Pesquisa – Mapeamos o Mercado de SEO no Brasil

Olá leitores da Agência Mestre,

No final de 2011, com a divulgação de uma pesquisa da Datadial sobre o mercado de SEO no mundo, ficamos muito interessados em fazer o primeiro mapeamento do mercado brasileiro. Diante desta motivação, criamos 22 perguntas, que foram respondidas por 210 profissionais, sendo eles, profissionais liberais, profissionais em agências, profissionais in-house e até mesmo empresários. Com este espaço amostral, temos confiança que realizamos um belo mapeamento do mercado de SEO brasileiro e hoje estamos aqui para divulgá-lo.

As perguntas

Com base no estudo da Datadial, adaptamos e criamos novas perguntas para a realidade do nosso mercado. Abaixo, você pode conferir as 22 perguntas realizadas aos nossos entrevistados:

  1. Você atende clientes em todo o Brasil ou apenas em um estado?
  2. Que tipo de negócio você é?
  3. Quantas pessoas trabalham com SEO no seu negócio?
  4. Você oferece outros serviços em seu negócio além de SEO?
  5. Quantos clientes o seu negócio gerencia?
  6. O seu contrato com clientes é baseado em tempo de trabalho?
  7. Qual o tipo de contrato que você realiza?
  8. Na média, quanto você cobra mensalmente dos seus clientes por um serviço de SEO?
  9. Na média, por quanto tempo você permanece com seus clientes?
  10. O que você considera como principal problema para os seus negócios hoje?
  11. Qual a sua maior barreira quando vende SEO?
  12. Qual a principal forma de geração de leads do seu negócio?
  13. Quais estratégias abaixo você tipicamente inclui em uma campanha?
  14. Quais estratégias de link building você mais utiliza em suas campanhas?
  15. Você compra links?
  16. Quais ferramentas você utiliza?
  17. Quais ferramentas de pesquisa de palavra-chave você utiliza?
  18. Quanto tempo em média você investe criando um relatório para seu cliente?
  19. Quais informações você provê em seus relatórios?
  20. O que você fazia antes de ser um profissional de SEO?
  21. Qual a principal características você considera ser importante para um profissional da SEO?
  22. Alguma vez você teve um site penalizado?

Os dados

O Mercado de SEO Brasileiro

Copie o código abaixo e cole em sua página

Conclusões

Com estes dados em mãos, pretendemos lançar novas pesquisas e até mesmo manter uma pesquisa anual do segmento, para entendermos a evolução do mercado de SEO no Brasil. Esperamos que vocês tenham gostado da pesquisa e estamos abertos a sugestões de novas pesquisas.

Divulgue este artigo

38 Comentários para “Pesquisa – Mapeamos o Mercado de SEO no Brasil”

  1. Camila

    Pesquisa muito interessante Fábio. Legal conhecer o ponto de vista de quem faz a roda girar. Dados importantes tanto para quem faz, quanto para quem contrata. Parabéns!

    Responder
  2. Lucas Santos

    Excelente pesquisa feita pela equipe da Agência Mestre. Nota-se que a conscientização está cada vez melhor no mercado de SEO, que já foi muito banalizado por mal profissionais. E como a educação do mercado também vem sendo propagada de uma forma que a cada dia que passa o trabalho está ficando mais alinhado. Excelente!

    Responder
  3. Hele Moura

    Parabéns!!!
    Excelente pesquisa, nos ajuda a ter uma melhor dimensão do mercado ;)

    Responder
  4. vrappo

    Muito Bom!
    A leitura que eu faço é que o SEO está apenas começando no Brasil. E que os mercados locais estão ainda a ser trabalhados.

    Responder
  5. Alexandre

    Seria bem interessante uma pesquisa parecida com essa sobre Social Media, já que em breve o Google irá disponibilizar a busca social, e irá alterar uma boa parte do SEO.

    Abraço

    Responder
  6. Eduardo Araujo

    Este infográfico mostra a realidade do Mercado de SEO no Brasil, principalmente no quesito Barreiras,
    onde o fator preço do trabalho foi o mais relevante.
    Acho que o mercado de SEO tende a crescer muito em termos de valorização, pois esta ficando muito evidente a sua importância para os negócios. Temos que acabar com o “complexo de viralata” adotado por muitos profisionais que desvalorizam nosso mercado.

