O Poder dos Comentários

{+}Olá assinantes da Agência Mestre,

Comentários em Blogs

Desde que links passaram a ser um fator essencial para se conseguir bons rankings nos Search Engines, os comentários em blogs, juntamente com cadastro em diretórios, passaram a ser técnicas de link building muito utilizadas, inclusive por spammers. Devido a este mal uso, os comentários em blogs passaram a ser uma técnica mal vista pelos mecanismos de busca e podem levar a punição do site que a utiliza.

O interessante é que você deve entender que os comentários sempre foram uma boa forma de debate e existe sim uma forma de se implementar bem esta técnica de link building sem que você tenha problemas com qualquer mecanismo de busca. Vejamos como.

Como comentar com qualidade?

Existem diversas técnicas para criar um comentário de qualidade, mas do ponto de vista de SEO podemos ressaltar 4 pontos principais:

  • blogs de assuntos relacionados: mais interessante que encontrar blogs que aceitam comentários (com links dofollow, claro) é encontrar blogs de conteúdo relacionado ao seu site que aceitam comentários com links;
  • comentários relevantes: a intenção dos comentários em blogs é promover discussões colaborativas. Portanto, comentários do tipo: “Olá, adorei o post. Aproveite e dê uma passada no meu site/blog…” não são bem vistos tanto pelos donos de blogs/sites, quanto pelos usuários do mesmo. Ao fazer um comentário, procure realmente interagir com que escreveu o post: concorde ou discorde, faça sugestões (quando necessário) e complemente o assunto o quanto for possível. Como você está comentando em um blog de assunto relacionado ao seu blog/site, sinta-se à vontade para inserir um link para um item em seu site que complementa o assunto abordado no post;
  • links de domínios diferentes: Não é recomendável comentar massivamente em blogs. O ideal é que você vá filtrando os blogs em que vai comentar e se tornar um “comentador” assíduo naqueles de melhor qualidade;
  • freqüência dos comentários: Opte por comentar com freqüência nos blogs escolhidos – e não insira links em todos os comentários. Tenha em mente que sua intenção ao fazer links em blogs é mais do que apenas inserir um link para seu site, mas sim interagir com os usuários, contribuir de alguma maneira com os blogs e, aí sim, merecer o link que você obteve. ;)

Seguindo estes passos fica simples conseguir diversos links a partir de comentários em blogs. Mas fique atento, nem todos os blogs aceitam comentários com links ou ainda possuem sistemas de comentários, que possuem características únicas para que você consiga tirar melhor proveito.

Sistemas de Comentários

Geralmente as plataformas de blogs possuem seus próprios sistemas de comentários. Entretanto, existe a possibilidade de agregar outros sistemas de comentários, responsáveis por gerenciar, exibir e reduzir a quantidade de spams nos comentários do blog que insere o seu sistema.

Vejamos abaixo alguns sistemas de comentários muito utilizados atualmente:

IntenseDebate

Intense Debate

O IntenseDebate permite que você crie um perfil com algumas informações sobre você. Embora não aceite HTML na elaboração da descrição, você pode adicionar links para o(s) seu(s) site(s) através da opção “Add Blog/Website”.

Para acessar um perfil no IntenseDebate, basta seguir o seguinte formato:
http://intensedebate.com/people/<nome de usuário>

Onde o nome de usuário é o login que você utiliza para acessar sua conta no IntenseDebate. Desta forma, você consegue visualizar toda a sua página, listando todas as informações do seu usuário, assim como os comentários realizados recentemente.

Comentários no IntenseDebate

As principais vantagens da criação do perfil nesse sistema de comentários (e, conseqüentemente, seu uso) são:

  1. Os links dos comentários não contam com o uso do atributo rel=”nofollow”;
  2. Os últimos comentários que você fez pelo sistema são exibidos em sua página de perfil. Ou seja, além de obter um link dofollow do próprio blog para seu site, você obtém links dofollow dos comentários de sua página de perfil no IntenseDebate.

Os comentários criados em páginas que utilizam o IntenseDebate, têm o seguinte formato:

Intensedebate - tela 1

Onde os links assinalados em vermelho não contam com o uso do atributo rel=”nofollow”.

Já na página de perfil do “comentador”, os comentários são exibidos da seguinte maneira:

Intensedebate - tela 2

Onde os links assinalados em vermelho são os mesmos da imagem anterior, só que em um domínio diferente e não usam o atributo rel=”nofollow”.

Como foi possível perceber, os links obtidos nos comentários, além de estarem disponíveis no site/blog nos quais foram postados, estão disponíveis também na página de perfil do “comentador” em questão. Desta forma, você possui 2 links, um na página onde fez o comentário e outro na página do seu perfil no IntenseDebate.

Como Criar um Perfil no IntenseDebate

Para criar um perfil no IntenseDebate, você só precisa de uma conta de email válida.

