ExpOn 2011 – Crowdfunding e o Futuro das Micro-doações

Crowdfunding é novo, mas foi abordado no ExpOn

Em uma das últimas palestras do primeiro dia do ExpOn, tivemos a presença de Sebastian Uchitel e Vinicius Dacol falando sobre o Crowdfunding, um conceito ainda novo no Brasil, bem como o cenário nacional.

Sobre os Palestrantes

Antes de tudo, uma breve apresentação:

Sebastián Uchitel é CEO e co-fundador do site IDEAME.com, que ajuda na execução de novas idéias através do Crowdfunding e redes sociais. É também graduado em MBA executivo e professor na Torcuato Di Tella University.

Vinicius Dacol é bacharel em Direito pela PUC-RS, empresário do setor de logística, atuando com players do setor automotivo. É sócio fundador do Muude.com

Definição de Crowdfunding

Crowdfunding é a cooperação coletiva para arrecadação de fundos e recursos para a execução de uma idéia. Tem como base a comunicação através de redes sociais e comunidades online e geralmente usam do sistema de microfinanciamento online para coletar uma grande soma de recursos e tornar possível a execução de uma idéia.

A Palestra

A dupla mostrou como anda o cenário nacional nesta nova área. Foram discutidos alguns exemplos de acertos e erros encontrados na divulgação e planejamento dos projetos. Alguns principais pontos:

  • Tenha uma rede forte para apoio: Você tem uma idéia. Não adianta postar em qualquer lugar e achar que todos sairão dando dinheiro. Primeiramente conquiste espaço nas principais redes sociais, divulgue conteúdo relevante com relação ao projeto que você irá executar. Ninguém irá financiar um projeto de um zé ninguém.
  • Crie conteúdo multimídia atrativo: Divulgue fotos, entrevistas, podcasts e principalmente vídeos descrevendo o seu projeto. Mostre claramente a sua idéia. Evite amadorismos e não grave, nem divulgue, coisas de má qualidade, que podem diminuir as chances de ganho.
  • Evite campanhas muito longas: Criar uma campanha que dura 90 dias ou mais é complicado. Após o primeiro mês, as chances de angariar fundos para a sua campanha vão diminuir cada vez mais. Além disso, você vai ficar repetindo a mesma idéia por muito tempo para um mesmo público e o mesmo ficará de saco cheio de você batendo na mesma tecla por muito tempo
  • Cenário brasileiro do Crowdfunding: No Brasil, é muito utilizado o crowdfunding na área artística, principalmente para produzir filmes, livros e trazer shows. O cenário de financiamento para novos empreendedores ainda é pequeno, mas crescente.
  • Problemas no Brasil: Por falta de uma legislação específica, muitos projetos encaram certa desconfiança. O capital doado não pode sair do país de qualquer maneira. Além disso, uma série de entraves por questões de ônus e enquadramentos jurídicos tornam todo o processo no país extremamente lento.

SEO Para Projetos de Crowdfunding

Algumas lições que podemos tirar dessa palestra para ajudar nestes tipos de projetos:

Youtube: Crie vídeos da idéia do seu projeto. Se puder criar novos conteúdos atualizando o status do seu projeto, melhor ainda. Crie um canal no Youtube e divulgue. Procure nas principais redes sociais pessoas influentes relacionadas ao seu projeto e tente divulgar.

Facebook: Crie uma Fanpage e trabalhe bem ela. Utilize-se das várias dicas de otimização para Facebook que publicamos.

Orkut/Twitter: Entre nas comunidades relacionadas ao seu projeto e procure pelos usuários mais influentes. Procure os mesmos no Facebook. Tente se enturmar e adicioná-los  sem fazer spam. Discuta com eles. Interaja. E seja influente também. Mostre o que os envolvidos ganham por participarem. É possível com isso ganhar apoio até de grandes empresas.  Você pode também procurar por escritores e jornalistas de grandes portais para que possam ajudar você.

Bem, ficamos por aqui. Dúvidas e sugestões, contacte-nos. Grande abraço!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>