Como Fazer Email Marketing e Não SPAM

Email Marketing

Olá leitores da Mestre,

Muitas pessoas geralmente associam email marketing com SPAM, mas existe uma grande diferença entre essas duas técnicas: a permissão de quem recebe o email.

No SPAM, os emails são enviados a milhares de usuários sem a permissão destes, o que incomoda, pois ocupa espaço na caixa de email com informações que na maioria dos casos não são interessantes para pessoa que recebe o email.

Já no email marketing, os emails são enviados com o consentimento do dono da conta e existe a opção de cancelar o envio destes emails, ou seja, no email marketing a pessoa quer receber seus emails, o que significa uma audiência interessada no que você tem a expor.

Obviamente, criar uma grande lista de emails com pessoas interessadas demora mais tempo do que simplesmente usar um software que mande milhares de emails sem a autorização das pessoas, mas apesar de ser comum, a técnica de spam por email é fortemente desencorajada, pois para cada cliente conquistado, existirão milhares de pessoas que ficarão insatisfeitas e verão sua marca como spam.

Por outro lado, mesmo necessitando de mais esforço, o email marketing tem diversas vantagens.

Vantagens do Email Marketing

  • Visibilidade: De acordo com o IBGE, o principal motivo de acesso à internet no Brasil é o email. Ou seja, se uma pessoa se conecta à internet é bem provável que ela vá checar seus emails, e seria um ótimo negócio ter sua marca divulgada em um lugar onde certamente o cliente irá olhar.
  • Segmentação: Quando uma pessoa se cadastra para receber seus emails, podemos pedir informações adicionais para mandar emails diversificados por grupos de idade, localidade ou grupos de interesse.
  • Interatividade: Com um simples clique em um link na mensagem do email as pessoas podem visitar seu site, responder seu email ou solicitar a exclusão da lista.
  • Agilidade: Hoje em dia você pode enviar milhares de emails em segundos, e também é muito fácil medir o resultado de sua campanha de email marketing, utilizando links e parâmetros exclusivos nas mensagens por email, por exemplo.
  • Boa relação custo X benefício: O custo para enviar e receber emails é quase zero e o retorno de uma campanha séria de email marketing pode ser muito grande, pois é criada uma relação de credibilidade entre a empresa e o cliente.

Como fazer um campanha de email marketing de sucesso?

Os benefícios são vários, mas temos que atentar para algumas dicas para termos uma campanha de sucesso de email marketing:

  1. Envie mensagens não comerciais: Não encha a caixa de email dos seus assinantes apenas com propagandas, ofereça informações úteis, para que assim as pessoas gostem de receber seus emails e assim, quando você enviar alguma propaganda você já terá a simpatia dos leitores.
  2. Não foque apenas em buscas comerciais: Atraia também pessoas que buscam por informação para sua lista de emails. Para isso, forneça um conteúdo de qualidade e não apenas propagandas, assim você cria um vínculo com essas pessoas que buscam informação e quando elas buscarem algo para comprar já terá sua empresa em mente.
  3. Apresente algo interessante já de início: Quando você oferecer enviar emails para as pessoas que acessam o seu site, mostre o porquê elas devem fazer isso. Apresente todas as vantagens logo de cara, como artigos, gráficos, livros virtuais, ferramentas, etc. Não fique apenas na promessa, prenda a atenção das pessoas o mais cedo possível e mostre credibilidade.
  4. Ofereça algo impressionante gratuitamente: Esta é uma ótima maneira de atrair as pessoas. Ofereça alguma ferramenta, brindes, artigos ou qualquer coisa que possa ter valor para os visitantes do seu site.

Quais softwares são recomendados?

Existem diversos softwares para email marketing, mas os que eu posso recomendar são apenas aqueles que tive a chance de utilizar. O primeiro é o Mailchimp, que possui uma parte gratuita e outra paga. Outro software que já tive a oportunidade de utilizar é o Streamsend.

Em qualquer uma das suas escolhas é importante observar as políticas que estas empresas possuem de tolerância de spam e cadastro de usuários. Por exemplo, o Mailchimp dificulta muito a importação de emails, chegando a exigir detalhes caso você importe muitos emails sem que eles tenham se inscrito em sua base.

Outro ponto é que eles podem bloquear a sua conta caso ela tenha uma incidência maior que 0.01% de marcação de spam pelos seus leitores entre outros fatores. É algo crítico, mas nada que preocupe uma empresa/profissional que faça um trabalho honesto e dedicado a satisfação do consumidor.

Para uma ajuda extra com o Mailchimp, você pode se inscrever na Academia de Marketing Digital, do Mestre Academy, onde você vai encontrar uma sequência de aulas ensinando a utilizar esta ótima ferramenta para desenvolvimento de email marketing.

