MestreTV Episódio 45 – Como Fazer Um Fluxo De Nutrição Matador On-Line

Olá, Leitores da Mestre. Como estão todos?

Provavelmente você já deve ter ouvido falar muito em fluxo de nutrição. Mas, será que você sabe para que ele serve?

É isso que o nosso CEO, Fábio Ricotta, vai explicar no vídeo dessa semana. Vamos assistir? Então, é só dar o play!

Em um dos nossos vídeos anteriores, o Fábio já falou o que são leads, como funciona a jornada do consumidor e como atraí-los para o seu negócio. Agora, chegou a hora de falarmos sobre o que você faz com esses leads conquistados.

Você sabe o que é Fluxo de Nutrição?

No marketing digital, quando uma pessoa chegou até o seu negócio ou mostrou interesse em algum material seu, dizemos que é o momento de fazer o fluxo de nutrição (ou Nurturing). Ou seja, você tem que fazer a pessoa percorrer todo um conhecimento para ela ficar interessada no seu produto ou serviço no final da jornada.

A base de todo o processo de nutrição é conseguir atrair um lead qualificado, realmente entusiasmado com a sua marca e que se encaixe no perfil da persona que você quer para o seu negócio. E, como já falamos tantas outras vezes aqui no blog, uma das maneiras de conquistar a atenção desse público qualificado é por meio da oferta de materiais ricos, tais como e-books, webinars, entre outros.

A ideia é que após a pessoa baixar o seu material rico, ela caia na sua ferramenta de automação de marketing. Depois disso existem várias possibilidades. O mais comum é que você faça a nutrição de e-mails por qualquer ferramenta de e-mail marketing, entre as quais podemos destacar:

  • RD Station: Ferramenta brasileira largamente utilizada aqui na Mestre.
  • LeadLovers: Ferramenta brasileira muito usada para negócios de internet marketing, afiliação, produtores digitais, entre outros.
  • HubSpot: Ferramenta americana muito utilizada no mundo todo.
  • Ifusionsoft: Um software de grande escala mundial.

Mas, afinal, como transformar um lead em um cliente?

A partir do momento que você colocou os leads conquistados por meio do seus materiais ricos em uma ferramenta de automação de marketing, é preciso aperfeiçoar ainda mais o seu relacionamento e fazer com que esse lead tenha ainda mais conhecimento para que, quando ele começar a considerar a compra, ele lembre da sua marca.

Pegando como exemplo uma empresa que ofereça serviços de manutenção de autos. Para fazer esse processo de nutrição de leads, ela poderia seguir a seguinte estratégia:

Ela pode fornecer um E-book com o tema  “10 cuidados que você tem que ter com o seu carro antes de viajar”. A partir do momento que as pessoas se cadastram para baixar esse material, você já sabe que existe uma pré-disposição delas em viajar de carro em breve, logo, elas precisarão fazer a revisão do seu veículo. Assim, com o e-mail dessas pessoas em sua base, você pode começar a mandar conteúdos que reforcem a importância de realizarem esse tipo de serviço com uma empresa especializada. Consequentemente, você poderá oferecer o seu serviço, já que essas pessoas estarão bem mais suscetíveis a contratar o seu trabalho.

Dessa forma, podemos dizer que o segredo do fluxo de nutrição está em criar uma “dor” no seu público, em despertar uma necessidade nas pessoas que elas nem sabiam que elas tinham, para poder ofertar uma solução, que no caso será o seu produto.

Gostou ? Então, aproveite para baixar o nosso E-book sobre Como Produzir Materiais Ricos. É só clicar no banner e fazer o download!

aprenda-a-produzir-materiais-ricos

Aproveite também para se inscrever no canal do Mestre Academy no Youtube e não perder nenhum vídeo novo com dicas de marketing digital, empreendedorismo e muito mais!

Uma ótima semana e até a próxima!

 

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>