Galeria de Links – Um Novo Agregador de Conteúdo

Olá leitores da Agência Mestre!

Na última semana, em minhas leituras diárias, reparei uma novidade na web brasileira, um novo agregador. Anunciado no dia 14 deste mês no website Escola Dinheiro, o Galeria de Links surgiu com a promessa de ser um novo e diferenciado agregador para a comunidade de língua portuguesa.

Projeto - Galeria de Links

O projeto foi concebido pelo Paulo Faustino e Regina Santana, que além do Escola Dinheiro (antigo Fique-Rico), possuem projetos importantes tais como WordPress Love, Ponto Bit e Galeria de Blogs.

O interessante do projeto é que ele se mostra como uma nova fonte de tráfego para websites, uma vez que uma grande quantidade de webmasters irão submeter os seus artigos/notícias, tornando-os indexáveis pelos mecanismos de busca e assim levando visitantes para o Galeria de Links.

Entrevista

Aproveitando o lançamento do projeto, solicitei uma mini-entrevista com o Paulo Faustino que prontamente nos atendeu. Vamos à entrevista:

De onde surgiu a idéia da Galeria de Links?

Uma vez que tanto eu como a Regina Santana somos ávidos utilizadores de Internet e de meta-blogs, há muito que utilizamos ferramentas como o Ocioso, Uêba, Linkk, entre outros, para tentarmos promover os conteúdos dos nossos blogs além fronteiras. No entanto, sempre nos deparámos com uma enorme dificuldade em conseguir fazer as primeiras páginas da grande maioria desses agregadores (exceptuando o Dihitt que é fantástico nisso), uma vez que eles focam a sua linha editorial em conteúdos sobre Humor, Curiosidades, Fofocas e Celebridades. Provavelmente essa estratégia tem a ver exclusivamente com os volumes de atractividade de tráfego, pelo que decidimos, uma vez que já tínhamos a www.galeriadeblogs.com, construir um segundo projecto, associado, que pudesse dar a todos os blogueiros o direito de expressão.

Vi que o projeto é feito em WordPress. Quais os cuidados em termos de quantidade de visitas vocês estão tomando, visto que o WordPress sofre demais quando o volume de visitas é muito alto.

Sim, acabámos por desenvolver o projecto em WordPress, mais uma vez, mas neste momento ainda não aplicámos todo o conhecimento na protecção contra “excesso de visitantes”. Na realidade estamos inclusive a trabalhar com uma Grid em Javascript que está um pouquinho lenta no carregamento dos conteúdos, mas com a vantagem de carregar todos os artigos e imagens em simultâneo, deixando o utilizador à vontade para usufruir em pleno do site. No entanto e à medida que o projecto for crescendo, iremos trabalhar nele de forma a que providencie sempre uma navegação rápida, simples e funcional. Alguns dos nossos melhores projectos recebem muitos milhares de visitantes por dia e nunca em momento algum ficámos offline por causa disso, pelo que acredito que temos know-how suficiente para abordar essa questão num futuro próximo!

Existe algum critério para as notícias aparecerem na página inicial?

Neste momento existem alguns critérios, que na realidade são mais regras. Geralmente aprovamos artigos que estejam bem apresentados, tanto ao nível de título, como de descrição e imagem. Procuramos sempre avaliar se o conteúdo tem qualidade e pode providenciar uma mais-valia para os leitores e visitantes da Galeria de Links. Tentamos não fazer censura de qualquer tipo de conteúdo, mas sim basear as nossas escolhas na qualidade e atractividade dos conteúdos. Infelizmente é impossível agradar a todos, e inclusive já recebemos alguns emails de blogueiros irritados com o facto de não termos aprovado os seus conteúdos, o que pese embora seja legitimo, se torna numa situação relativamente constrangedora.

Vocês possuem uma boa estratégia boa para competir contra sites como o diHiTT, Linkk, Uêba e Ocioso? Pois eles são websites com um volume muito grande de visitas.

Neste momento acredito que temos algumas vantagens para conseguir competir com roteadores como o Ocioso, Uêba e LinkLog, por exemplo. Não falo do Dihitt porque ele tem uma grande componente social e de networking que faz dele um caso diferente, mas com os restantes acredito que temos qualidade para conseguir competir. Somos o único que envia sempre um email dizendo que a matéria foi aprovada ou rejeitada. Somos o único que não ordena os conteúdos por número de cliques. Somos também o único que não concentra a sua actividade na partilha de matérias sobre Humor, Curiosidades, Fofocas e Celebridades, mas sim outras áreas muito interessantes que felizmente também merecem destaque de qualidade.