Aumente a sua lista da maneira correta

Como eu mencionei logo na introdução do artigo, muitas pessoas/profissionais querem um caminho curto para o sucesso. Este caminho parece ser curtos quando se compra uma lista de emails ou utiliza-se de softwares de spam. Este é um caminho que você nunca deve seguir. Primeiro porque a pessoa que receberá o email, não está realmente interessado no que você vai enviar e segundo porque você provavelmente vai cair na caixa de spam deste usuário.

Sendo assim, a minha recomendação é que você aproveite a coleta de emails de forma inteligente. Para isto, existem algumas formas:

Caixas de Newsletter

Comumente utilizadas em blogs e portais de conteúdo, estas caixas ficam normalmente à direita ou no final de cada artigo, sempre com uma chamada para o usuário aderir ao recebimento de emails. Um artigo formidável que eu li mostrou isto muito bem:

Localização da caixa de opt-in

Alguns exemplos de caixas que você pode utilizar nestas áreas são:

No topo:
Exemplo de caixa de opt-in

No final do artigo:
Exemplo de caixa de opt-in

Na lateral:
Exemplo de caixa de opt-in

A essência aqui é testar muito bem!

Facebook

Uma forma simples é integrar a sua plataforma de email marketing com a sua página no Facebook. Aqui na Mestre utilizando o Mailchimp e ele possui uma funcionalidade que cria uma aba no Facebook para as pessoas se inscreverem na nossa base de emails:

Mailchimp - Integração com Facebook

O interessante aqui é que você pode utilizar Facebook Ads para promover a aba!

Google Adwords

Não é uma funcionalidade muito utilizada no Brasil mas existe uma extensão no Adwords que permite a disponibilização de uma caixa nos anúncios para que as pessoas se inscrevam em sua base de newsletter.

Extensão do Adwords para coleta de emails

Esta extensão não está disponível em todas as contas do Google Adwords e por isto você precisa acionar o seu gerente de contas ou tentar a liberação por este formulário.

Fique atento ao Mobile!

Ainda que você não tenha um site responsivo ou voltado aos dispositivos móveis, saiba que a maior parte dos usuários abrem seus emails em dispositivos móveis. De acordo com o estudo “US Consumer Device Preference Report: Q4 2013“, 65% dos emails são abertos em dispositivos móveis nos EUA. Este número pode ser próximo no Brasil, uma vez que a quantidade de usuários adquirindo smartphones e tables vêm aumentando.

Como ignorar este tipo de comportamento ou melhor, como ignorar este novo tipo de leitura de emails? É impossível no marketing digital. Neste sentido, você pode ler o guia de boas práticas da Mailchip, que ensina diversas dicas para conseguir montar um bom email para dispositivos móveis,

Email em E-Commerce

Existem estudos que mostram que 99% dos visitantes de primeira viagem não compram nas lojas virtuais. É meio que aquele tempo para você se acostumar com o lugar, olhar bem e sentir-se seguro. Quem nunca fez isto?

Para não perder estes possíveis compradores, uma estratégia bem comum no e-commerce é a recuperação de carrinho, ou seja, lembrar aquele usuário de que ele deve completar a sua compra. Em muitos casos até oferecendo um cupom de desconto para incentivar ainda mais.

Um estudo da SeeWhy mostra um pouco mais sobre o tempo em que um visitante precisa para converter e como é o padrão de abandono de carrinho:

Estudo da SeeWhy

Segundo o estudo, as primeiras 12 horas são fundamentais para fazer este usuário converter.

O estudo mostrou ainda que 75% das top 500 empresas de ecommerce que utilizam nutrição de carrinhos abandonados, fazem esta ação com até 1 hora de abandono do carrinho. Eles descobriram que 50% dos “abandonadores” que compram, o fazem em até uma hora do abandono. Então tempo é tudo nesta ação!

Estudo - Recuperação de Carrinho

Considere enviar emails com 1 hora, 24 horas e menos de duas semanas do abandono do carrinho, logicamente dependendo do comportamento do seu comprador. Com este tempo, compradores que tiveram boas razões para abandonar o carrinho podem ter a informação necessária para fechar a compra no momento da abordagem.

Implementar este tipo de ação não é nada complicado e uma solução possível é a utilização do Mailchimp. Este tutorial mostra muito bem como fazer utilizando Magento e já esta matéria explica como funcionam os triggers de ações no Mailchimp.

Você também pode fidelizar ainda mais os seus clientes

De acordo com um estudo da Marketing Metrics, as suas chances de vender algo para um consumidor que já tenha comprado com você é de 60-70%, enquanto vender para um potencial consumidor novo é de 5% a 20%.