    Responder
  7. Jonathan Prieto

    Muito bom trabalho! Sensacional as estimativas e porcentagens… Muito bom o trabalho de pesquisa e o designer também, o cara manda muito bem!

    Um abração a todos da MestreSeo e que continuem sempre sendo referência no mercado pelo serviço que prestam a todos e a comidade Search!

    Responder
  8. André

    Ótima iniciativa, resultados muito interessantes.

    Eu fiquei com uma dúvida: essa amostra de 210 se refere à uma população de quantos indivíduos?
    Como foi feita a estratificação?

    Por ser uma pesquisa nacional, fico em dúvida quanto à representatividade. Você chegou a publicar a parte metodológica desta pesquisa?

    Abraços

    Responder
  9. marcelinoaparecido

    Fabio,

    Acho que participei da primeira turma do curso de SEO em Dez/2009 e de todos os cursos de vários temas que fiz foi o melhor, devo dizer que para mim foi um divisor de águas desde aquela ocasião aplico o que aprendi e de modo modesto tenho trabalhado com SEO e o infográfico que também respondi mostrou que estamos no caminho certo, a maior parcela dos que responderam a pesquisa são como eu, indivíduos (1-2 pessoas) que tem realizado o trabalho de otimização para pequenas e médias empresas e ainda precisamos do seu trabalho para sermos profissionais capacitados construindo sites com conteúdo relevante e otimizado.

    Parabéns!!

    Responder
  10. Luiz CarlosConte

    Muito bom o trabalho de vcs, como sempre. Vi alguns dizendo que o mercado de SEO esta apenas começando no Brasil e discordo. O Mercado de SEO está se transformando no mundo todo e as empresas que não atentarem á isso estarão cada vez mais para trás. Na minha opinião gostaria de fazer algumas observações: SEO é mais sobre comportamento humano do que sobre tecnologia; SEO é mais sobre nossos clientes e menos sobre nós mesmos; SEO é muito mais sobre vendas do que sobre cliques; SEO é muito mais á respeito de keyword research e menos sobre publico alvo; SEO é muito mais sobre ser esperto do que ficar olhando para métricas que não nos dizem nada e finalmente SEO é mais sobre tratar seu website como seu melhor vendedor e menos sobre corte de custos. Gostaria de sugerir um artigo da Kuno Creative, uma das maiores agencias de inbound marketing dos EUA http://www.kunocreative.com/inbound-marketing-seo–video-confirm/

    Responder
  11. Orozimbo Rosa

    Para nós profissionais, ótima oportunidade para ter a dimensão do negócio. A propósito, vocês teriam uma estimativa de profissionais atuando no mercado brasileiro?

    A iniciativa foi 10 e parabéns a toda equipe!

    Responder
  12. Marco Aurélio

    Parabéns! Excelente ferramenta para quem trabalha com SEO. Como sempre a MestreSeo proporciona informações de alta qualidade para os seus usuários.

    Responder
  13. Renato Xavier

    Interessante ver que a principal forma de geração de leads parte justamente de uma indicação/referência em nem tando do SEO em si. Excelente pesquisa, informações úteis compiladas em um único infográfico.

    Responder
  14. Emerson Luiz Teles

    Ótimo artigo, como sempre a Mestre Seo trazendo conteúdo de grande relevância para nós profissionais de marketing digital. Eu que comecei faz pouco tempo a conhecer está área venho aprendendo muito com a Mestre Seo. Você e sua equipe estão de parabéns Fábio. Muito bom!

    Responder
  15. Paulo Beneton

    Gostei muito do artigo. Além do conteúdo apresentado, quero dar os parabéns também para o design que criou o infográfico. Design muito bom.
    Fábio Ricotta e Agência Mestre estão de parabéns pelo pesquisa e pelo compartilhamento dos dados.

