Como Você Pode Ressuscitar Leads Mortos?

Quem trabalha com geração de leads sabe que sempre existe aquela pessoa, que mesmo estando na lista, não abre os e-mails, não responde, não clica e você fica pagando para a ferramenta o custo por aquele lead. Isso porque a maior parte das ferramentas cobra pela quantidade de leads que você tem na base e não apenas pelos ativos.

Quer saber como ressuscitar esses leads mortos? Nosso CEO, Fábio Ricotta, conta tudo nesse vídeo. Dê o play e confira!

Por Que Não Manter os Leads “Zumbis”?

Sempre que enviamos e-mail para essa base, sem conferir se essas pessoas estão engajadas com o seu trabalho, clicando ou abrindo os e-mails, há um risco alto de que você acabe sendo marcado como spam.

Mesmo que os donos desses e-mails não tenham te marcado como spam, existem os spam traps, que nada mais são do que e-mails desativados que viram um aliado no Hotmail, Gmail, entre outros. O objetivo é que eles detectem empresas e pessoas que enviam e-mails de forma generalizada.

Se você acaba detectado por esses spam traps, pode ser que acabe marcado como e-mail de atualização, e-mail promocional ou até mesmo spam. Esse é o grande desafio na hora de gerir a sua base!

Ressuscitando Leads Mortos

O primeiro passo é detectar esses e-mails, realizando seu tageamento. Para isso faça de três a quatro disparos para toda a base em um mês e coloque uma tag em quem clicou nos seus envios. Com isso, você descobre todos os e-mails da base que estão “mortos”. Com esses dados, você pode fazer a exclusão ou buscar maneiras de “ressuscitar” essas pessoas.

Crie um Fluxo de Automação Para os “Mortos”

Os e-mails inativos devem receber um fluxo de conteúdos ricos, relevantes, para que assim possam ser nutridos com valor. A ideia é que essa pessoa encontre um estímulo para voltar a clicar no que recebe.

Essa estratégia pode ser feita de uma maneira simples: mande um e-mail dizendo que você responderá qualquer dúvida dessas pessoas. Assim que ela der um reply, tire sua dúvida, mas é necessário que essa resposta seja dada em um link externo ao e-mail, como um artigo, um vídeo, e-book, webinar, entre outros. Com isso, a pessoa clicará no seu link e você saberá se conseguiu ressuscitar aquele lead zumbi! Se essa pessoa não responder, então ela poderá ser marcada para a exclusão permanente.

Dicas:

  • Personalize bastante o e-mail de ressuscitação;
  • Customize assunto e corpo do e-mail;

Dessa maneira você aumenta o engajamento dos clientes e conseguirá ter estratégias mais assertivas. Gostou do vídeo? Então se inscreva em nosso canal e receba mais conteúdo exclusivo.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>