Como Aumentar a Conversão Através de E-mail Marketing

Você já parou para pensar que o e-mail marketing pode ser uma excelente fonte de conversão para o seu negócio? Saiba que existem algumas técnicas que você pode aplicar em seus e-mails para aumentar sua taxa de conversão. Ficou interessado? Então, dê o play no vídeo abaixo e anote todas as dicas!

Famoso Case de Sucesso

Uma das maiores sacadas de conversão através de e-mail de todos os tempos, surgiu de um investidor do Hotmail, que após ver algumas campanhas de marketing serem realizadas sem sucesso, sugeriu que no final de todo e-mail enviado através do Hotmail, incluísse a frase: “PS, eu te amo! Faça sua conta grátis no Hotmail” no rodapé das mensagens.

A partir dessa simples e poderosa técnica de growth hacking, a ferramenta conseguiu sair de poucos usuários, para mais de 12 milhões de pessoas que já utilizavam o Hotmail, em apenas 18 meses de existência.

Como Aumentar Suas Conversões?

Assim como o Hotmail soube aproveitar o poder do CTA (call to action) para alavancar sua base de usuários, você também pode promover chamadas para ações do usuário em suas campanhas de e-mail marketing. Muitas das vezes, enviamos apenas e-mails informativos, os quais não convidam o usuário para nenhuma ação. Nesses casos, você perde uma grande oportunidade de aumentar suas conversões.

Hoje em dia, podemos comparar o template de um e-mail a uma landing page, onde o foco principal deve ser a ação do usuário diante de uma informação. Por isso, explore bem os links e as demais chamadas de ação que o usuário deve realizar, para que você possa convertê-lo no início, no meio, no final ou até mesmo no “PS” do e-mail, tal como o próprio Hotmail fez.

Nem sempre uma chamada para ação precisa ser um link externo. Você pode, por exemplo, convidar o usuário a te adicionar no WhatsApp, para que você possa enviar dicas e sacadas exclusivas, ou ainda, pedir para ele te seguir no Snapchat, a fim de acompanhar o seu dia a dia.

Você também pode utilizar o e-mail marketing para fazer o “gancho” para outro e-mail que o usuário irá receber ou ainda para promover um evento ou lançamento que irá ocorrer em breve. Frases do tipo: “Fique atento ao e-mail que eu lhe enviarei depois de amanhã” ou “Clique aqui para se registrar automaticamente e ser avisado em primeira mão sobre a promoção que realizaremos” costumam funcionar muito bem.

Exemplos Práticos

Aqui na Agência Mestre, exploramos muito o CTA dentro dos e-mails. Os links e demais chamadas para ações do usuário que promovemos, nos rendem excelentes conversões.

Exemplo 1

Na imagem abaixo, você pode observar uma chamada para ação que promovemos no “PS” do e-mail, convidando o usuário a assistir um vídeo em nosso canal do YouTube. Nesse caso, ainda utilizamos a questão da prova social para potencializar os cliques, exibindo o depoimento de pessoas que já viram e gostaram do vídeo.

PS com CTA e Depoimentos

Exemplo 2

Em outro exemplo, mostramos a você como fazemos a chamada para a ação, convidando o usuário a assistir a um vídeo e a inscrever-se em nosso canal do YouTube para não perder nenhuma novidade.

CTA em E-mail

Exemplo 3

Você também pode convidar o usuário para responder o e-mail, caso ele tenha ficado com alguma dúvida ou queira fazer uma sugestão. Esse modelo funciona muito bem e as pessoas sentem-se mais motivadas a interagir.

CTA em E-mail

Conclusão

Não perca a oportunidade de chamar as pessoas que recebem seus e-mail para realizarem uma ação. O e-mail marketing é uma ferramenta muito poderosa e você pode gerar mais conversões para o seu negócio de forma simples e eficiente. Através do e-mail, você pode direcionar tráfego para o seu site, canal do YouTube, redes sociais e muito mais! Aproveite essa dica e implemente essa estratégia hoje mesmo!

Sucesso!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>