Link Building – Oportunidades em Menções da Marca

{+}Linkbuilding - Menções da Marca

Olá assinantes da Agência Mestre,

Nas últimas semanas mostrei a vocês algumas formas de se fazer link building em um projeto. Passamos inicialmente pelas famosas “link building queries“, em seguida discutimos formas de link mining e no último artigo mostrei o processo de link begging. Hoje, o nosso foco é descobrir lugares que já mencionam o website que trabalhamos mas infelizmente não linkaram para o nosso website.

Entendendo o Cenário

Em muitos artigos atualmente é comum que o jornalista ou blogueiro faça uma menção a marca mas não crie um link para o website da marca em questão. Isto acontece por engano, falta de atenção, descaso ou até mesmo pela política de jornais e/ou blogs. É algo que acontece com tanta naturalidade e resolvi colocar alguns exemplos que a própria Agência Mestre possui.

Durante o SearchLabs’10, fui entrevistado pelo jornalista do IDGnow, Klaus Junginger, para a matéria intitulada “Lendas do search respondem sobre mitos de SEO, search, métricas e redes sociais“. Quando publicada, a matéria menciona a minha resposta a dúvida do jornalista, mas infelizmente não tivemos um link indicando a nossa empresa:

Menção da Marca sem Link

Não sei os reais motivos de não existir um link na marca mas entenda que temos uma página, cujo autor mencionou a nossa empresa, no caso referenciando uma resposta minha, mas sem link. Isto mostra que temos uma boa possibilidade de obter este link.

Identificando Menções

Como vocês puderam ver no exemplo acima, as menções de marcas são muito comuns mas o grande problema é detectar quando alguém menciona ela. Se existisse o link, teríamos diversas formas de identificar o link, tal como usando o Google Webmaster Tools, o Yahoo! Site Explorer ou ainda com ferramentas pagas, tais como OSE e o Majestic SEO.

Quando falamos de menção apenas, ficamos um pouco amarrados a 1 forma básica de identificar: através de queries no Google. Em cima de queries no Google, podemos dividir a nossa estratégia em duas frentes: Websites Jornalísticos e Google Alerts.

Queries em Websites Jornalísticos

Quando falamos de websites jornalísticos é importante que você tenha em mente o seguinte: existem milhares de websites jornalísticos no mundo, mas o que você deve focar são os que fornecem informação na sua área.

Para identificar este tipo de websites sugiro uma abordagem inicial com profissionais da área e quais blogs / websites eles procuram informação. Em seguida, pesquise no próprio Google, da seguinte forma:

“notícias de (palavra-chave)”

No caso acima, você deve fazer a consulta entre aspas e deve substituir (palavra-chave) pelo seu termo principal ou suas sub-categorias.

No exemplo abaixo, eu fiz a consulta por “notícias de futebol”, que me retornou uma série de websites de notícias da área de futebol.

Notícias de Futebol

Com isso, podemos criar uma planilha de websites, contendo todos os principais jornais da nossa área. Em seguida, você deverá agendar periodicamente para fazer uma busca no Google da seguinte forma:

site:sitedojornal.com.br “Minha Marca”

Esta query irá solicitar ao Google que retorne todas as páginas que mencionam a sua marca e estão no domínio do site do jornal em questão.

Voltando bem no primeiro exemplo do IDGnow, a consulta que eu utilize para descobrir quais páginas me linkavam foi:

site:http://idgnow.uol.com.br/ “Agência Mestre”

Uma dica extra aqui é utilizar os filtros do Google para visualizar as menções ordenadas por data. Você pode fazer isto clicando na lateral do Google em “Mais Ferramentas” e depois em “Mais Recentes”.

Monitorando através do Google Alerts

A idéia mostrada acima é excelente, utilizar o próprio Google para saber quem está mencionando você / sua marca. Mas aí surge um problema, você precisa, de tempos em tempos, voltar no Google e efetuar a mesma consulta. Isto acaba tomando uma parcela de tempo do seu trabalho e ainda a tarefa é sujeita a falhas, pois você pode se esquecer.

É para este caso que temos o Google Alerts, uma ferramenta do próprio Google que pode ser utilizado para realizar consultas e caso retorne algum valor, você pode receber este aviso por email. Mágico não?

O passo é simples, basta ir ao Google Alerts e você verá a seguinte tela:

Google Alerts

Na área de “search terms” basta inserir a query que mostramos no passo anterior; deixe o “Type” em “Everything” para obter avisos de todos os verticais disponíveis; a opção “How Often” eu costumo deixar em “once a day” para receber apenas 1 email e assim posso planejar o meu dia seguinte; o “Volume” você pode deixar em “all results” para receber tudo o que aparece; e por fim, marque a opção de entrega por email.

Transformando a Menção em Link

De posse de uma fonte com menção da sua marca trace uma estratégia para a abordagem do autor da fonte da citação. Vamos voltar ao artigo de Link Begging, onde ensinei como solicitar a um webmaster um link.

No artigo, discutimos exatamente como fazer a abordagem no caso de uma propspecção de links. De forma análoga, neste caso o nosso trabalho deve seguir as seguintes etapas:

  1. Encontrar Informação para Contato;
  2. Pensar na Abordagem do Contato;
  3. Realizar o Contato;
  4. Análise de Resposta.

Como já vimos no artigo de Link Begging, cada um dos passos acima pode ser executado facilmente com um bônus: se o jornalista ou webmaster já mencionou a sua marca, as suas chances de conseguir um link são muito maiores.

É importante ressaltar que uma vez que o webmaster já tenha escrito algo sobre você ou sua marca, você tem um canal muito importante de exposição. Desta forma, você pode reforçar este canal de comunicação, deixando um agradecimento pela menção e até mesmo uma forma de contato mais rápida com a sua empresa ou você, para que este webmaster possa entrar em contato caso desejar escrever novamente.

Conclusão

Neste artigo pudemos ver como existem oportunidades de se ganhar links em páginas da web que já possuem conteúdo. Conforme mostramos em exemplo, uma das grandes fontes de citações são os jornais do seu nicho, os quais podem, em alguns casos, mencionar a sua marca e assim você poderá abordá-los.

De posse da lista de abordagem, basta efetuar o processo de link begging, interagindo com o webmaster / jornalista, tentando transformar a citação em um link.

Espero que vocês tenham gostado deste artigo e até o próximo.

Receba Novidades

Insira seu email para receber novidades e dicas exclusivas da Agência Mestre!
Divulgue este artigo

Deixar um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>