Reparei que os links externos do Galeria de Links são NOFOLLOW. Por que esta iniciativa? Vocês pretendem remover esta tag?

Tendo em conta que a Galeria de Links funciona basicamente como roteador de tráfego para outros blogs, não fazia grande sentido distribuir toda a nossa autoridade e pagerank sempre que alguém publicava uma matéria na Galeria. Além do mais, temos três pontos de saída para o blog do autor, através do link do título, da imagem e do link “ler artigo completo”, sendo que se utilizássemos links Follow, seria mais complicado para nós conseguir ganhar mercado ao nível da autoridade, pagerank, link juice, etc.

Você quer deixar algum recado para a comunidade de SEO brasileira?

Acreditamos que o sucesso da blogosfera depende cada vez mais de parcerias e acima de tudo de bom link building. Temos pena que os blogueiros não concentrem esforços na partilha de links de qualidade, com textos âncora de qualidade, e que de alguma forma fizessem convergir o tráfego entre os seus blogs e as suas audiências. Os links de qualidade têm e terão cada vez mais um peso significativo nesta guerra constante pelos melhores resultados nos SERPS.

Forte Abraço
De mim e da Regina Santana :P

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

15 Comentários para “Galeria de Links – Um Novo Agregador de Conteúdo”

  1. Paulo Faustino

    Olá Fábio, muito obrigado pela oportunidade de entrevista e pelo interesse demonstrado na Galeria de Links. Estamos muito contentes com os primeiros resultados. Em menos de 3 dias conseguimos mais de 200 blogueiros cadastrados e aprovámos mais de 150 matérias, o que nos deixa com boas perspectivas para o futuro do projecto.

    Espero que a sua audiência goste da Galeria e acima de tudo que a utilize para seu benefício :)

    Responder
  2. Diego

    Paulo Faustino. Parecia ser uma boa proposta, mas…

    “Nossa autoridade”? Quem realiza as postagens pretende ganhar tráfego e autoridade. Esse “nossa” deveria ser aplicado aqueles que realizam as postagens, afinal, vocês (Paulo e Regina, ou somente Paulo) querem ganhar dinheiro com publicidade, mas não querem ajudar os usuários com voto de texto ancora e Pagerank? Tráfego? Enquanto as SERPS? Texto ancora é necessário, em links follow.

    Aplicar “nofollow” NÃO VAI AJUDAR EM NADA, Paulo Faustino. Todo o Pagerank ganho será “evaporado automaticamente”, adicionando “nofollow” antes mesmo de ganhar Pagerank (ou depois) não impedirá que seja perdido no futuro.

    Portanto a capacidade da página em passar Pagerank será igual a 0, visto que são muitos links em uma única página. Esse é um grande erro que a grande maioria dos agregadores de links/noticias cometem. Puro egoísmo. Pagerank possui pouco valor para ranqueamento, o nome do Algoritmo do Google é Pagerank, e o nome de um dos fatores desse algoritmo também é Pagerank, algo mínimo e não é foco da autoridade de uma página/domínio.

    Quer autoridade (links, confiança, Pagerank)? Você, ainda não possui nenhuma e quando possuir o Pagerank será grandemente eliminado devido a rel=”nofollow”. Nofollow não acumula Pagerank.

    Três pontos de saída? Os motores de buscam seguem apenas 1. Não é necessário adicionar nofollow nos demais. Simplesmente vai perder Pagerank que poderia ser enviado e recebido novamente futuramente.
    “Temos pena que os blogueiros não concentrem esforços na partilha de links de qualidade, [com textos âncora de qualidade]”. Hipocrisia aqui? Com nofollow, sem validação no voto de texto ancora.

    Conseguir mercado? Ajude os blogueiros enviando links follow e assim você ganhará mercado rapidamente. Com isso ganhará muitos votos de texto ancora e aqueles links follow enviados juntamente com voto de texto ancora e Pagerank, brevemente vão gerar benefícios.