O modelo aqui é bem simples. Pense em formas de atingir a sua base de compradores. Contatos espontâneos por email podem lhe ajudar:

  • Envie uma mensagem de “você é um cliente fiel, então resolvemos lhe presentear com um desconto”;
  • Lembre-se do aniversário e ofereça um belo desconto;
  • Existem empresas especializadas em envio de email de produtos relacionados aos que você vendeu para aquele consumidor, o famoso “quem comprou isto, também comprou aquilo”;
  • Ofereça frete grátis para quem já compra com você;

Conclusões

Em resumo, o marketing por email é uma ótima estratégia para aumentar a fidelidade dos visitantes e as conversões do seu site, mas para isso você nunca deve recorrer ao spam e deve sempre oferecer conteúdo/mensagens/promoções/ofertas de qualidade para seus leitores.

Espero que tenham gostado do artigo e qualquer dúvida ou sugestão, compartilhe-as na área de comentários! Até a próxima!

Crédito da imagem: caribb

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

65 Comentários para “Como Fazer Email Marketing e Não SPAM”

      • Edipo Kleiton

        Achei muito interessante essa página e bastante esclarecedora,peço até desculpas de colocar minha pergunta em sua resposta referente ao Groupmail.
        Vc sabe dizer,se teria como obter esse serviço de forma gratuita ou mais viável?
        Se puder me responder por email,agradeço!
        Grato

        Responder
    • rejanes assis

      Muito interessante a matéria, mas como começar uma campanha e emails sem uma lista de contatos com permissão, até hoje ainda recebo emails sem minha permissão acho que essa será uma pratica que continua sendo muito usada.

      Responder
    • Rafael

      Enviar email marketing sem a permissão do destinatário não é uma boa prática e pode denegrir a imagem da empresa.
      Também recebo algumas mensagens do tipo, mas quando vou buscar a fundo, percebo que se trata de parceiros de alguns sites que eu me cadastrei… Mas mesmo assim, não é muito agradável…

      Responder
  1. Daniel Docki

    Entre nós é moleza a gente intender, mas vai tentar explicar isso para um cliente, ele simplesmente não intende, acha que tem que atingir o máximo de pessoas querendo elas receber isso ou não.

    Responder
    • José Mário

      Realmente Daniel, é muito difícil convencer algumas pessoas de focar na qualidade e não na quantidade. Espero que este artigo tenha te ajudado quando precisar argumentar quanto a isso com um cliente! ;D

      Responder
  2. biskuy

    Muito boa as dicas.
    Acredito que também devemos salientar a utilização de recursos adequados no html, css, javascript e referencia a imagens utilizadas.

    Responder
  3. Walter

    O melhor com certeza do e-mail mkt são as ferramentas para analisar o comportamento do cliente, infelizmente segundo pesquisas o brasileiro continua abrindo spam e visitando os sites indicados ali, o que faz com que mais gente continue usando isso.

    Responder
    • José Mário

      Walter,
      Realmente não é uma coisa boa que as pessoas abram esses e-mails de spam, mas mesmo que abertos o e-mails de spam ainda não tem força, porque dificilmente serão lidos.

      Responder
  4. tigdesigner

    Falando sobre as ferramentas de e-mail marketing… realmente se você não consegue medir o comportamento dos destinatários da sua newsletter você joga dinheiro e tempo fora. O ideal é contratar um plano de e-mail marketing online que tenha um sistema aonde você posso ver estatísticas de abertura, cliques, e-mails inválidos, etc. Tem vários por aí, já usei do uol e da dinamize e agora uso o email marketing da Geekle – http://www.geekle.com.br – com certeza o mlhor até agora, a mensagem chega na caixa de entrada e tudo mais…

    Responder
  5. Wanderlei Bonifácio

    Só no Brasil mesmo.

    Quando você assiste o GUGU e ele para o programa para falar da MICROLINS seria SPAM?

    Quando você assiste o FAUSTÃO e ele para o programa para falar da MAGAZINE LUIZA, BRADESCO seria SPAM?

    Quando você assiste o HOJE EM DIA e a Anna Hickmman e Brito Junior param para falar da WALITA, CACAU SHOW etc…seria SPAM?

    Quando você escuta a Rádio JOVEM PAN e os apresentadores para para falar do BANCO SUDAMERIS, REAL, PLANO DE SAÚDE LINCX seria SPAM?

    Quando você recebe um FOLHETO OU JORNALZINHO no farol seria SPAM?

    Quando você vê um OUTDOOR com exceção de SP capital que agora é proíbido graças ao incompetente prefeito Kassab seria SPAM?

    Quando você escuta o CARRO DE SOM fazendo propaganda de supermercados, eventos etc… seria SPAM?

