Problemas em Páginas de Produtos de Lojas Virtuais

{+}Olá Assinantes da Agência Mestre,

EcommerceAlgum tempo atrás a Ana Carla escreveu um artigo sobre como trabalhar em plataformas de Ecommerce, tirando o melhor proveito de cada aspecto de SEO.

O processo básico de qualquer loja online é disponibilizar produtos em determinadas categorias para que os seus consumidores possam escolher qual comprar. Do ponto de vista de SEO, a preocupação é em posicionar bem cada uma das categorias e páginas de produtos, tornando-as atrativas para os usuários e mecanismos de busca, atingindo um bom posicionamento nas buscas.

Só que no decorrer do trabalho de SEO e principalmente quando falamos de link building, um dos maiores fatores para ter sucesso é possuir uma página que não seja removida, seja temporariamente ou ainda para sempre. Só que quando falamos de uma loja virtual, o que mais ocorre é ter produtos que saem do estoque ou ainda que são descontinuados, logo, a página deles é removida.

Imagine agora o problema gerado, quando você trabalha em aquisição de links para estes produtos e, depois de um certo tempo, estas páginas são removidas. Todo o juice adquirido é perdido ou pior, é direcionado para uma página de 404.

Produtos que são Descontinuados ou Extintos

Quando você possui produtos que deixam de ser oferecidos pela sua loja virtual, a melhor opção é criar uma forma de transferir o juice adquirido com o tempo. Para isto, basta identificar se o seu produto já não existe mais e ao invés de oferecer uma página de conteúdo não encontrado, você deve redirecionar através de 301 a página para a sua categoria pai.

Por exemplo, se o um tênis “Nike Shoxs modelo XYZ” sair de linha e eu não oferecer na minha página mais, eu devo redirecionar via 301 qualquer requisição à página do tênis para a categoria “Nike Shoxs”

Produtos em Falta no Estoque

Um caso muito comum que acontece no mercado é a falta de produtos no estoque. Quando isto acontece muitas lojas virtuais simplesmente exibem uma página padrão, dizendo que o produto está em falta. O melhor tratamento para este caso é fornecer a página do produto, com um aviso de que o produto está em falta, mas exibindo uma série de produtos similares, assim você dará ao usuário uma opção para continuar buscando na sua loja. Já pensando nos mecanismos de busca, eles verão produtos relacionados ao atual, e com o link você cria uma boa indicação de conteúdo de qualidade, passando juice para estes outros produtos.

Conteúdo Duplicado

Outro problema muito comum é a exibição de uma página padrão quando um produto está em falta ou está esgotado. Desta forma, todos os produtos neste estado possuem o mesmo conteúdo, mudando apenas a URL, caracterizando conteúdo duplicado. Agora imagine mais de mil produtos da sua loja virtual com este problema. Imagine todo este conteúdo duplicado não aparecendo nos mecanismos de busca.

A dica aqui é manter o conteúdo original do produto quando ele estiver em falta, apenas disponibilizando uma nova mensagem de que o produto está em falta. Já se o produto for descontinuado da loja, você deve adotar a primeira técnica sobre redirecionamento. O importante é que você não forneça o mesmo conteúdo em todos os produtos quando ele está em falta ou está esgotado.

Conclusões

Muitas vezes sou perguntado sobre como fazer SEO para Ecommerce e minha resposta é sempre a mesma: o processo é o mesmo, basta apenas olhar em como está organizado o seu website. Se você realiza um trabalho de link building em qualquer tipo de site, a última coisa que você deseja é que esta página deixe de existir e todo o seu juice seja perdido. Por isto, no trabalho de SEO é importante observar e monitorar erros 404 que são gerados pelo seu website.

Nos sites de lojas virtuais não é diferente: você quer deixar de lado qualquer erro 404 ou qualquer problema de conteúdo duplicado. Para isto, basta seguir as mesmas filosofias, bastando apenas você observar quando estes erros acontecem e estudando qual o melhor processo para corrigi-los.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

3 Comentários para “Problemas em Páginas de Produtos de Lojas Virtuais”

  1. Pablo Almeida

    Excelente artigo! ;)

    O pessoal parece se perder na hora de fazer SEO para e-commerces. Acho que tão, ou mais, fácil quando otimizar um blog. A diferença é a competitividade.

    O que faz a diferença são esses detalhes que em quase todos os casos, passa batido!

    Um abraço!

    Responder
  2. renatatr

    Muito bom o artigo, fábio! Estamos reestruturando o ecommerce de um de nossos clientes, e estas dicas sua vão ser muito úteis para a gente no trabalho de SEO! Parabéns!

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>