Cobertura SMX East 2009 – Dia 2

Olá leitores da Agência Mestre!

Começamos mais um dia de SMX East e estamos cheio de informações para compartilhar. Caso você tenha perdido, ontem realizei a cobertura do primeiro dia do SMX East, vale apena dar uma olhada na versão final do artigo.

Então vamos a cobertura de hoje e acompanhe a alteração deste artigo ao longo do dia:

Ecommerce Search Marketing Tactics

Eli Goodman
Search Evangelist, comScore, Inc.
Ele mostrou que a quantidade de pessoas que compram através de uma busca na internet subiu de 14.9% para 15.7% do Q2 2008 para o Q2 2009. Mostrou ainda que as marcas são os “reis” dos search engines e os termos long tail são mais utilizados em sites de comparação de produtos. Mostrou ainda sites que oferecem cupons cresceram 37% em visitas e que as buscas no Youtube aumetam 41% ano a ano. O Youtube possibilita anuncios de marcas em palavras long-tail, é uma oportunidade excelente de investir na sua empresa.

Karon Thackston
President, Marketing Words
Ela começou mostrando alguns fatos, focando na importância da página de categoria:

  • A maior parte da atenção ao design é colocada em páginas de produto e na página inicial do website
  • Somente 40% dos visitantes chegam através de sua pagina inicial
  • Cerca de 60% dos visitantes que chegam através das páginas de produto deixa o site imediatamente
  • Somente 33% dos visitantes de páginas de categorias deixam o seu site imediatamente

Uma boa dica que ela deu foi adicionar texto na sua página de categorias, explicando-as, assim como adicionar produtos relacionados logo abaixo de outros produtos.

Sempre pense nas páginas de categorias como landing pages, onde a oportunidade de ouro é otimizar estas paginas de categoria e sub-categoria para os search engines e usuários, pois você conseguirá mais visitas, mostrando sua marca para os seus visitantes e desta forma você aprimorar a experiencia do usuário no seu website.

Khalid Saleh
Co-Founder & President, Invesp
Ele iniciou a palestra mostrando as 10 empresas que mais convertem nos EUA. Em seguida, deu algumas dicas:

  • Foque nas suas top landing pages;
  • Foque em paginas com alto bounce rate/exit rate;
  • Foque em paginas que trazem maior volume de vendas e ganhos;
  • Segmente o seu trafego, desta forma você conseguirá analisar os dados acima para cada tipo de usuário ou referência.

Ela ainda ressaltou algumas dicas para aumentar a sua conversão:

  • Analise o seu bounce rate e as páginas com maior bounce rate em relação ao bounce rate médio do seu website;
  • O seu bounce rate deve ser menor que 5% se você tiver um funil de navegação efetivo;
  • Analise as suas paginas de categoria, veja se elas estão funcionando para os visitantes e se tem um bom visual;
  • Em geral o objetivo é obter 10-15% de adição de produtos no carrinho de compras. Se os seus itens custam menos de $100 então a taxa deve ser de 20-25%. Muitos websites possuem cerca de 1% apenas.

Adam Audette
President, AudetteMedia, Inc

Ele falou um pouco de boas práticas de SEO para o seu site, onde ter um tempo de carregamento de páginas baixo ajuda na indexação pelos search engines, assim como aumenta a experiência do usuário.

É muito importante que você consiga melhorar a velocidade de carregamento utilizando conteúdo comprimido, diminua os redirecionamentos e utilize a Y! Slow para monitorar como está o carregamento das páginas.

Outra boa dica é ficar atento ao conteúdo duplicado pois podem prejudicar a sua indexação e espalhar o seu juice, você pode aplicar Canonical Tag e redirecionamentos 301.

Laura Thieme
President, Bizresearch
A idéia da palestra é como diminuir os seus gastos com PPC, para isto, analise palavras-chave que não geram conversão, analise também, as palavras-chave com custo mais alto do que o ganho que você tem com ela, e utilize palavras negativas na sua campanha. Com isto é possível aumentar o seu CTR e CVR, onde investindo cerca de 4-6 você é possível fazer uma limpeza na sua campanha de PPC.

Jiyan Wei
Director of Product Management, PRWeb
Começou falando das notícias mais populares do PRWeb. Recomendou o uso de imagens em notícias(PR) pois aumentam 15-25% o CTR nos SERPs. A utilização de vídeos em notícas também aumentam o tempo de permanência na página. Utilize nos seus Press Releases as mesmas técnicas de otimização que você utiliza nas suas páginas, otimizando: Anchor Text Links, ALT, URL Keywords, Description, Title.