    Quando você COMPRA UMA REVISTA, VEJA, EXAME, ISTOÉ e nela tem 4 a 5 páginas seguidas de propaganda da VISA, MASTERCARD, AUTOMÓVEIS, BANCOS, isso seria SPAM?

    Quando você COMPRA UM JORNAL NAS BANCAS e nele tem vários anúncios do meio de uma reportagem interessante isso seria SPAM?

    EMFIM, o que é SPAM? Somente email recebido sem autorização?

    E todas essas formas de spam, não seriam também, quando reflito sobre isso me vem algo a cabeça.

    Quem será o maior spammer do Brasil, os trabalhadores que perdem horas de sono criando campanhas, para as pessoas receberem produtos e serviços o conforto de casa, ou a REDE GLOBO, SBT, RECORD, RADIOS DO BRASIL, JORNAIS E REVISTAS ….?

    Eu diria, nenhum nem outro. Pois todo o cidadão tem o direito de expressão, de ir e vir, se vc não quer ver a propaganda na:

    TV – Muda de Canal.
    Rádio – Muda de Estação.
    Revista e Jornais – Muda de página.
    Outdoor – Não olhe.
    Folhetos e Jornais no Farol – Não pegue.
    Carros de Som – Não preste atenção do que diz.

    Por último recebeu um email e não gostou? DELETE

    É seu direito deletar, o que não pode existir é restrição para email e não existir para outros veículos de informação.

    Brasileiro é criativo mesmo, ainda por cima estão criando uma lei que já existe desde 1988…

    Forte Abraço
    Wanderlei Bonifácio
    Mestre em Administração

    Responder
    • marino andrade

      a wanderlei Bonifacio
      Parabens pela forma de se expressar.
      cara parece que a unica pessoa aqui sensata e voce
      tudo deixa de ser o que parece quando se paga fartamente

      Responder
      • wanderlei bonifacio

        Mariano, vc tem toda a razão, com poucas palavras você matou a charada, obrigado pela resposta. Forte abraço.

        Responder
    • Frank Marcel

      Wanderlei, vou aproveitar uma deixa sua para um comentário:

      “Por último recebeu um email e não gostou? DELETE”

      Verdade. Recebeu um email e não gostou, delete. Recebeu 2. Delete. 3? 4? 20? … Este tipo de coisa gera bad branding – a marca passa a ser mal vista.

      Pense: se na porta da sua casa ficasse um representante de uma marca que todo dia tentasse te vender o produto dela, que não te interessa, você ia ficar com raiva, não só da pessoa em si, como da própria marca.

      É importante pesar esses fatores, com as suas considerações e as do artigo.

      Responder
      • wanderlei bonifacio

        Frank, isso é uma verdade, quando eu não quero ouvir uma propaganda na rádio, tv ou email simplesmente mudo ou deleto, obrigado pelo comentário, abraço…

        Responder
      • Wilson

        Se email não autorizado é spam, qualquer propaganda não autorizada que venham em revista, jornal e TV, também é spam, porque não pedi as propagandas quanto comprei o jornal, revista ou estou assintindo TV.
        Ou melhor, tudo é spam, ninguém faz propaganda, as empresas não são vista, não vendem e todos perdem o emprego. Isso é maravilhoso, o que movimenta uma empresa são as vendas, como ter vendas sem propaganda?

        Responder
        • João Carlos

          Já dizia o velho ditado… “propaganda é a alma do negócio”…

          Abraço!

          João Carlos

          Responder
    • Mariano

      cara o você disse tudo, nunca tinha parado pra pensar macro igual você. Parabéns!!!!

      Responder
    • Edi

      É moda as pessoas dizerem que a caixa de e-mail está lotada (no fundo, a maioria acha isso até bonito) e daí reclamam de propagandas, spam. O que há demais em receber propagandas por e-mail? Eu simplesmente apago somente lendo o título. Olha, até hoje eu aprendo muito abrindo vários spans, pois quando o assunto me interessa, faço várias pesquisas sobre o assunto. Não consigo ver spam como algo tão grave, tão terrível quanto dizem.

      Responder
    • Dino Soares

      Olá Wanderlei Bonifácio

      Concordo com você em número, gênero e grau.

      Eu penso que spam é quando o cliente/pessoa recebe vários emails iguais na sua caixa de entrada no mesmo dia. Se ele receber um email com a opção de deletar não acho nenhum inconveniente.

      Nós somos bombardeados com excesso de comerciais de toda natureza em todos os meios ou mídias e ningem comenta nada, como exemplo propaganda eleitoral fora da época de eleições (TRE) etc, nos entopem de coisas inúteis, más quando fazendo uma campanha séria por email marketing vem com politicas de spam.