    Mais creio que você não irá mudar isso, eu tenho acompanhado seus comentários e modo de escrita e vejo que você é uma pessoa que não se interessa muito pelas opiniões alheiras mesmo sendo opiniões corretas e enriquecedores, mas acabam confrontando seu “profissionalismo” principalmente de webmasters da língua portuguesa, afinal, não sabemos e não compreendemos nada não é mesmo? Estamos sempre errados não é? (Alias você está sendo dominado pelo “profissionalismo”, deixando assim de ganhar dinheiro corretamente)

    Um dos sucesso do Dihitt são os links follow. Alterando isso, seu empreendimento decolará.

    Responder
    • Carlos

      Olá, a idéia do Agrega Fácil (Agregador que ainda está engatinhando) é justamente esta!
      Ajudar blogueiros e todos que procuram por links follow, com texto âncora! Pois isto conta muito no Google e sabemos disto.
      Como já disse, estamos começando, mas os acessos e confiança vêm crescendo todos os dias!

      Abraços

      Responder
  3. Ygor Sarkis

    Fábio você acha que vale a pena utilizar nofollow com objetivo único de esculpir juice como o Paulo faustino está fazendo? Pelo que eu entendi no curso da mestre SEO esse esforço não teria mais muito sentido considerando a nova forma como o gogle está considerando links nofollow e a distribuição de juice.Não é mesmo ou eu entendi errado? Em algum momento seria ainda válido se preocupar com isso?

    Responder
  4. Frank Marcel

    @Paulo, @Carlos e @Diego: não tiro o valor de se ter links follow em agregadores de notícias, mas o fato de que essas redes levam tráfego para o seu site não pode ser desprezado. Se limitar a usar ou não uma rede somente considerando nofollow – acho que não é bem por aí…

    Responder
    • Paulo Castro

      Concordo Marcel, mas com a mudança do Google relacionada ao nofollow, de toda forma o Galeria de Links perderá o Page Rank que seria dividido com os links dos usuários, então esse nofollow não faz sentido algum e fica meio “Perco PR mas não passo”.

      Responder
  5. Rogerio

    Concordo com o @Diego, um pessimo projeto do Paulo que eu tanto admirava.

    Alem de colocar nofollow, voces ja viram como são os links? Cada letra do titulo é um LINK! ou seja, a sua palavra-chave nao vai ser linkada!

    Paulo, considere arrumar o link do titulo da materia e remover o link nofollow, isso vai trazer beneficios a ambos e não só para voce como esta agora.

    E mestreSeo voces deveriam ver antes o que vai ser divulgado aqui para evitar divulgar um site tao ruim como esse Galeria de Links

    Responder
  6. Junior Silva

    Olha, se essas questões sobre os links nofollow fossem revistas pelo Paulo, o Galeria de Links teria tudo pra ser uma alternativa de peso frente ao Ueba, Colmeia e Ocioso, pois ele valoriza artigos pela qualidade, e também dá uma atenção especial aos conteúdos opinativos. Só o Dihitt é muito pouco, além da quase obrigatoriedade de interagir com outros usuários pra conseguir relevância, o que nem sempre é possível por exigir tempo, e muitos não tem.

    Vamos ver, né…

    Abraços.

    Responder
    • Frank Marcel

      Ouvi dizer que ele teria mudado essa política de nofollow. Não tenho certeza. É interessante investigar o Galeria de Links mais uma vez.

      Responder
  7. Camila

    O cara (Paulo Faustino) pode mandar muito bem no que faz, mas ele tem várias deficiências. Ele se acha “superior” aos outros. Ele quer ganhar vantagem em cima dos outros, ao máximo.

    Eu parei de ler o blog dele (o fique-rico, agora o escoladinheiro) porque a REPETIÇÃO de idéias nos textos ficou algo absurdo. Ele insiste MUITO numa idéia e cria vários textos repetidos sobre ela. Isso não é ruim, mas enjoa.

    Outro ponto ruim é que ele compra e vende links. Cadê a ética, por um ser que se diz “profissional” no ramo?

    Nada contra as atitudes pessoais, mas se ele não quer se queimar, seria melhor ele rever os conceitos dele.

    A galeria de links mostra bem a ousadia em querer tráfego de graça, ganhar com adsense às custas dos outros, sem retribuir “corretamente”.

    Sites de links pra ganhar com conteúdo dos outros é o que a internet menos precisa, faça-me o favor.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>