Ask The Search Engines: Best Practices Edition

Maile Ohye
Senior Developer Programs Engineer, Google Inc.

Sempre retorne um erro 503 quando o seu servidor estiver em manutenção. Não invente uma técnica como desabilitar o seu site no robots.txt ou ainda retornar página com o código 404. Retornando o código 503, o Google não irá indexar o conteúdo que você exibir e irá deixar o seu resultado antigo como está.

Caso você utilize o código de if-modified-since no seu website, faça uso do código 304 “Not modified”, desta forma o Google entenderá perfeitamente o recado.

É recomendável você desabilitar através de robots.txt a indexação de páginas de login e de calendários, os quais produzem muitas páginas.

Uma dica para agilizar o carregamento de suas páginas é utilizar scripts externos e organizar o CSS do seu website de uma melhor forma (arquivos externos). Outra boa dica é comprimir suas imagens, desta forma o carregamento da página fica muito melhor e a experiência do usuário melhora.

Caso você utilize a Canonical Tag, ela irá transferir todas as propriedades de link (PageRank) para a versão canonica e esta versão canonica será a única a aparecer nos resultados de busca.

Sasi Parthasarathy
Program Manager, Bing, Microsoft

Ele começou falando da importância de tornar o seu website seguro na web. Em seguida falou que o spam na internet vem crescendo e principalmente em websites .EDU, em blogs e fóruns. A questão que fica é evitar o spam para não perder a sua credibilidade com o usuário.

Em seguida ele citou algumas dicas de segurança, tais como, atualizar as suas senhas frequentemente e fazer upgrade dos CMS que você utiliza no seu website.

No Q&A do painel, o Yahoo! confirmou que não utiliza as Meta Keywords em seu sistema de rankeamento, então, diante disto, nenhum dos grandes search engines dão suporte à estas Meta Keywords.

Ainda no Q&A o Google confirmou que trata a Canonical Tag como trata o 301, em relação ao juice.

Ask The SEOs

Este painel reuniu 7 dos principais profissionais de SEO:

Greg Boser, President and CEO, 3 Dog Media
Bruce Clay, President, Bruce Clay, Inc.
Vanessa Fox, Contributing Editor, Search Engine Land
Todd Friesen, VP of Search, Position Technologies
Rae Hoffman, Owner, Sugarrae Internet Consulting
Stephan Spencer, President & CEO, Netconcepts
Aaron Wall, Author, SEO Book

Abaixo as principais discussões que aconteceram no painel:

Domínios

O painel começou com uma pergunta da audiência falando que ele possui um site em Inglês para os EUA e uma versão em diretório para o Canadá, ao invés de um website com TLD .ca. A dica foi colocar no Google Webmaster Tools que aquele diretório é destinado ao Canadá e em um futuro, considere mover a versão canadense para a TLD .ca.

Conteúdo Duplicado

A pergunta seguinte foi sobre conteúdo duplicado e eles recomendaram o uso da Canonical Tag e a Vanessa Fox sugeriu que você deve se assegurar de que todos os seus links apontam para a versão “http://www“. Eles ainda falaram de cópia de conteúdo e discutiram sobre você processar a pessoa que faz a cópia ilegal do seu conteúdo. O Bruce Clay sugeriu ainda a criação de copyright para proteger o seu conteúdo. Já o Danny Sullivan sugeriu buscar por DMCA no Google, pois existem informações relacionadas a este tema lá nesta consulta.

Fatores de Rankeamento

Em uma nova pergunta, o participante indagou se o bounce rate, tempo na página e outros fatores eram utilizados no algoritmo. A Vanessa Fox afirmou que o Google não obtém informações do Google Analytics, mas a Rae Hoffman disse que o Google obtém informações através do Analytics, Toolbar, etc para acrescentar fatores no rankeamento. O Aaron Wall ainda citou que um servidor instável pode prejudicar os seus rankings nos search engines. Um ponto importante foi o que o Bruce Clay falou é que o bounce rate é facilmente manipulável e seria muito difícil eles adorem como fator de rankeamento. Uma dica que eles deram neste momento foi observar a sua Google Toolbar, se o seu PageRank foi cinza ou branco você pode ter um problema com a página em questão.

