Estudo sobre os Resultados Universais do Google no Brasil

Olá leitores da Agência Mestre,

Em maio de 2007 o Google anunciou ao público a implantação dos resultados universais em seu buscador com a filosofia de integrar todos os seus serviços de Imagens, Blogs, Notícias, Produtos, Mapas, Livros e Vídeos diretamente na página tradicional de resultados.

Busca Universal do Google

Cerca de um ano depois, o Google habilitou esta novidade para os resultados do Google no Brasil. Desta forma nós pudemos observar um aumento da usabilidade e integração dos produtos do Google, fornecendo cada vez mais um conteúdo ricos para as buscas dos usuários.

Diante desta crescente integração entre os produtos do Google na Busca Universal e pensando ainda no aumento dos Resultados Locais, decidimos criar um teste para analisar o estado atual da Busca Universal no Brasil, realizando diversas consultas no Google Brasil, e assim obtendo informações sobre a quantidade de aparições de cada um dos resultados universais.

Grupo de Dados

Esta pesquisa utilizou 2021 termos, onde cada um foi submetido à busca do Google 4 vezes entre o período de 01 de Outubro à 13 Outubro, totalizando um total de 8.084 consultas. Neste grupo de 2021 termos, separamos eles em quantidade palavras, onde utilizamos a seguinte distribuição:
Número de palavras por termos

Para cada uma das consultas investigamos se o resultado apresentado possuía um dos 5 resultados universais:

  • Resultados de Blogs
  • Imagens
  • Mapas
  • Notícias
  • Vídeos

Desta forma, pudemos obter os seguintes resultados:

Blog Search

Durante as quatro execuções do lote de termos pudemos notar uma pequena variação nos resultados, onde na quarta execução, obtivemos a menor quantidade de resultados universais com blog, 183. Já na primeira execução obtivemos a maior, atingindo 245 consultas com resultados de blogs.
Resultados Universais com Blogsearch - Consultas

A média geral das quatro execuções aponta que 10.1% dos resultados possuem resultados com blogs e 89.9% não apresentam.
Resultados Universais com BlogSearch

Imagens

No cenário de imagens pudemos notar que os resultados apresentam uma boa quantidade de imagens relacionadas. Na primeira execução obtivemos a menor quantidade de resultados com imagens, 963. Na última execução do lote, notamos a maior quantidade de resultados com imagens, 1001.
Resultados Universais com Imagens Consultas

A média geral das quatro execuções aponta que 48.7% dos resultados possuem imagens nos resultados e 51.3% não apresentam.
Resultados Universais com Imagens

Mapas

Com relação à mapas, o cenário é bem mais estável. Nas três primeiras consultas obtivemos 63 resultados contendo mapas e apenas na última execução recebemos 62 resultados contendo mapas.
Resultados Universais com Mapas - Consultas

A média geral das quatro execuções aponta que 3.1% dos resultados possuem mapas nos resultados e 96.9% não apresentam. Uma curiosidade sobre esta área foi que quase todos os resultados contendo mapas possuem uma cidade ou localização atrelada à algum termo. Isto mostra que aos poucos as buscas locais estão sendo integradas nos resultados universais.
Resultados Universais com Mapas

Notícias

Assim como as imagens, as notícias estão bem mais frequentes nos resultados do Google. Segundo os dados, obtivemos na terceira execução a menor quantidade de resultados com notícias, 777. Na primeira execução do lote, notamos a maior quantidade de resultados com notícias, 880.
Resultados Universais com Noticias - Consultas

A média geral das quatro execuções aponta que 40.8% dos resultados possuem notícias nos resultados e 59.2% não apresentam.
Resultados Universais com Noticias

Vídeos

Em um cenário melhor do que os resultados com blogs ou mapas, os vídeos já aparecem em uma quantidade razoável de consultas. Nas nossas consultas, obtivemos na última execução a menor quantidade de resultados com vídeos, 547. Na primeira execução do lote, notamos a maior quantidade de resultados com vídeos, 562.
Resultados Universais com Videos - Consultas

A média geral das quatro execuções aponta que 27.4% dos resultados possuem vídeos nos resultados e 72.6% não apresentam.
Resultados Universais com Videos

Mescla de Resultados Universais

Como sabemos, uma página do Google não apresenta apenas um dos itens dos resultados universais, mas em sua grande maioria é apresentado uma combinação ou mescla destes itens. Abaixo mostramos uma tabela com as principais combinações encontradas nas páginas dos resultados do Google Brasil.
Resultados Universais no Google Brasil