      Acho que é uma propaganda invísivel dos servidores contra o acúmulo de emails passando por suas máquinas (não há estrutura de hardware) sem que recebam nada por isso, no caso se viessem a receber não haveria essa balela de spam. É tudo uma questão financeira.

      Grande Abraço

      Dino Soares
      Consultor em Comunicação e Marketing

      Responder
  6. wanderlei bonifacio

    Olá Pessoal, mais uma vez eu aqui, meu nome é Wanderlei Bonifácio e gostaria de INFORMAR AOS DESINFORMADOS que li em alguns comentários acima dizendo que poucas pessoas abrem o SPAM.

    http://www.rastronaweb.com.br/site/noticiadahora.html

    Nesse link acima tem uma reportagem da Fecomercio que aponta que 54% dos e-consumidores abre spam.

    Nada mais a declarar.
    abraços

    Responder
    • Frank Marcel

      3 pontos:

      1. 54% abriram emails em suas “Caixa de Entrada”, “Caixa de Entrada” e “Spam” ou “Spam”?

      2. “Se existe o envio de spam é porque existe demanda” – existe demanda, mas por parte do consumidor ou da empresa que deseja acessar os consumidores de toda forma?

      3. Qual a noção de SPAM utilizada pela Fecomercio? Foram consideradas campanhas opt-in (a pessoa escolhe receber a newsletter), foram desconsideradas as campanhas opt-in (que caracteriza melhor o SPAM), foram considerados os dois casos?

      Acho que é possível aprofundar sobre a pesquisa e os resultados.

      Responder
  7. Bruno

    Boa tarde, sou novo neste mundo de design e web marketing, e tenho aprendido apenas a fazer pesquisas, mas ainda não consegui entender como faço para que os meus mails não vão para spam.
    eu crio e-mails no DreamWeaver, e lanço com o maxbulk (para mac). Tenho autorização dos clientes para receberem a publicidade, mas 80% queixa-se que da primeira vez vai sempre para spam..
    existe algum código html para “demonstrar qualidade e veracidade”
    de tipo colocar um decreto de lei, ou um link para anular a inserção na base de dados?
    Obrigado e parabéns pelo post, deu para perceber mais um pouco

    Responder
  8. Fernando Emmanoel Borba

    José Mario,

    Você tem toda razão, as pessoas estão procurando conteúdo. Mas gostaria de deixar meu ponto de vista. O conteúdo escrito apenas para encher espaço, sem também não é interessante. Por exemplo, recebo o e-mail marketing da CompraFácil.com, e eu gosto de receber. Vem só propaganda. O que eu gostaria é de podemos diminuir a frequência.

    Parabéns e obrigado pelo artigo.

    É isso, abraço!
    Fernando

    Responder
  9. Thiago Fernandes

    Interessante o artigo e os adendos nos comentários.
    Mas afinal, já está proibido por lei e-mails não solicitados?
    Em caso positivo, existe histórico de punição aqui no brasil, como está sendo a transição?

    A meu ver o mercado vai ficar nas mãos dos grandes geradores de conteúdo. Assim sendo, pequenos negócios pouco se aproveitarão das técnicas. Perdi algo? Seria o soft-opt-in?

    Responder
  10. RICARDO GENTIL

    Gostei muito das dicas, não sabia que propaganda era considerado spam se enviado sem a pessoa consentir.

    Responder
  11. Vicenzo Berti

    Cara, perfeito seu artigo!
    É impressionante como o o mercado de maus profissionais conseguiu trocar facilmente o termo SPAM por webmarketing ou emailmarketing. Claro que sei a diferença, mas como comentou um amigo acima, “vai explicar isso para os clientes”.
    Sucesso em suas atividades!

    Responder
  12. Diego

    Querido Jose Mario.

    O problema, não é receber 1 email de propaganda é receber 300 por dia! fora os q vem com virus

    Minha conta do gmail por exemplo..eu excluo todos os spam as 18:00 de hoje…amanhã as 12:00hs..já vai ter uns 270 + ou -.

    Seria como se o GUGU parasse o programa por 50x p/ falar do anunciante.

    o problema não é 1,se fosse 1 passaria despercebido.O problema são os milhoes, sem contar nos virus, que vem com a pura e unica intensão de nos ROUBAR!!!

    E os servidores, coitados! vc não deve ter conhecimento em hospedagem de sites etc.

    Envio de email em massa trava td!

    Vc lenvatou um ponto interessante..q eu realmente ñ tinha pensado(caso da tv, jornal, etc)…mais isso seria generalizar td.

