Nova Ferramenta: Index Monitor – Identifique Páginas Indexadas

Olá leitores e assinantes da Agência Mestre,

Hoje temos o prazer de anunciar o lançamento de mais uma ferramenta exclusiva para os nossos assinantes ouro. Trata-se da Index Monitor, uma ferramenta que poupará o seu tempo na internet. Se você trabalha com SEO, você sabe a importância de ter as URLs do seu site indexadas pelo Google.

Quando você publica um novo artigo/post em seu blog ou gera uma nova página em seu site, é interessante saber quando essas URLs serão indexadas pelo Google. Verificar a indexação manualmente é um tanto quanto cansativo, além de consumir seu tempo. Pensando nisto, desenvolvemos a Index Monitor, a qual se encarrega de monitorar suas URLs e avisar por e-mail, quando elas forem indexadas pelo Google.

A Ferramenta

O funcionamento da ferramenta é bem simples, assim como a sua interface. Para iniciar o monitoramento de uma URL , basta cadastrá-la e aguardar um momento. A ferramenta Index Monitor se encarregará de verificar, a cada cinco minutos, se a URL cadastrada já foi indexada pelo Google. Quando a ferramenta detectar que a URL foi indexada, o usuário que a monitora receberá um e-mail de notificação.

Interface

Um exemplo da interface da ferramenta pode ser visualizado abaixo.

1) A ferramenta informa o número de URL’s que o usuário está utilizando no momento. Cada usuário pode monitorar até 25 URL’s ao mesmo tempo (se você quiser monitorar mais URLs, entre em contato).

2) Para cadastrar uma URL, basta digitá-la no formulário e clicar no botão “Cadastrar”.

3) Na tabela de URL’s não indexadas, é possível ver as URL’s cadastradas que ainda não foram verificadas pela ferramenta e também as URL’s que já foram verificadas, porém ainda não foram indexadas pelo Google. Vale lembrar que a verificação é feita a cada cinco minutos.

4) Quando uma URL for indexada pelo Google, ela não será mais verificada pela ferramenta Index Monitor e será encaminhada para tabela de URL’s já indexadas.

5) Se você não tem interesse em guardar um histórico de suas URL’s já indexadas, basta clicar em “Limpar Tabela de URL’s já Indexadas”.

Frank, como um profissional de SEO deve encarar esta ferramenta?

Embora a Index Monitor esteja sendo aberta para uso de nossos assinantes hoje, nós já tinhamos a ferramenta livre para uso interno e, obviamente, para fazer testes e podermos lançar uma ferramenta com qualidade para vocês. Meus testes caminharam por verificar algumas situações diferentes:

  • Há bem pouco tempo, minha irmã lançou seu blog no Blogspot (Dicas e Crianças) e eu usei essa ferramenta para monitorar o momento que o Google indexou tanto a página inicial (o próprio domínio), quanto o primeiro artigo, e a partir daí comecei a monitorar alguns rankings para ela. Nessa mesma linha, ontem eu sugeri a Fabiane Lima, nossa Analista de SEO, que cadastrasse seu novo blog (fabianemlima.com) e primeiro artigo, para ser notificada de quando o Google começasse a indexar o blog.

O interessante dessa linha é que você consegue acompanhar a evolução da indexação de um novo site e consegue saber por onde o Google está caminhando e qual conteúdo está sendo indexado mais rapidamente. Em outro momento:

  • Eu acompanhei uma seção do site de um de nossos clientes que não estava no índice de resultados. Havia sinais de que a seção estava penalizada no Google, mas ainda estava em dúvida se não era uma falha de arquitetura ou baixa relevância de backlinks. Após algumas semanas de trabalho, a constatação.

Embora o Google tenha encontrado e indexado páginas com backlinks para esta seção (mais uma vez, utilizei a Index Monitor para as confirmações de páginas indexadas), a seção jamais foi indexada. Como o conteúdo presente nela poderia ter sido alvo de penalização e como a seção acabou não sendo indexada após algum tempo de trabalho, ficou mais do que evidente de que foi um caso de penalização.

A partir daí, mudamos de estratégia e mais uma vez utilizei a Index Monitor:

  • Formulamos um novo conteúdo, dessa vez de qualidade mais controlada, abrimos uma nova seção no site e passamos a monitorar as URLs relacionadas, podendo direcionar esforços para os grupos que estavam demorando mais a indexar.

Com essa nova estratégia, conseguimos a indexação desta nova seção, substituindo a antiga seção penalizada. O direcionamento de esforços para “orientar” o Google na indexação de conteúdo foi fundamental e, hoje, temos um volume de visitas considerável e uma indexação forte da nova seção.

Além desses casos, eu sempre realizo testes no Google e a Index Monitor me ajudou a ver como o meu Twitter é um “index driver”, quer dizer, praticamente todo link que eu mando por lá é prontamente indexado pelo Google – sempre em questão de poucos minutos, quando não é em alguns segundos.

Em testes como o apresentado pelo Riolino aqui na Agência Mestre (vários links para mesma página – artigo para assinantes), a Index Monitor também é fundamental na tarefa de monitorar uma SERP no Google.

Assim, Felipe, esses foram os meus casos de uso dessa ferramenta ao longo do período “beta”, que eu tenho certeza serão muito úteis e essenciais para os profissionais da área que, com certeza, encontrarão ainda outras maneiras de melhorar o próprio trabalho com esta ferramenta e, espero eu, compartilhem conosco!

Conclusões

Um profissional de SEO precisa aproveitar bem o seu tempo, destinando cada minuto que possui para consolidar sua estratégia de SEO. Portanto, quanto mais tarefas puderem ser automatizadas, mais tempo será poupado.

A Agência Mestre possui diversas ferramentas de SEO para auxiliá-lo em sua estratégia. Se você ainda não possui acesso ouro em nosso site, confira já todos os benefícios e torne-se um assinante!

Um abraço e até a próxima!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

3 Comentários para “Nova Ferramenta: Index Monitor – Identifique Páginas Indexadas”

  1. fernando_blk_ht

    Gostei do post, mas me surgiu uma duvida.
    Se no meu Webmaster Tools indica 950 links indexados e 50 nao, como faço para descobrir quais urls de meu site que nao estao indexadas sem ter que colocar os 1000 links nesta ferramenta?
    Existe algum relatorio q mostra isso no WMT sem ser só a quantidade?
    Obrigado, abcs!

    Responder
    • Jessica

      Estou com a mesma dificuldade, Fernando! Tenho cerca de 20 páginas não identificadas, mas só encontro técnicas para ver quais estão indexadas, e nunca técnicas para quais não estão indexadas sem ter que olha uma a uma.

      Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>