Vá até o site do IntenseDebate, e clique em Sign Up conforme a imagem abaixo:

Cadastro do Intense Debate

O próximo passo é preencher os campos com seu username, email e password.

Dados de Cadastro - Intense Debate

Preenchido os dados, selecione uma das 2 opções oferecidas:

  • “I want to create an account to comment” – Selecione esta opção se você deseja apenas criar uma conta e poder comentar nas páginas que utilizam o sistema;
  • “I want to install IntenseDebate on my blog or website” Selecione esta opção se você deseja instalar o IntenseDebate no seu blog ou website.

Feito isso, clique no botão Sign up e você receberá um email com a confirmação do cadastro, basta clicar no link que consta no email para que sua conta seja ativada.

Como Encontrar Blogs que usam o IntenseDebate

A grande chave para o sucesso desta técnica de link building com comentários em blogs através do IntenseDebate consiste em encontrar os blogs e sites que possuem esse sistema de comentários. Para essa tarefa, podem ser utilizadas as seguintes queries no Google.com.br:

site:.com.br “powered by IntenseDebate”
site:.com “powered by IntenseDebate”

Essas são apenas 2 formas de queries que podem ser utilizadas. Vale lembrar que variações das mesmas podem ser muito úteis para encontrar blogs que usam variações ou novas versões desse sistema de comentários.

Disqus

Disqus

O Disqus funciona da mesma forma que o IntenseDebate. Para conectar as suas conversas, o sistema dá a possibilidade de obter os comentários em redes sociais, tais como Twitter, FriendFeed, Digg, e YouTube, e então mostrá-los junto aos comentários do artigo em questão.

Visão Geral do Disqus

Da mesma maneira que o IntenseDebate, o Disqus possibilita que você monte uma página com o seu perfil com os dados:

  • Display Name: nome que será exibido para os outros usuários;
  • Website: endereço do seu website, permitindo o cadastro de apenas um website;
  • Location: o local de sua residência;
  • Bio: descrição curta sobre você, mas não aceita o uso de HTML.

Diferentemente do IntenseDebate, o Disqus tem campos específicos para que você possa adicionar os endereços de seus perfis em outras redes. Sendo elas:

  • Facebook: Usa a sua foto do seu perfil no facebook e/ou posta seus comentários no perfil.
  • Twitter: Usa a sua foto do seu perfil no Twitter e/ou posta seus comentários no perfil.
  • Yahoo!: Usa a sua foto do seu perfil no Yahoo! e/ou posta seus comentários no perfil.
  • OpenID: Exibe o seu OpenID
  • Tumblr: Possibilita que você poste automaticamente os comentários no Tumblr.
  • WordPress: Possibilita que você poste automaticamente os comentários em um blog wordpress
  • Movable Type: Possibilita que você poste automaticamente os comentários em um blog Movable Type
  • TypePad: Possibilita que você poste automaticamente os comentários em um TypePad.

Ou seja, além de possibilitar que você replique os comentários feitos em blogs que usam esse sistema na sua página de perfil, o Disqus permite que você poste automaticamente os seus comentários (e seus links) em outros agregadores de conteúdo como o Facebook, Tumblr, blog em WordPress e outros.

O endereço do perfil no Disqus tem o seguinte formato:

http://disqus.com/<nome de usuário>

Onde o nome de usuário é o login que você utiliza para acessar sua conta no Disqus.

Comentários no Disqus

Os comentários criados em páginas que utilizam o Disqus têm o seguinte formato:

Disqus - tela 1

Onde os links assinalados em vermelho não contam com o uso do atributo rel=”nofollow”.

Já na página de perfil do “comentador”, os comentários são exibidos da seguinte maneira:

Disqus - tela 2

Onde os links assinalados em vermelho são os mesmos da imagem anterior, só que em um domínio diferente e não usam o atributo rel=”nofollow”.

Como Criar um Perfil no Disqus?

Após acessar a home do site, clique em “Sign Up, Free”

Sign Up - Disqus

Depois, você deve preencher um formulário com os dados do seu site, e criar um usuário.

Registro - Disqus

Terminada esta etapa, você será levado a uma página para seleção de idioma e quais as características que você quer que estejam ativas para os comentários como na imagem a seguir.

Idioma e Features - Disqus

O campo selecionado em vermelho é onde você deve selecionar o idioma (está disponível a opção Português do Brasil). Já os campos selecionados em laranja são opções que podem ajudar a aumentar o número de comentários, obtendo os comentários de cada uma daquelas redes sociais. Em seguida, você será direcionado para uma página para selecionar a plataforma que seu blog usa para receber as instruções de instalação.

Na imagem abaixo selecionamos “Universal Code” por estar usando um site que não usa nenhuma das outras plataformas.

