possui uma empresa e quer estar próximo do seu público, use a Live!

Coloque o Facebook Live no seu radar!

Você pode usá-lo como ferramenta para se relacionar e nutrir suas audiências. Além disso, com ele você terá muito mais alcance, sem necessariamente pagar mais por isso. E posteriormente é possível patrocinar e impulsionar a publicação, garantindo ainda mais engajamento.

Mas como usar a Live? Se você é dono de um e-commerce por exemplo, mostre os bastidores da sua operação e processo de alguns produtos, assim você gera confiança e estabelece proximidade para sua marca.

Se assim como nós você colabora em uma agência, mostre os bastidores do trabalho de todos ou uma reunião com a equipe, bate papo com o cliente, etc. Isso mostra fidedignamente o seu trabalho!

Prepare-se para a frequência do Facebook Live

Com o passar dos meses será cada vez mais frequente ver Lives em sua timeline, pois ela é a forma mais eficiente de chamar a atenção do seu público. Porquê?

Se você é fã de uma marca ou personalidade, já ouve uma proatividade da sua parte em acompanhar o trabalho e/ou conteúdo da página. Portanto, caso haja transmissões ao vivo, você e outros fãs terão interesse e disposição para assistir ela, pois essa é uma forma de conexão em tempo real com assuntos do seu interesse.

Gostou das lives? Para entender mais sobre o conceito que tal assistir o vídeo da Mestre Academy sobre Webinars? E caso você deseje assistir mais lives da Mestre, deixe nos comentários o seu pedido!

Receba Dicas Para Ter Sucesso nas Redes Sociais

Cadastre seu e-mail para receber dicas incríveis para potencializar seus resultados!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>