Conclusões

Esta pesquisa pode traçar um raio-X de como estão os Resultados Universais do Google no Brasil, onde podemos resumir na seguinte situação:

  • 10.1% das consultas apresentaram Blogs Search
  • 48.7% das consultas apresentaram Imagens
  • 3.1% das consultas apresentaram Mapas
  • 40.8% das consultas apresentaram Notícias
  • 27.4% das consultas apresentaram Vídeos

A partir desta pesquisa, pretendemos analisar cada vez mais termos e modificar o período de tempo a fim de determinar se variações menores ou maiores alteram pouco ou muito os Resultados Universais do Google.

A dica que fica é que agora que temos todo o sistema implementado estamos aceitando sugestões para melhorias. Caso você tenha interesse em saber algo a mais dos resultados do Google não exite em dizer.

Antes de finalizar este artigo, gostaria de agradecer ao time de programação da Agência Mestre (Celso Fernandes, Rodrigo Tomonari, Rodrigo Sales, Eduardo Hiroshi e Felipe Rosa) por tornar esta pesquisa viável.

Espero que tenham gostado desta pesquisa e até a próxima.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

8 Comentários para “Estudo sobre os Resultados Universais do Google no Brasil”

  1. Pablo Almeida

    Confesso que acho a busca universal interessante, mas ainda bem fraca para a grande maioria dos termos. Há muita coisa a fazer, e o Google de fato está fazendo, pois a evolução é notoria.

    Acho que o Google deveria priorizar mais determinados nichos de mercado, e fazer algo mais organizado para que aos poucos isso se expanda para outros grupos. Exemplo: em e-commerces, poderiam ser priorizados vídeos e imagens sobre o produto. O que consequentemente, traria vantagens a quem está fazendo reviews com bom conteúdo, inclundo os proprios e-commerces. Isso ajudaria o usuario a efetuar uma compra muito mais rápido. Concorda? :)

    Excelente estudo e obrigado por revelar estas informações!

    Um abraço!

    Responder
  2. Rafael Damasceno

    Muito bacana a iniciativa da Agência Mestre. Aqui no Brasil somos muito carentes desse tipo de dado. Afinal, esses estudos quando feitos por equipes de outros países quase sempre se restringem ao Google.com, que tem uma realidade bem diferente do .br, como todos sabemos. Parabéns!

    Sobre os dados,o que mais me surpreendeu foi a baixa quantidade de resultados com mapas. O Local Business tem dado ótimos resultados com muitos clientes que trabalho. Esperava uma presença maior do mesmo na busca universal. Será que tem alguma coisa a ver com os termos que vocês escolheram? Fábio, esses termos foram escolhidas aleatoriamente? Ou foram tiradas de “nichos” específicos? Acho que essa info vai nos ajudar a entender melhor os dados.

    Mais uma vez parabéns a todos pela bela iniciativa!

    Responder
  3. Fábio Ricotta

    Olá Rafael,

    Realmente eu me surpreendi com os resultados com mapas. As nossas palavras foram escolhidas randomicamente mas o que eu notei foi que sempre apareceram mapas em consultas contendo um tipo de localidade. Por exemplo, “flores são paulo” apresenta um resultado contendo um mapa, pois o Google entende que “são paulo” é uma cidade.

    Outro ponto fraco do nosso estudo foi a utilização dos IP’s na consulta. O Brasil é muito carente de hospedagens ou servidores para realizarmos as consultas, logo, sem IP’s no Brasil os resultados de mapas ficam comprometidos. A nossa idéia é distribuir entre máquinas ao redor do país para que possamos ter uma melhor noção dos dados de mapas.

    Vamos trabalhar neste ponto para a próxima pesquisa.

    Um abraço!

    Responder
  4. Paulinho Uda

    Parabéns a todos da Agência Mestre pela iniciativa, gostei muito do estudo que você fizeram!

    Aproveitando o comentário do Rafael e a resposta do Fábio, gostaria de deixar uma pergunta: Será que o resultado seria diferente se o resultado do estudo fosse apresentado de acordo com a quantidade de palavras por termo pesquisado?
    Pois imagino que quanto mais palavras tiver o termo, mais específico poderá se tornar a busca, logo o resultado da busca universal poderia mesclar mais ou menos itens dependendo de quão específico fosse o termo pesquisado.

    O que você acha Fábio?

    Abraço a todos!

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>