Subdomínios

Em seguida alguém da platéia levantou uma questão sobre subdomínios e a Vanessa Fox disse que eles não tem tanto impacto nos rankings em relação aos diretórios. Já o Greg Boser falou que adora utilizar subdomínios e que eles funcionam muito bem mas recomenda utilizar com cautela. Eles discutiram ainda mostrando como o Google e diversas marcas grandes utilizam bem os subdomínios para fazer SERP domination.

Google Caffeine

Levantaram a questão sobre o Caffeine e o que ele pode mudar. A Vanessa Fox acredita que é mais uma mudança de infra-estrutura e um novo índice, mas não um novo algoritmo. O Todd Friesen disse que o Caffeine mudou pouco os rankings. Já o Greg Boser possui uma ferramenta para monitorar o posicionamento no Caffeine em relação ao ranking normal do Google e notou algumas mudanças de rankings. O Bruce Clay afirmou que encontrou algumas páginas mais antigas no índice do Caffeine do que no índice atual, logo o índice atual pode estar atualizando mais rápido do que o Caffeine. Eles ainda notaram algumas diferenças com relação ao Google atual, tais como: não exibição de resultados identados para alguns casos e em alguns casos a página inicial do website é melhor rankeada do que páginas internas mais relevantes. A Vanessa Fox falou ainda que estas variações podem ser devidas ao índice ser mais antigo.

Google Suggest

Em seguida a pergunta da audiência foi como aparecer no Google Suggest. O Aaron Wall disse que se o nome do domínio contiver a palavra-chave pesquisa, pode ajudar a aparecer no Google Suggest.

Ask The Link Builders

Em seguida começou o painel sobre Link Building, com:

Rae Hoffman, Owner, Sugarrae Internet Consulting
Debra Mastaler, President, Alliance-Link
Eric Ward, CEO, EricWard.com

Links de Diretórios

A primeira pegunta foi sobre se links em diretórios podem prejudicar os rankings do seu website. Eles afirmaram que a menos que você tenha apenas links de diretórios, isto não irá lhe prejudicar.

Links Externos

Uma dica dos palestrantes: não monopolize o seu link-juice não linkando para sites externos. Compartilhe com a internet, pois é assim que ela funciona.

Cross-Linking

Uma nova pergunta da platéia sobre interlinkagem de websites da mesma empresa. Ele disse que para uma pequena empresa não haverão problemas, desde que sejam 3-4 sites interlinkados e não 400.

As Melhores Práticas/Piores Táticas de Linkbuilding

Perguntaram aos palestrantes quais as melhores e piores táticas que eles poderia citar. As melhores foram:

  • Torne os seus visitantes em pessoas que criam links para você;
  • Entre em contato com as pessoas que linkam para os seus competidores;
  • Conserte quaisquer problemas na sua navegação interna;
  • Mande emails para os especialistas deles e pergunte sobre onde você pode encontrar mais conteúdo

Já as piores:

  • Não peça links de maneiras ruins;
  • Não faça links para sites ruins.

Nofollow

Os palestrantes deram dicas interessantes sobre o nofollow. Você não deve utilizar nofollow internalmente ou ainda para links externos, pois caso você não queira linkar para alguém ou algum lugar, não faça mesmo. O Eric Ward disse que não importa se os links estão com nofollow ou não pois o Google escolhe qual decisão tomar em relação ao link.

Dmoz

A Debra Mastaler comentou que encontrou com o cabeça do Dmoz recentemente e ele disse que quer “revitalizar” o diretório, voltando a ser o que já foi um dia. O Eric Ward citou que do ponto de vista de rankings, você não precisa de links do Dmoz, pois grande parte das categorias não possui um editor. A Rae Hoffman complementou falando que você deve submeter o seu site e não procurar pensar mais nisto.

Ferramentas de Link Building

Eles foram perguntados sobre as melhores ferramentas para link building e todos citaram que o Google é a melhor delas, onde você possui o maior índice e basta conhecer os operadores avançados que você terá sucesso.

Bom, foi isto o que aconteceu no Dia 2 do SMX East 2009. Amanhã continuaremos com a cobertura no novo artigo.

Se gostaram do artigo então compartilhem com os seus amigos e colegas de trabalho, tenho certeza que eles também irão gostar.

Um abraço!

Divulgue este artigo