ExpOn 2011 – Link Building Nacional

Link Building com palestrantes brasileiros

Olá pessoal!

Quem foi ao ExpOn pode assistir palestras de grandes nomes do SEO nacional e internacional. Uma das mais procuradas do evento foi a de Link Building Nacional dada pelo trio Fábio Ricotta, Cassiano Travareli e Manuela Sanches.

O trio nacional de Link Building


Planejamento Estratégico

De acordo com a Manuela, o planejamento estratégico está logo após a proposta e o contato com o cliente. O intuito é conhecer o nicho e os concorrentes do site do cliente para assim planejar os próximos passos do trabalho. O planejamento estratégico seria o primeiro passo do link building.

Iniciamos o planejamento estratégico fazendo a análise das palavras-chave que serão trabalhadas. Para isso, podemos utilizar ferramentas como SemRush, Keyword Tool External do Google Adwords e o próprio Google Analytics, caso o site invista em PPC. Todos os dados levantados devem ser colocados em uma planilha para determinar qual o valor de cada palavra-chave para a campanha.

Com o valor de cada palavra-chave definido, analisamos os resultados de busca para aquelas que possuem um preço alto para a campanha. Podemos utilizar o SEO Quake para analisar as métricas dos sites que aparecem nos resultados de busca. Desse modo, podemos verificar o que já está funcionando para os principais termos selecionados.

Depois de analisados os concorrentes, devemos olhar o conteúdo do site do cliente e levantar o que podemos oferecer em troca dos links que queremos criar para o site. Conteúdo de boa qualidade, vídeos, podcasts, widgets são conteúdos que chamam a atenção e podem ganhar links.

Podemos utilizar também o Majestic SEO para analisar as top pages dos concorrentes e ver o tipo de conteúdo que eles estão ganhando link e verificar se o conteúdo é viável para nosso cliente.

Dois modos citados para ganhar links são: escrever guest post e distribuir press release. Para descobrir onde podemos distribuir conteúdo e ganhar links podemos utilizar o Majestic SEO, Open Site Explorer, utilizar queries no Yahoo, OMGILI (redes sociais) ou SEO Quake (descobrir sites que estão bem posicionados e não são concorrentes).

Para ajudar com as queries nos buscadores existem algumas ferramentas que auxiliam esse trabalho, exemplo Link Building Queries da Ontolo, Link Finder do SEOmoz e Link Search Tool, da Solo SEO.

Entretanto, é preciso conversar com o cliente e perguntar se ele está de acordo com os próximos passos do trabalho e com o grupo de palavras-chave selecionadas antes de iniciar as próximas etapas do link building.


Conteúdo – A Base

De acordo com o Cassiano, um fator importante que deve ser levado em consideração na criação de uma página é que o usuário analisa rapidamente os elementos da página para saber se ele realmente se interessa pelo assunto.

Existe uma grande diferença entre conteúdo de qualidade e página de qualidade. As páginas, além de possuírem conteúdo de alto nível, também trazem elementos de nível, que são estudados para que seja atrativo para o usuário. E foi comprovado que o usuário gasta mais tempo em página de qualidade.

Mas então como podemos criar uma página de qualidade?

    • Definir o conteúdo da página (tema, objetivo, URL, palavra-chave principal);
    • Analisar o que os concorrentes estão falando sobre o assunto;
    • Destacar palavras-chave importantes no conteúdo utilizando negrito e itálico;
    • Utilizar títulos e subtítulos;
    • Dividir o conteúdo em tópicos
    • Linkar para fontes externas confiáveis que falam sobre o seu conteúdo;
    • Linkar para conteúdos internos;
    • Utilizar imagens para ilustrar o conteúdo;
    • Utilizar vídeos;
    • Criar uma seção FAQ esclarecendo as dúvidas dos usuários sobre o assunto;
    • Voz do usuário. Agregue comentários, reviews e feedbacks dos usuários;
    • Facilitar a distribuição do seu conteúdo em redes sociais;
    • Listar conteúdos relacionados que já foram postados dentro do site no final do artigo;
    • Fazer citações, infográficos, listas, apresentações.

Uma dica importante foi utilizar hash (#) para linkar diretamente para uma seção específica do conteúdo. As hashtags ajudam o Google a criar links na snippet da página de resultados de busca diretamente para a seção.

Depois de criada páginas de qualidade, precisamos buscar oportunidades de ganhar links para elas. Guest post e indicar o conteúdo do site em comentários em blogs, fóruns, canais de vídeos, sites de perguntas e respostas e canais de apresentações são exemplos de onde podemos ganhar links.

Ações que visem melhorar o conteúdo e encontrar oportunidades de aumentar a visibilidade do seu site aumentam as chances de ganho de links.


Relatório e Automatização

De acordo com o Fábio, é preciso melhorar o relacionamento com o cliente. Em um trabalho de link building o cliente sempre quer saber: O que foi feito? Quanto foi feito? E o que meu site ganhou com isso?

Para mostrar os resultados é preciso criar relatórios. Precisamos de uma planilha de controle com a data, backlinks, texto âncora, domain authority, page authority, cache, visitas por mês e posicionamento da palavra-chave ao longo do tempo.

Com isso, podemos analisar se o trabalho de link building está melhorando o ranking das keywords trabalhadas nos resultados de busca. Em alguns casos, a página perde posicionamento e, por isso, é necessário analisar as fontes de má qualidade que influenciaram negativamente no seu site.

Também é possível que os links criados podem não influenciar o posicionamento nos resultados de busca, mas eles trazem uma quantidade considerável de visitas para o seu site. Para isso, é possível fazer um custom report no Google Analytics e analisar o tráfego para esses links criados.

Algumas fases do trabalho de link building podem ser automatizadas. É o caso da prospecção dos ativos utilizando footprints. Existe uma ferramenta chamada Scrapebox que analisa as páginas do Google utilizando footprints pré-definidos e retorna os sites relevantes para criar os links para o seu site.

Além disso, podemos verificar quantos likes do Facebook um grupo de URLs recebeu utilizando o Bulk Like Checker e verificar quantos retweets uma série de URLs recebeu utilizando o Labs da Agência Mestre.

Não é possível automatizar todo o trabalho de link building, mas podemos agilizar algumas etapas do processo utilizando as ferramentas certas.


Espero que tenham gostado da nossa cobertura do evento.

Um abraço e até a próxima!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

5 Comentários para “ExpOn 2011 – Link Building Nacional”

  1. Marcelo

    Tenho uma loja virtual e um blog que usarei para atrair visitas com o conteúdo relevante ao meu público alvo. Porém, estou usando dois domínios o http://www.gasracing.com.br para a loja e o blog.gasracing.com.br para o blog.

    Me disseram que seria melhor utilizar gasracing.com.br/blog pois assim os links que eu conseguisse para o blog aumentariam também o PR da minha loja. Porém o bloger só permite que o blog seja hospedado no diretório raíz. Posso fazer uma página /blog e redirecionar 301 para o dominio atual?

    Obrigado
    Marcelo

    Responder
    • Caio ferreira

      Instala um blog wordpress no /blog e faz um 301 no subdominio para o /blog.

      Existem maneiras de migrar do blogger para o wordpress sem perder seus posts. Olha no Google que acha fácil um manual.

      Abraços

      Responder
  2. William Rufino

    Uma pequena dúvida,

    Ao fazer minha automação pra pegar prospects com footprints etc..

    é interessante eu já automatizar quais dados para cada url?

    PR DA PA somente, sociais tbm é uma boa?

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>