    Responder
  13. Carlos

    Muito interessante o artigo. Estou usando um sistema gratuito chamado SendSonic http://www.sendsonic.com muito completo e profissional. Até agora só tive resultados positivos mesmo na versão gratuita. Fica a dica para os colegas!

    Responder
    • Luiz Carlos

      Carlos, gostaria de saber como CADASTRAR nesse site que você indicou, pois a acessá-lo, já pede direto o nome de usuário e a senha. Obrigado

      Responder
  14. Leônidas Filho

    Prezado, parabéns pela sua matéria. Tenho uma duvida quanto a esse processo de mailing, olha o que pode ser feito para que os cliente não receba os e-mail na caixa de spam? Tenho um serviço de mailing ativado hoje pela Tecontato, porém muitos clientes estão reclamando que os e-mails vão direto para caixa de spam ou lixo eletronico, tem como controlar isso?

    Obrigado
    abraços

    Responder
  15. Robert Martim

    Eu tenho lido muito sobre o assunto, pois tenho meu negócio na Internet. Mas me incomoda ouvir um fato: os grandes podem fazer. Com isso quero dizer o seguinte, empresas como Dell, Walmat, etc, cansam de me enviar nao somente e-mails mas também cartas. No caso do Walmart, recebo por e-mail e da Dell por correios.

    Nunca comprei nada de um ou outro, mas acho muito mais grave saber que meu ENDERECO FÍSICO foi parar nas maos da Dell, enquanto recebo emails do Walmart.

    Responder
    • Vivian Assis

      Roberto você sabia que existe empresa que vende lista com nomes endereços de clientes?Pois é quando você preenche algum cadastro por ai está sujeito a esse tipo de coisa.Acredito que por causa disso muitos bancos enviavam cartões de crédito para os clientes que nunca havia solicitado.Ainda bem que isso foi proibido. Pode ter sido seu caso.É como foi citado em um comentário acima.Receber um spam ainda vai agora um monte é complicado.Gasta-se mais tempo apagando spam do que lendo e-mails.

      Responder
      • Tercio Rocha

        Não concordo, pois basta clicar em excluir definitivamente e todos os Spam desaparecem em segundos, não é preciso apagar um por um.

        Responder
    • Edi

      Falou tudo. Dos grandes ninguém reclama, até gostam. Mas dos peguenos, todos falam mal. Estou iniciando um negócio, e vou usar sim uma lista com milhoes de e-mails para divulgar meu negócio. Se 1% responder, já será eficaz. E ponto.

      Responder
  16. Cícero Alves da Silva

    Boa Tarde, possuo um site de classificados, e tenho uma questão a fazer:
    Como posso fazer com que milhares ou milhões de pessoas conheçam o meu site, uma vez que é um site novo e não possuo ainda clientes cadastrados, ou seja, não posso enviar e-mail marketing, e a prática de Spam é proibida?

    Responder
  17. renata do carmo

    Pessoal
    bom dia
    tenho uma dúvida: como o seo pode ajudar a indexar um site no google através do email mkt? Pois entendo que o mesmo fica na caixa postal do usuário e converte em visitas. Há algo além disso de forma concreta que posso fazer no html do email mkt?

    abraços,

    Responder
  18. Vivian Assis

    As pessoas pelo visto sempre inventarão mil desculpas para fazer o que é errado achando que faz o certo né.Acontece que as propandas de televisão são patrocinadas então se o o Gugu ou apresentador para o programa para fazer propaganda saiba que os dois lados estarão sendo beneficiados.o problema é que no Brasil ainda não existem leis específicas que punem tais práticas pois ainda não há leis para internet, mas vale o bom senso nessas horas.As pessoas deveriam saber que hoje em dia os provedores de acesso de e-mails em sua grande maioria já possuem anti-spam ou seja se você enviar 1 milhão de e-mails apenas 5% realmente chegarão a caixa de entrada do cliente e o resto irá para caixa spam ou lixeira e poucas pessoas entram nessas opções além do que você pode ser denunciado por spam e perder sua conta de e-mail.Será que vale a pena tudo isso??Sem contar que os cliente odeiam receber tais e-mails é tão abominado quanto as ligações de telemarketing.

    Responder
    • Vivian Assis

      Ah mais um detalhe alguns clientes até abre alguns e-mails spam mas será que o cliente irá dar importância para algo que ele nem sequer está interessado??que ele não pediu e nem sabe quem é você?Não seria mais inteligente enviar uma newsletter para um público segmentado?Por exemplo se eu tenho uma acadêmia de ginástica e envio e-mails semanais para clientes que me autorizaram a enviar dicas sobre saúde, nutrição, não é mais eficiente que enviar spam para alguém que odeia academia?É isso que o spammer faz sai atirando a esmo, sem saber que como atingir seus objetivos com eficiência.Não compensa tanto esforço para pouco resultado.