Instruções de Instalação - Disqus

Finalmente, você receberá as instruções para instalação na sua plataforma. Uma informação importante é que para ver e moderar os comentários, você deve validar o email, então verifique a sua caixa de entrada.

Instalação do Disqus

Como Encontrar Blogs que usam o Disqus?

Assim como vimos no IntenseDebate, a grande chave da técnica é encontrar blogs e sites que utilizam o Disqus. Para isso você pode usar a footprint do sistema de comentários que é definido por padrão em “Powered by Disqus” e, associado ao comando site:, você pode submeter a consulta no Google, resultando em blogs/sites que possuem o sistema instalado.

ComLuv

Diferente dos sistemas de comentários citados anteriormente, os links obtidos nos blogs que utilizam o sistema de comentários ComLuv contém o atributo rel=”nofollow”, e os usuários não possuem uma página de perfil pública. Apesar disso, a vantagem do ComLuv é que você consegue uma chance de submeter um link para o seu website e mesmo com o nofollow, o Google poderá reconhecer este link como relevante.

Como Encontrar Blogs que usam o ComLuv?

O ComLuv possui algumas footprints que pudemos detectar, são elas: “Powered by The ComLuv Network” e “CommentLuv Enabled”. Da mesma forma que no IntenseDebate e no Disqus, basta associar a footprint ao comando site: e submeter ao Google.

Como obter ainda mais com os Sistemas de Comentários?

Levando-se em consideração que sites governamentais (.gov) e de instituições de ensino (.edu) são considerados TLDs altamente confiáveis pelos mecanismos de busca, é interessante obter links dofollow de sites com essas extensões, não é mesmo?

Assim, temos em mãos um ótimo meio para conseguir links deste tipo de sites com com um baixo esforço. A dica é aplicar os conhecimentos adquiridos com as footprints, encontrar estes blogs governamentais ou de instituições de ensino e fazer os comentários. Mas atenção, não esquecer sobre como os comentários devem ser feitos. Logo, siga os passos que mostramos logo no início do artigo.

Mas como encontrar estes sites?

Conforme vimos nos tópicos anteriores, os blogs/sites que usam o Disqus, o IntenseDebate e outros sistemas de comentários, geralmente possuem uma footprint que segue o padrão:

Powered by <nome do sistema>

E é exatamente esta footprint que usaremos para encontrar estes sites.

Ao falar do IntenseDebate, citamos que é possível encontrar sites/blogs que utilizam esse sistema através das queries (bem como suas variações):

site:.com.br “powered by IntenseDebate”
site:.com “powered by IntenseDebate”

Uma possível variação dessas queries, por exemplo, é a troca de “.com.br” por “.gov” ou “.edu”. Dessa maneira você consegue obter sites .gov ou .edu que utilizam o IntenseDebate para gerenciar os comentários. Já para o Disqus e outros sistemas, basta trocar “IntenseDebate” por Disqus e assim por diante.

Fazendo a pesquisa: site:.gov “powered by IntenseDebate”

Foram encontrados os seguintes resultados:

Resultados do Google para Intensedebate

Embora a quantidade de resultados para essa pesquisa seja pequena (2 resultados do mesmo domínio), ela significa que pelo menos um site governamental aceita links dofollow. No mais, vale lembrar que é útil usar a criatividade e fazer outras variações na pesquisa afim de encontrar mais fontes desse tipo de links.

Você pode seguir algumas sugestões para variar as queries utilizadas:

  • Alterar a TLD utilizada;
  • Agregar keywords à pesquisa;
  • Retirar ou não as aspas.

Conclusão

Vale lembrar que mesmo com todas as vantagens de se comentar em sites e blogs que utilizam algum sistema de comentários, qualquer comentário passa a ser mais relevante quando feito por uma pessoa ativa no meio em que está sendo discutido.

Por esse motivo é importante que todos os dados do perfil sejam preenchidos com o máximo de informações possíveis e que o dono do perfil seja ativo na comunidade, sempre com uma freqüência de comentários nos blogs de assuntos relacionados, com comentários relevantes ao conteúdo e que, de certa forma, colabore com a elaboração de conteúdo nos sites.

Espero que tenham gostado deste artigo e até o próximo!

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

2 Comentários para “O Poder dos Comentários”

  1. Rafael Avelino

    É possivel comentar como anonimo no blog usando a segunda opção Disqus?
    Vi que tem mais vantagens do que usar o comentario normal do blogspot…
    Abraço!

    Responder
  2. raulrds

    Olá Fábio.
    Desculpe e atraso no comentário, mas nao posso deixar de dizer que esta foi uma ótima matéria, e mesmo a mim que sou ativo na comunidade de SEO, nao conhecia alguns critérios citados.
    Muito obrigado por mais um post fantástico.

    Abraços.

    Responder

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>