O Que São Micro Momentos em Uma Jornada de Compra?

Talvez “micro momentos” seja um termo novo no seu vocabulário, mas saiba que será fundamental aprender mais sobre ele, para atingir o sucesso no mercado digital. Dê o play no vídeo abaixo, confira as dicas de Fábio Ricotta sobre esse assunto e saia na frente de sua concorrência!

Jornada de Compra

Micro momentos são pequenos momentos da jornada de compra de um consumidor e, geralmente, estão relacionados ao uso do celular, que por ser um dispositivo móvel que está sempre com a gente, facilita a exposição do usuário a algo que ele deseja. Estatísticas apontam que, nos tempos atuais, as pessoas encontram-se a menos de um braço de distância de seus smartphones, na maior parte do dia.

As etapas de um consumidor, e os diversos micro momentos que ele absorve ao longo do tempo, contribuem para que ele tome uma determinada ação. Podemos dividir essas etapas em 4 micro momentos.

Tipos de Micro Momentos

Segundo o Google, podemos classificar os micro momentos em: “I want to know” (eu quero saber/conhecer), “I want to go” (eu quero ir), “I want to buy” (eu quero comprar) e “I want to do” (eu quero fazer).

I Want to Know

Podemos dizer que na etapa “I want to know” é onde a pessoa está buscando determinada informação. Por exemplo, uma pessoa que quer saber mais sobre algo ou algum tema e faz uma pesquisa do tipo: “o que é Inbound Marketing?”. Geralmente, nesse estágio ele ainda não quer comprar ou consumir nada, quer apenas conhecimento ou informação mesmo.

I Want to Go

No caso do “I want to go”, o desejo do usuário é descobrir o endereço de um determinado local ou obter a rota para chegar de fato a um estabelecimento. Nesse tipo de busca, são consultas relacionadas a mapas e direções. Nesse micro momento, a pessoa pode buscar diretamente pelo nome de um local, por uma cidade, bairro ou rua.

Micro Momentos

I Want to Buy

Esse é o micro momento mais conhecido pelos e-commerces. É um tipo de busca relacionada a uma intenção de compra. Ou seja, o usuário faz consultas incluindo o nome do que ele quer comprar, seguido ou não da palavra “preço”. Por exemplo: “celular Moto G preço” ou ainda “TV led LG”. Em resumo, são consultas de uma pessoa que já está mais decidida a comprar algo.

I Want to Do

No caso do “I want to do”, o usuário tem o desejo de aprender a fazer algo. Por isso, quase sempre esse tipo de consulta retorna vídeos como sugestão. Uma vez que é muito mais fácil aprender algo assistindo a um vídeo do que lendo um tutorial. Sabendo desse importante tipo de micro momentos, muitos sites saíram na frente e começaram a produzir conteúdo em vídeo para entregar algo de valor ao usuário.

Hoje em dia, por exemplo, grandes sites de receitas, não só trazem a receita e o modo de preparo de um prato em formato de texto apenas. Eles sabem que gravar um vídeo, mostrando etapa por etapa do preparo é muito mais eficiente. Sites de cifras para quem quer aprender a tocar uma música no violão, não trazem mais apenas a cifra em si, trazem um vídeo tutorial, ensinando de fato a pessoa a tocar trecho por trecho da música.

Onde o Seu Usuário Está?

Conhecendo as 4 etapas dos micro momentos, é importante identificar em que lugar o seu público alvo se encontra. Dessa forma, você poderá saber que tipo de conteúdo/informação produzirá e entregará em cada etapa.

Provavelmente, o usuário usará o celular em um dos micro momentos. Por isso, é recomendado você filtrar as consultas realizadas através de dispositivo móveis. Utilize ferramentas como o Google Search Console, Planejador de Palavras-chave ou ainda uma ferramenta como a própria SEM Rush, para identificar quais são as principais consultas realizadas no seu nicho e que são oriundas apenas de celular.

Abra sua mente e segmente a jornada de compra do seu consumidor, não somente em topo, meio e fundo de funil, mas também nesses 4 grandes pilares de micro momentos. Desse forma, você certamente potencializará o seu negócio!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>