Traga Mais Acessos ao Seu Blog com Páginas Estáticas

Boa Tarde, leitores da Agência Mestre!

No ultimo mês eu postei aqui algumas dicas SEO de como aumentar o tráfego em seu blog. Hoje darei mais algumas dicas de como ter mais acessos em seu blog inserindo algumas páginas estáticas.

Pode parecer estranho colocar páginas estáticas em um blog, já que é uma página com conteúdo sempre atualizado. Mas veremos que não é nem um pouco absurdo.

Páginas estáticas serão páginas diferentes dos posts de seu blog. Os posts possuem uma data e são mostrados de forma cronológica. As páginas estáticas são páginas diferentes, ficam separadas com um conteúdo em cada paginas e um link na barra de navegação aponta para elas. Estas páginas só serão atualizadas caso você altere o conteúdo delas diretamente. Nelas ficarão informações sobre você ou sua empresa e algum conteúdo frequentemente referenciado, como um glossário de SEO, por exemplo, seria útil para uma empresa de SEO ou SEM.

Aqui estão as dicas de como ter mais acessos criando páginas estáticas diferentes:

Páginas “sobre” – Talvez uma das mais usadas em blogs, nunca é demais lembrar que essas páginas são extremamente úteis para novos leitores de seu blog.

Páginas de Contato – Eu já havia comentado sobre o quanto é importante ter contato com os visitantes do seu blog, e isso pode ficar ainda mais fácil se você criar uma página especifica para isso. Muitas vezes um leitor não quer só comentar sobre o assunto do post, mas sim fazer um comentário geral sobre seu blog.

Páginas de Assinantes – Ter uma página especifica ensinando como as pessoas podem assinar e receber as atualizações do seu blog vai trazer muito mais assinantes do que o normal. Simplesmente porque alguns não pensariam em fazer isso enquanto visitam seu blog ou porque não saberiam como. Muitos usuários ainda não estão familiarizados com RSS ou podem ficar intimidados com a palavra “assinatura”.

Páginas 404 – Quando alguém chega ao seu blog por um link de uma página que foi excluída é mais interessante que ela veja uma página personalizada de erro 404 do que a padrão do navegador. Isso aumenta as chances do visitante acessar o seu site mesmo não tendo encontrado exatamente o que estava procurando.

Aqui estão apenas alguns exemplos de páginas estáticas que podem fazer parte de seu blog. No link abaixo você pode encontrar mais exemplos de como ter mais acessos no seu site com páginas estáticas.

Fonte: ProBlogger

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

9 Comentários para “Traga Mais Acessos ao Seu Blog com Páginas Estáticas”

  1. Marcos Elias

    Sobre as páginas 404… Tenho uma dúvida sobre o WordPress, não sei se seria cabível postá-la aqui, mas lá vai: ele informa ao cliente o código de erro HTTP 404 ao acessar uma página que não existe? Ou entrega simplesmente uma página com a mensagem de que a página não existe, sem informar que se trata de um erro 404?

    Porque se for na segunda opção, links inválidos continuariam válidos para os buscadores :)

    Responder
  2. Fabrício

    Ao ler o post notei que página estática seria a página que não muda o conteúdo. Gostaria de saber se existe distinção para páginas html e php(que gere html estático) em termos de SEO?

    Responder
  3. Frank Marcel

    Demétrio, é mais o caso de fazer o contrário. Quando alguma página não for encontrada, redirecionar para a página de erro.

    Fabrício, a resposta para a sua pergunta é bem ampla e pode gerar uma excelente discussão sobre php e html.

    A diferença de usar php e não simplesmente html para gerar as páginas de conteúdo é que o php permite que se explore muito melhor o SEO do que uma simples página html.

    No que diz respeito a extensão do arquivo, ou seja, pagina.php ou pagina.html, não existe nenhuma distinção. Os bots de busca simplesmente avaliam o conteúdo no arquivo.

    Abraços!

    Responder
  4. Repolho

    Criei um blogue sem entender muito da coisa, mas queria saber como faço para que mais pessoas o acesse.

    Obrigado.

    Um abraço.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>