      Responder
  19. Diego

    Boa tarde … ótimo artigo,

    Gostaria de saber se posso divulgar seu artigo no meu site e manter seus créditos.

    Estou criando uma ferramenta de email marketing e gostaria de colocar algo explicando essa diferença e axei seu artigo muito bom..

    Aguardo retorno .. Obrigado

    Responder
  20. Marcus

    Muito interessante o artigo, e achei muito mais interessante os comentário sobre o mesmo. O comentário feito sobre as propagandas veiculadas em jornais, revistas, televisão e etc tem seu fundo de verdade, pois quando compramos os jornal queremos ver notícia e não propaganda, quando ligamos a televisão queremos ver uma programação interessante e não propaganda.

    Algumas redes de televisão tem abusado da quantidade de anúncios publicitários, chegando ao absurdo de em alguns programas mais de 40% do tempo que o mesmo fica no ar ser propaganda. Temos a opção de mudar de canal.

    A menina acima, Vivian, comentou: “As pessoas pelo visto sempre inventarão mil desculpas para fazer o que é errado achando que faz o certo né.Acontece que as propandas de televisão são patrocinadas então se o o Gugu ou apresentador para o programa para fazer propaganda saiba que os dois lados estarão sendo beneficiados”. Aí eu pergunto, eu como telespectador estou sendo beneficiado em que?

    Acredito que você esteja querendo dizer a rede de televisão e a empresa que anunciou. Por que o telespectador não pediu pra ver nada, não ganhou cachê, não ganhou desconto por compras, enfim essa sua explicação não tem lógica.

    Recebo milhares de emails que não solicitei de grandes empresas, e digo isso com total certeza, pois sempre que preencho um cadastro em lojas virtuais se existe a opção de não receber emails eu vou lá e seleciono. Porém de nada adianta, recebo do mesmo jeito, de Walmart, entre outros, sites de compra coletiva e etc. Da mesma forma que na televisão eu vou e deleto quando não quero ver.

    Porém se não desejo ver e receber mais emails daquela empresa é simples, bloqueio o email daquela empresa para não receber mais emails dela. Essa opção nós não temos na televisão, rádio, revista, jornal e etc.

    Pois na televisão, rádio se eu não quiser ver mais uma determinada propaganda em um canal não tem o que fazer ou você muda de canal ou então é obrigado a ver aquilo milhares de vezes.

    Responder
  21. Anderson Rosa

    Olá, Sou Anderson Rosa e trabalho como estoquista em uma empresa de peças de Vedação. Curso atualmente design gráfico, e estou num projeto junto à empresa na implantação do Email Marketing. Pesquisei bastante sobre o assunto, e vi que terei que usar de uma ferramenta paga para este tipo de envio, já que se eu mandar pelos emails comuns, meu conteúdo pode ser considerado um SPAM, surtindo efeito contrário á nossa impressão. Qual a Melhor maneira de começarmos esta implantação? E esta informação é mesmo correta?

    att

    Anderson Rosa

    Responder
  22. Deivid L.

    Olá aimigo seu site é muito legal
    Gostaria de saber se fosse possivel enviar um email q possuisse uma opção para assinar newsletter mesmo assim os emails iriam para a caixa span?

    Responder
  23. wadi silva

    há maneiras bem inteligentes de tornar seu e-mail marketing atrativo. O título ou assunto, conteúdo interessante e que seja rápido de ler e entender.
    Agregar informações de interesse do publico alvo é tambem algo que pode fazer com que a taxa de conversão seja bem maior.
    Creio ainda que os que criticaram , de alguma forma ou em algum momento tirou proveito de algum e-mail tido como spam, e fez compras ou se informou.
    Moralizar é necessário, mas querer descontinuar esse modelo de abordagem acho muito radical.

    Responder
  24. Raphael Andrade

    Vale salientar que: existe artificio técnico para elaborar milhares de emails “ditos como spans” sem prejudicar sua marca e preservar o Branding.

    Concordo plenamente que “Já no email marketing, os emails são enviados com o consentimento do dono da conta e existe a opção de cancelar o envio destes emails, ou seja, no email marketing a pessoa quer receber seus emails, o que significa uma audiência interessada no que você tem a expor.”

    Por isto mesmo sempre acreditei que num website corporativo devemos obedecer de forma evidente aos princípios expostos neste artigo escrito por Sr. José Mário.

    Alerto que INTERNET, TV, RÁDIO e JORNAL são meios de comunicação socia e isso não é novidade para ninguém. Fica fácil comparar TV e Internet. Mas garanto que fica complicado comparar TV com Email. Temos de ter cuidado com estas comparações radicais. Os projetos publicitários das empresas devem ser engajados com muita responsabilidade… uma tomada certa levanta um pouco, mas uma tomada errada detona muito, mas muito mesmo!