    Responder
  16. Cleiton Pinheiro

    Parabéns a todos pela pesquisa, que bom que temos pessoas interessadas em dar esse feedback para a comunidade.

    Gostaria de levantar alguns pontos, no item 10 o fato da maioria acreditar que o maior problema está nos preços baixos praticados pela concorrência é lamentável. em qualquer segmento de prestação de serviços isso acontece. Realmente o problema existe mas não pode ser encarado como maior problema. O que é confirmado no item 11.

    Outro ponto é que o mercado de prestação de serviços se divide em pelo menos dois tipos de clientes Pequenas/Médias empresas e Grandes empresas. Acredito que a maioria dos que responderam a pesquisa representam o mercado de PME, que possuem necessidades e dificuldades muito diferentes dos que pretendem negociar com grandes empresas. Seria interessante em uma próxima pesquisa poder analisar e comparar os dados em paralelo, desta forma poderemos ver como os profissionais encaram o mesmo negócio de forma diferente devido ao tipo de cliente.

    Responder
  17. Tiago Jorge Tavares

    Excelente pesquisa, o único dado que acho que talvez fosse diferente, é sobre as ferramentas, colocando a de vocês em 2º lugar, não por ser ruim, que por sinal é muito boa. E como foi vocês que desenvolveram a pesquisa e não uma empresa que não tivesse vínculo nenhum com os entrevistados, acredito que as pessoas que foram entrevistadas, tenham algum relacionamento com a Agência Mestre, seja por seguir vcs no Twitter, ou ter feito o curso. Acaba dando essa margem para erro, mas foi excelente, isso é só uma crítica construtiva, continuo achando que vocês no Brasil são a maior referência em SEO. Parabéns e Sucesso…

    Responder
  18. Marcelo Leal

    Pessoal da Mestre não conheço vocês pessoalmente, mas não me contive em escrever uma mensagem de agradecimento a todos vocês que fizeram um maravilhoso trabalho mapeando a comunidade de seo no Brasil.
    Parabéns por esta iniciativa, que sem duvida nos mostra como esta o grau de maturidade de SEO no Brasil.

    Responder
  19. Kenneth Corrêa

    Renato Xavier,

    É que para grande parte das agências (principalmente as mais novas), vai ficando cada vez mais difícil captar leads, dada a concorrência das SERPs para tal, então o SEO não é o grande modelo de entrada.

    Além disso, pelo perfil, parece que a maior parte dos entrevistados são agências, que devem ter o SEO como apenas um entre vários serviços prestados.

    Parabéns pelo pessoal da Agência Mestre pela pesquisa.

    Obs: também senti falta da metodologia, do uso de % para algumas respostas (ao invés das citações) e uma outra dica: em questões com respostas escalares, não mudar a ordem da escala para privilegiar as mais votadas, senão fica difícil a análise dos dados.

    Responder
  20. Luiz Eduardo

    Fabio, parabens pela iniciativa, ótimo trabalho e podem ter certeza que esse tipo de trabalho “extra” em prol de outros além de si mesmos é um grande diferencial da Agência Mestre.

    Um abraço a toda comunidade SEO que pode agora aproveitar bastante estes dados em seus planejamentos estratégicos.

    Sucesso!

    Responder
  21. Emerson Pereira

    Me identifiquei muito com o resultado geral da pesquisa.
    A diferença é que no meu caso eu iniciei em 1995 com Aulas de Informática para Terceira Idade aqui no RJ e acabei criando site para um aluno e como deu resultado comecei a gostar de desenvolver.

    Responder
  22. Darlan Moraes Jr.

    Ola Fabio,

    Primeiro parabens sobre esta pesquisa.
    Ela me parece ser muito boa apesar de que nao sou da area de SEO.
    Minha pergunta e a seguinte: vc tem mais alguma pesquisa a respeito?
    Se sim ela pode ser compartilhada e que custo?

    Att e no aguardo de 1 contato seu,

    Darlan

    Responder
  23. Helder Ruziska

    Ótimo conteúdo,

    Fiquei surpreso com alguns dados, principalmente referente ao intem 12, achei que links patrocinados teria uma fração maior.
    Mas todos os dados são bem interessante.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>