Utilizando Microsites a Seu Favor

{+}Olá assinantes da Agência Mestre,

Em muitas vezes o nosso website foca diversos produtos e serviços, fazendo com que um trabalho forte long tails seja fundamental, pois assim você consegue posicionar bem a sua marca nessas diversas consultas que levam tráfego e conversões para o seu website.

A forma mais simples e direta de se alcançar este tráfego de long tail é criar em seu website páginas focadas naquele conteúdo, como por exemplo, em um website sobre criação de sites, uma página indicando o serviço de “temas para Twitter” seria uma boa estratégia para obter-se pessoas que procuram este tipo de serviço.

Mas o problema acontece quando temos diversos websites mais autoritários concorrendo na mesma palavra-chave. Nesses casos, conseguir um bom posicionamento não é tão fácil, mesmo que seja uma long tail. Logo, uma solução interessante é a utilização de algo que o Google considera bastante: domínios.

Repare em algumas buscas no Google, que quando existe um website com a palavra-chave exata no nome do domínio, o Google dá uma certa vantagem para este website nos resultados para aquela palavra-chave. Assim, podemos estender esta idéia para uma estratégia um pouco maior.

Escolhendo o Domínio

A sua primeira tarefa é procurar quais são as principais palavras relacionadas ao seu trabalho e as que mais convertem para o seu website. De posse desta lista, verifique no Registro.br a disponibilidade dos domínios com as palavras-chave. Por exemplo, seguindo a idéia anterior, vamos pesquisar a disponibilidade do domínio “temasparatwitter.com.br”:

Registro de Domínio

Aproveitando a disponibilidade, compre o domínio e ative-o em seu servidor. Ele deve ser tratado como um website à parte e não deve reproduzir nenhum conteúdo que já está em seu website principal.

Criando a Página

Depois de comprar o domínio e ativá-lo em seu servidor web, temos que definir o conteúdo para o mesmo. A primeira regra é NUNCA copiar o conteúdo que você já possui no seu website.

Página Otimizada

Siga os seguintes passos para definir o conteúdo desta página:

  1. O título da página deve conter o nome do serviço e não deve conter o nome da sua marca;
  2. O seu H1 deve conter o nome do serviço;
  3. Inclua uma imagem ao lado do primeiro texto, onde o ALT Text deve conter o nome do serviço;
  4. Crie um texto inicial, onde mencione 1 vez a sua palavra do serviço, um serviço relacionado (se possível) e por fim uma variação do nome do seu serviço;
  5. Escolha um H2 que será acompanhado de palavras como “compre”, “assine”, “leia”, dependendo do seu serviço;
  6. Crie um texto logo abaixo que contenha novamente a palavra do seu serviço;
  7. Crie uma lista de vantagens de por que utilizar o seu serviço;
  8. Insira um call to action no final do texto;
  9. Insira uma imagem com o ALT Text citando o seu serviço;
  10. Coloque um botão abaixo do último texto, com um call to action, indicando ao usuário para ler mais sobre o serviço.

O Passo Importante

O passo mais importante nessa estratégia é que em nenhum momento você deseja que o Google relaciona este seu microsite com o seu website principal, pois ele pode entender que você deseja manipular os rankings, ganhando mais links. Mas a nossa filosofia é outra, queremos direcionar o tráfego de qualidade, pois este website irá rankear bem para aquela palavra foco.

Para isso, vamos utilizar a seguinte idéia: qualquer conexão (links) entre o nosso microsite e o website principal obedecerá o seguinte padrão:

www.microsite.com.br/red/pagina-alvo

Neste caso, você deve criar uma programação, onde, em caso de alguém solicitar a página www.microsite.com.br/red/pagina-alvo o seu servidor irá redirecionar o usuário para www.websiteprincipal.com.br/pagina-alvo.

Em seguida, você irá no arquivo robots.txt do seu microsite e irá adicionar as seguintes linhas:

User-Agent: *

Disallow: /red

Desta forma ao tentar ler a página www.microsite.com.br/red/pagina-alvo o Google irá verificar no seu arquivo robots.txt se ele pode ler realmente a sua página e no caso você não autorizou. Assim, o Google não consegue entender que você está direcionando os usuários para outro website e não pode associar este seu microsite com o seu website principal.

Conclusões

Esta estratégia de microsites é bem interessante e tem um bom funcionamento no atual algoritmo do Google. Entenda que se você possui uma marca muito forte no mercado, esta estratégia não é a mais indicada, pois não fazemos uso do nome da marca, ou melhor, não reforçamos a marca em nenhum momento.

Já para websites pequenos ou médios esta estratégia é bem interessante, pois é muito simples subir um website com a palavra-chave exata. Não se esqueça que como é um novo website, você pode fazer o cadastro em diretório e divulgar as suas páginas em agregadores, para conseguir assim, alguns links e desta forma, subir o seu posicionamento mais rápido.

Espero que tenham gostado deste artigo e até o próximo!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

7 Comentários para “Utilizando Microsites a Seu Favor”

  1. renatovitorseo

    Fabio,

    Boa estratégia, já utilizei muito isso para alguns clientes, só que não fazia esse tipo de direcionamento

    e na sua explicação não entendi a parte do redirecionamento.

    Responder
  2. raulrds

    Ótimo artigo Fábio.
    Ja trabalhei com esses mini-sites mas nunca me passou pela cabeça bloquear no robots a página que leva o link para o meu site principal.
    Mais um ótimo artigo.

    Parabens e grande abraço.

    Responder
  3. fernandoakio

    Oi Fabio, eu tenho estes minisites e agora fechei parceria com uma empresa e faço parte de um programa de afiliados dela.
    Quase todos os posts de meu site tem um link para o meu parceiro com o nofollow, mas tem o ícone do programa de afiliados que nao é nofollow e fica em todas as páginas dos microsites.

    E agora?
    Será que o Google pode acabar me punindo e punindo meu parceiro também?
    Obrigado e parabens pelo artigo!

    Responder
  4. fredfilippini

    Boa noite Fábio,
    No caso de eu usar 2 domínios diferentes, porém, parecidos; exemplo: emailcidade.com.br e emailmarketingcidade.com.br , o q vc recomenda fazer?
    – Criar 2 microsites. Um para cada domínio; ou
    – Eleger um domínio principal, criando apenas um microsite e apontando o outro através de redirecionamento sempre pra esse único mesmo domínio.
    Obrigado, parabéns pelo post.

    Responder
  5. simoes_daniel

    Fábio, mas neste caso usando o Disallow: /red, não passamos juice pelo redirect 301, certo?

    Responder
    • guirafa

      Ola Simões, neste caso não passará pois está bloqueado e a ideia e passar acessos e não link juice.

      Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>