    TV = Meio
    Apresentador = Emissor
    Propaganda = mensagem
    Canal da TV = Canal
    Público Geral = receptor

    Os emails não tem o mesmo fundamento que uma TV!
    Podemos comparar o email como sendo mais num tipo de “Caixa de Correios de Metal que se utiliza na porta de sua casa/propriedade” que sofreu uma revolução dentro da tecnologia.

    Afinal, seus avós gostariam de chegar em casa e ver sua “caixa metálica de correios” com 99% das cartas sendo de propaganda e apenas 1% das cartas sendo de seu interesse? Enfim, eles teriam que ler todos os remetentes um por um! Se o remetente for de seu interesse, ótimo. Se não for, sua empresa multinacional irá para o lixo junto com a carta das empresas “biscates”.
    -> Sua empresa indo ao lixo.

    Repetindo, vale salientar que: existe artificio tecnico para elaborar milhares de emails “ditos como spans” sem prejudicar sua marca e preservar o Branding…

    Gostaria de mandar um abraço para Frank Marcel e José Mário.

    Responder
  25. Edu

    Esta questão de e-mail = Tv muda para cada um. Só não concordo com a idéia de que é “feio” mandar email. Eu particularmente, mudo de canal imediatamente na propaganda. A mesma coisa faço com e-mails que não me interessam. Não tenho raiva. Tem épocas que aquele email que não interessava, passa a interessar se estou procurando um produto/loja do email.

    Responder
  26. Atilio

    Galera, muito bom esta materia, mas alguém sabe qual o prazo, de tempo devo programar o envio para que o servidor não reconheça que estou enviando direto?? ate mais!

    Responder
  27. Fabio Umpierre

    OLá,

    Parabéns pelo artigo, muito objetivo e com dicas claras para serem aplicadas logo de cara, nos dias de hoje quem comete spam é por malicia mesmo não é por ignorância, digo isso porque existe muito conteúdo de qualidade na internet mostrando como fazer as coisas de forma profissional,

    Grande abraço!

    Responder
  28. Luiz Carlos

    Muitas observações sobre o texto, mas entendo que o assunto caiu no vazio: afinal COMO FAZER EMAIL MARKETING E NÃO SPAM. Pelo que entendi, o artigo fala da ética, mas e a ferramenta? Qual usar? Existe ferramentas gratis que realmente funcionam? E as pagas? Alguma indicação? Vi um comentário (obvio, que não está no texto do artigo) que fala de um gratis, mas não tem como acessar, pois de cara pede login e senha, sem a opção de CADASTRO (?????). Valeu a tentativa de ajudar. Acho honestamente que faltou OBJETIVIDADE do conteúdo com relação ao assunto. Que me perdoe o autor.

    Responder
  29. Anderson

    Boa noite. Gostaria de enviar e-mail vários contatos, mas pode causar spam, a pessoa q receber meu e-mail será spam?
    como isso sempre acontece, eu enviei umas 10 contatos na faculdade, e elas receberam meu arquivo dentro da pasta no lixeira e não caiu no caixa de entrada, enviei pelo hotmail mesmo, onde no hotmail é recebido pela pasta de “lixo” e no yahoo tem pasta chamado “spam”. Após enviar e-mail’s veio retorno na caixa de entrada, dando erro de enviar.

    Responder
  30. Bruno Oliveira

    Começar uma campanha de Email Marketing é uma ótima maneira de manter clientes atualizados e conseguir um bom retorno, desde que seja de feita de uma forma segmentada e para pessoas que realmente tenham interesse no conteúdo, em meus artigos também tento passar sempre boas dicas de otimização de Emails publicitários, excelentes dicas

    Responder
  31. Isabel

    Gostei muito dos comentários que li aqui, eu mesma recebo muitos e-mails e só deixo os que vão ser uteis para meu trabalho o que não me interessa deleto vejo que estou no caminho certo

    Responder
  32. Marcelo

    Simplesmente fantástico o artigo, há quem diga que o E-mail Marketing morreu, quem disse isso com certeza não soube usar as estratégias corretas. Uso o MailChimp há anos, no inicio senti dificuldades, e por isso resolvi criar um curso Online pra ensinar passo a passo a dominar a ferramenta MailChimp.

    Quem quiser conhecer vale a pena :)

    http://www.cursodemailchimp.com.br

    Responder
  33. Renato

    Diogo, realmente este é Ótimo, eu uso a algum tempo.. diferentes desse que vimos por aí, ele coloca os emails na caixa de entrada!

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>